, , ,

Opinião Suspense: ''Um de nós mente'' de Karen M. McManus

maio 30, 2018 Mafi 0 Comments




Aqui está um YA diferente. Apesar de ser contemporâneo tem um toque de mistério e como nunca tinha lido nada assim ( ou se li já foi há anos), decidi pegar nesta novidade da Gailivro. O livro começa com 5 adolescentes a entrar na detenção, porque foram apanhados com um telemóvel na sala de aula, algo proibido por certo professor. A verdade é que os cinco dizem que o telemóvel encontrado nem é deles, que  tudo é uma armadilha feita por alguém para os juntar ali e incriminá-los.  Um desses alunos, Simon é o rei da escola mas não pelas melhores razões. Criador de um aplicativo de fofocas sobre o liceu onde estuda, é odiado por todos. O que acontece é que Simon morre em circunstancias totalmente suspeitas e os restantes 4 alunos, acabam por serem considerados suspeitos de um assassinato devido a terem motivos legítimos para o matar. 
Os 4 personagens principais que vão narrar o livro são dos mais cliché que possa haver neste tipo de livros e nas escolas americanas embora isso mude ao longo do livro. 
Este grupo dos 4 acaba por ser a grande personagem principal do livro e o ponto alto do mesmo, até porque ''quem matou Simon?'' acaba por ficar em segundo plano, embora o final para mim tenha sido uma surpresa. 
Eu gostei do livro mas acho que esperava realmente mais mistério. O livro acaba por focar-se muito na vida dos outros adolescentes e a investigação meio que fica para trás e sem grande rigor e por isso a parte do thriller e suspense engana muito a quem espera um livro cheio de mistérios.
Gostei de cada personagem e da forma como a autora desconstrói os clichés e a imagem pelo que são conhecidos: a popular, o atleta, o delinquente etc. O mais interessante é que antes de Simon morrer, ia ser lançado no aplicativo os maiores segredos de cada um dos 4 e foi interessante também ir descobrindo afinal que segredos eram esses. 
Acho que o livro aborda alguns temas interessantes, especialmente a hierarquia nas escolas, embora isto seja mais comum nos liceus americanos e não tão visível cá em Portugal. Numa altura em que qualquer um pode tornar-se viral e famoso do dia para a noite, o livro também consegue mostrar isso. Simon só era conhecido na escola por causa de um aplicativo que publicava fofocas e rumores sobre os seus colegas de escola. Portanto até era normal que desde o inicio não sentisse-se muita empatia com a morte do Simon, dado que ninguém gostava dele. Ficamos com a ideia que Simon era uma pessoa extremamente carente mas que vingava-se dos colegas da pior maneira. 

Não foi um livro que me fez devorar as páginas mas não é um mau livro de certeza. Mesmo assim acho que é daqueles argumentos que funciona muito melhor em filme ou série de tv e não tanto em livro. Eu gostei mas penso que é um livro mais indicado para jovens adultos e se calhar não tanto para um público mais adulto que esteja habituado a ler thrillers mais complexos, a não ser que procurem algo mais leve. 

Simon Kelleher é o criador do Má-Língua, uma nova aplicação que está a encurralar a elite de Bayview High, revelando pormenores da vida privada dos alunos da escola.
Mas o caso torna-se mais grave quando Simon e quatro colegas ficam fechados de castigo numa sala, e ele morre diante das suas vítimas.
Os quatro que se tornam suspeitos imediatos do homicídio, são:
A melhor aluna da escola, BRONWYN, que nunca viola uma regra e quer entrar em Yale. A estrela da equipa de basebol de Bayview, COOPER. NATE, o criminoso, que está em liberdade condicional por vender droga. A menina bonita, ADDY, que parece ter a vida perfeita ao lado do namorado perfeito.
Que segredos queriam esconder para eliminar Simon?
Quem será o culpado?

 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!