, , ,

Opinião Contemporânea: ''Deixo-te para não te perder'' de Taylor Jenkins Reid

outubro 17, 2019 Mafi 0 Comments



Depois da leitura de ''The Seven husbands of Evelyn Hugo'', um livro que adorei e o meu livro favorito de 2019, peguei noutro livro da autora que tinha cá por casa para ler já há mais de um ano.
41572366. sy475
''Deixo-te para não te perder'' segue a história de amor de Ryan e Lauren que apesar de serem ainda um jovem casal (andam na casa dos trinta anos) já estão há muito tempo juntos. Desde que começaram a namorar na faculdade, nunca mais se separaram e as consequências começam agora a surgir com discussões, divergências e pouca paciência para um com o outro. 
De uma forma a tentarem recuperar o seu casamento infeliz, os dois concordam em separarem-se durante um ano. Um ano em que podem esclarecer as ideias se querem voltar com o casamento ou seguir caminhos opostos.

É durante este período que vamos acompanhar Lauren na sua luta em morar sozinha, voltar a fazer novas amizades e até conhecer um novo amor, ao mesmo tempo que tenta perceber quais são os seus verdadeiros sentimentos por Ryan.

Eu gostei imenso deste livro mas ele não tem nada a ver com o outro livro que li da autora. É um romance sobre um casamento falhado e uma separação mas também sobre uma nova vida. 
Adorei o casal principal mas gostava que também tivéssemos tido o ponto de vista do Ryan porque ele também estava a sofrer com a separação e era a outra parte do casal. Assim só tivemos a visão da Lauren e creio que o livro ficou meio incompleto por causa disso. 

Foi muito bom perceber que uma separação (não confundir com divórcio, o Ryan e a Lauren só iriam divorciar-se se ao fim do ano não quisessem estar juntos de novo) por vezes é um passo necessário para uma relação continuar. Não é o fim do mundo como a família da Lauren a fez crer, porque no fim acabou por ser o que salvou o casamento deles de um divórcio eminente. 

É um livro que se calhar pessoas com anos de relação ou de casamento irão identificar-se mais com que eu me identifiquei. Eu gostei do livro pela história em si e pelas mensagens que a autora passou mas admito que não me consegui ligar com os sentimentos de ambos porque nunca tive numa relação estagnada. 
Outra parte muito importante do livro é a família e a influência que esta pode ter. Isto viu-se no caso da Lauren mas felizmente esta conseguiu sempre fazer frente aos pais e mostrar que o Ryan também tinha ''culpa'' na separação. Adorei os irmãos da Lauren e a história secundária com o irmão dela foi um bom ponto de fuga à história da Lauren com o Ryan. Foi engraçado ver o irmão a encontrar o amor e a criar a sua própria família ao mesmo tempo que a irmã rompia com a relação dela. 

Mesmo assim aconselho imenso a leitura a todos, esta autora tornou-se numa das minhas novas autoras favoritas e já quero ler tudo que ela publique. 

O casamento de Lauren e Ryan atinge o ponto de rutura e ambos tomam a decisão pouco convencional de se afastarem durante um ano, na esperança de que isso lhes permita apaixonarem-se de novo. Durante esta separação, cada um é livre de viver como entender, à exceção de nenhum estabelecer qualquer contacto com o outro. Lauren inicia uma viagem de autodescoberta e depressa se apercebe de que tanto os seus familiares como os seus amigos têm ideias muito próprias sobre o significado do matrimónio. A perceção desse facto e os desafios decorrentes da separação de Ryan mudam a visão de Lauren sobre monogamia e casamento. E ela passa a interrogar-se: quando estamos ligados a alguém sem um compromisso de fidelidade e quando vivemos uma relação sem casamento - ou seja, quando já não há laços entre o amor e o desejo - a que damos nós valor? Pelo que estamos nós dispostos a lutar?
Deixo-te Para Não te Perder é um romance surpreendente sobre o que acontece quando o amor se dissipa. E sobre continuarmos apaixonados, lutarmos pelo amor, renunciarmos a ele ou entregarmo-nos com toda a nossa alma. É, sobretudo, a história de um casal preso a um velho arquétipo, mas à procura de um novo caminho rumo à felicidade. 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!