Publicações

Chegou à Despensa: "O Cliente" de Vi Keeland


Mais um para a colecção. Já o tinha lido mas tinha que o adquirir. Acabou por se tornar prenda de natal de outra livroólica eheh.

A Entrar no Forno: ''Wilder Girls'' de Rory Power



Mais um livro super bem falado em 2019 que chegará em Portugal no próximo ano (esperemos nós). Pela Topseller.
É um YA de suspense e a estreia da autora no mundo dos livros. 

Faz dezoito meses desde que a Escola de Raxter para raparigas foi colocada em quarentena. Desde que Tox atacou e mudou a vida de Hetty.
Começou devagar. Primeiro os professores morreram um por um. Depois começaram a infectar os estudantes, tornando os seus corpos estranhos. Agora, isolados do resto do mundo e deixados para cuidar de si mesmos, as raparigas não se atrevem a sair para fora da cerca da escola, onde o Tox tornou a floresta selvagem e perigosa. Elas esperam pela cura que lhes foi prometida enquanto o Tox  infiltra-se em tudo.
Mas quando Byatt desaparece, Hetty fará qualquer coisa para encontrá-la, mesmo que isso signifique quebrar a quarentena e enfrentar os horrores que estão além da cerca. E quando o faz, Hetty descobre que há mais na história deles, na vida deles em Raxter, do que ela jamais poderia imaginar.

A Sair do Forno: ''Não te deixarei para trás'' de Linda Howard




Sai em Janeiro! Quem quer?

Jina Modell trabalhava no Departamento de Comunicações de uma organização paramilitar e adorava o seu trabalho. Até ser destacada para as operações de campo como membro de uma das GO-Teams, uma unidade paramilitar de elite, para controlar um drone.
O líder da equipa, Levi, não esperava que Jina conseguisse aguentar um treino tão difícil. No entanto, ficou surpreendido quando o conseguiu e conquistou a admiração dos colegas da equipa. E o que mais o surpreendeu foi que não conseguisse parar de pensar na química e na tensão que havia entre ambos.
Entretanto, uma congressista poderosa estava a urdir planos para destruir as GO-Teams e a unidade de Levi caiu numa emboscada na Síria. A equipa saíra para uma missão enquanto Jina ficava na base para controlar o drone de vigilância, quando a base sofreu um ataque com explosivos. Os colegas pensaram que estava morta, contudo, conseguira escapar para o deserto e, naquelas condições extremas, teria de fazer com que o inimigo não a detetasse e encontrar-se com os colegas antes de os tirarem do país.
Porém, Levi nunca abandonava um soldado e muito menos a mulher valente por quem se apaixonara. Recuperaria a mulher que tinham deixado para trás, viva ou morta.

A Sair do Forno: ''Marionetas sem fios'' de Tadea Lizarbe




Começam a chegar as primeiras novidades de 2020...
Sai em Janeiro.

Atreve-te a descobrir os segredos da alma humana.

Bruna e Ada, a futura subinspetora da polícia de San Sebastián e a taquígrafa do tribunal, têm mais coisas em comum do que pensam. A Indiscreta e a Velha Conhecida, impulsos reprimidos, um lado sombrio e escondido há muitos anos que aflora quando tocam nas teclas certas... e que pode ser usado para o bem ou para o mal. Como elas, o leitor também é uma marioneta de quem move os fios desta história em que os desejos e as ansiedades podem transformar uma pessoa e levá-la para o seu lado mais sombrio. Ada e Bruna querem saber quem as manipula. Qual é o nome do seu próprio marionetista?

Falando de outras coisas: Viagem a Sevilha


Como já repararam, o blog anda muito parado. Como ambas não temos andado a ler, decidimos expandir um pouco os assuntos aqui no blog e nesta rubrica iremos falar de tudo um pouco, seja filmes e séries, viagens, eventos...algo que queiramos partilhar com vocês e que não seja relacionado com livros.

Resultado de imagem para sevilha
Para começar venho falar um pouco da minha viagem esta semana que foi a Sevilha. Já tinha ido há uns anos de autocarro numa visita de estudo mas não me lembrava de quase nada, só da Catedral e da Praça de Espanha. Desta vez fomos de avião por apenas 38€ ida e volta pela Ryanair. Devo confessar que fiquei muito surpreendida quando o avião partiu as 8h em ponto de segunda-feira. Para cá é que não tivemos a mesma sorte pois atrasou uma hora, já chegámos passava da meia noite. 

Ficámos num hostel muito jovem e muito fixe mesmo no centro de Sevilha. É uma cidade grande, a quarta maior de Espanha e andámos sempre a pé para todo lado, mesmo em distâncias grandes mas acredito que só assim é que se vê bem as cidades. 

Eu costumo fazer sempre um roteiro do que ver a cada dia mas desta vez não fiz, fomos ao sabor do vento. Claro que se tivesse planeado tinha percebido que na segunda podíamos ter ido a alguns sítios de borla sem pagar entrada mas pronto também não achei os preços das atracções muito caros.
Adorei visitar novamente a Praça de Espanha, fui tanto de dia como depois à noite e é realmente um espaço imponente e felizmente devido agora a ser época baixa não estava muita gente. Gostei também muito do Real Alcazár. Os jardins fizeram-me lembrar um pouco os jardins do Palácio da Sissi que visitei em Maio na Áustria mas esses bem maiores.

De outros pontos de interesse, gostei da sede da Universiade de Sevilha que foi a primeira fábrica de tabaco da Europa. Adorei andar pelo bairro de Triana, do outro lado do rio e pelas ruas do bairro de Stª Cruz. O Arquivo das Índias tem uma história interessante sobre os descobrimentos de Espanha e menciona também os feitos portugueses.


Um edifício que me decepcionou foi a Praça de Touros. Esperava ver algo enorme como o Campo Pequeno mas achei uma praça até pequena para algo tão simbólico em Sevilha. Infelizmente não deu para ver um espectáculo de Flamenco, irá ficar para outra altura. Por outro lado o monumento conhecido como ''Setas de Sevilha'' surpreendeu-me pela grandiosidade e pela vista lá de cima. Vale bem a pena pagar 3€ para ver a cidade toda ao alto.




Apesar dos espanhóis não entenderem nada de português não apanhei nenhuma pessoa que não tivesse vontade de ajudar. Mesmo eles também não falando inglês e nós não falando espanhol fluentemente, lá nos entendíamos.  Um dos dias tinha sido planeado para ir a Córdoba mas estava a chover tanto e pelo preço do bilhete de autocarro (ia ficar mais caro do que o bilhete do avião) achámos que não valia a pena. 
Vai ser uma cidade a voltar mas não para já, Agora ficou o bichinho de ir a Valência, pois ainda é maior e Saragoça. 
E vocês já conhecem Sevilha?


Amigo Secreto - Lista de Participantes


Terminando as inscrições, hoje é dia de dar a conhecer a cada participante quem lhes calhou.

Por Ordem Alfabética:

A Liliana Raquel
Ana Areias
Ana Cruz
As Leituras da Sara
Beabook
Beauty & Health
Bibidibooks
Bloguinhas Paradise
Guerra dos Livros
Helena de Macedo Autora
Karmareadings
Livros à Lareira com Chá
Livros nas Estrelas
M. João Covas
Neuza Coelho
O Meu Cantinho
O Meu Refugio
Panemic Books
Random Utopias
The Book Markta
Troca de Palavras
Viagens no Sofá
O Mundo da Pingui

Ponto da Situação : "O homem que penso conhecer" de Mike Gayle

 Página onde vou: 135

Esta é a minha leitura actual. Ando com este livro há mais de uma semana e há dias em que não pego nele mas cada vez que pego leio mais páginas e gosto cada vez mais. Faz-me lembrar muito o filme do Amigos Improváveis, filme esse que até hoje tanto a sua versão original como a americana nunca acabei de ver! Mas cheira-me que depois de acabar este livro é um filme que terei de ver até ao fim, até porque é um dos filmes preferidos do meu namorado.
E vocês já viram esse filme? Se sim, vão então adorar este livro porque é a mesma premissa. Nunca tinha lido nada do Mike Gayle mas até agora estou a adorar. Só só princípio é que ainda confundia um pouco as personagens mas agora já atinei com os nomes. A não ser que me surpreenda muito, não será um livro de 5 estrelas (e bem que estava a precisar neste monento de ler um assim) mas lá caminha para as 4 estrelinhas. 

A Entrar no Forno: ''Unpregnant'' de Jenni Hendriks e Ted Caplan


40599820

Escrito a duas mãos vem aí um Young Adult que promete ser divertido ao mesmo tempo que trata de assuntos sérios. Saiu há pouco tempo lá fora mas cá será publicado pela Saída de Emergência.

Capa original acima e sinopse traduzida em baixo:

Veronica Clarke, de dezessete anos, nunca desejou tanto falhar num teste até ao momento em que se encontra com um pequeno pedaço de plástico nas mãos que lhe aponta duas linhas sólidas a cor-de-rosa Mesmo com o uso de preservativos,estes não a impedem de ter uma gravidez, especialmente quando  seu namorado secretamente os rompe só para impedir que Veronica não vá para outra faculdade longe dele.
Veronica precisa de um aborto, mas o local mais próximo e legalm é a mais de novecentos quilómetros de distância - e Veronica não tem carro. Com vergonha de pedir ajuda aos seus amigos ou familiares, Veronica recorre à única pessoa que ela acredita que não a julgará: Bailey Butler, a adolescente que irradia raiva e desprezo na escola - e a ex-melhor amiga de Veronica. Uma vez na estrada, Veronica rapidamente lembra-se que nada é simples com Bailey e isso significa dois dias de carros roubados, armas, ex-namorados loucos, condutores de camiões e um motorista de uma limusina chamado Bob. Mas a dor e a traição de uma amizade quebrada não podem ser superadas o que leva ao abandono de Bailey. Sozinha, Veronica deve arriscar tudo para reparar os danos que causou com a sua amizade e também arranjar uma solução para a sua nova vida.

Na Fila: Novembro



As leituras andam a ser muito poucas mas com férias já daqui a uns dias que incluem uma viagem, uma pessoa até acaba por ler qualquer coisa no avião...

Mafi


Depois de andar o ano inteiro a dizer que quero ler os livros da estante, agora só me apetece ler novidades. 3 livros são para o desafio de ''Luz do Outono'' que ando a participar muito anonimamente mas que me tem ajudado a concluir algumas leituras.

Resumo do Mês: Outubro

Se bem perceberam (ou então não) no início de Outubro não houve o habitual ''Na fila''. Deve ter sido a primeira vez desde que criámos a rubrica no blog que não publicámos. Neste momento andamos as duas num momento crítico com as leituras, tem havido pouco tempo e com outros interesses pelo meio, os livros tem ficado um pouco de lado. Enquanto a Mafi ainda vai lendo pouco a Ne tem se dedicado mais às suas costuras ! :) 

Aqui fica as leituras da Mafi:
Mafi
My lady Jane - Cynthia Hand, Brodi Ashton, Jodi Meadows (4/5)
Uma razão para respirar - Rebecca Donovan (4/5)
A Ferver - Jennifer Blackwood (3/5)
Goodbye Days - Jeff Zentner (4/5)

Eu já  não me lembro a última vez em que li 4 livros num mês mas de certeza que foi há mais de 3 anos. Foi um mês complicado com muito trabalho mas felizmente Novembro já traz 10 dias de férias que bem mereço! 

A Sair do Forno: ''Verity'' de Colleen Hoover


Mais um livro da Colleen dia 11! 
Lowen Ashleigh é uma escritora que se debate com grandes dificuldades financeiras, até que aceita uma oferta de trabalho irrecusável: terminar os três últimos volumes da série de sucesso de Verity Crawford, uma autora de renome que ficou incapacitada depois de um terrível acidente.
Para poder entrar na cabeça de Verity e estudar as anotações e ideias reunidas ao longo de anos de trabalho, Lowen aceita o convite de Jeremy Crawford, marido da autora, e muda-se temporariamente para a casa deles. Mas o que ela não esperava encontrar no caótico escritório de Verity era a autobiografia inacabada da autora. Ao lê-la, percebe que esta não se destinava a ser partilhada com ninguém. São páginas e páginas de confissões arrepiantes, incluindo as memórias de Verity relativas ao dia da morte da filha.
Lowen decide ocultar de Jeremy a existência do manuscrito, sabendo que o seu conteúdo destroçaria aquele pai, já em tão grande sofrimento. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy se intensificam, ela apercebe-se de que talvez seja melhor ele ler as palavras escritas por Verity. Afinal de contas, por mais dedicado que Jeremy seja à sua mulher doente, uma verdade tão horrenda faria com que fosse impossível ele continuar a amá-la.

A Sair do Forno: ''O Cliente'' de Vi Keeland




Yaay mais um livro desta autora :) 

N.º 1 do New York Times

Mais de um milhão de livros vendidos

Gray tem apenas um objetivo para este negócio: derreter o meu coração até me ter de volta!

Era uma típica segunda-feira de trabalho e o meu patrão pediu-me para convencer um novo cliente a escolher a nossa firma de advogados. Como eu precisava de agradar aos sócios-gerentes, abri o meu melhor sorriso e fui conhecer este empresário todo-poderoso. Mas nada me tinha preparado para o que iria encontrar na sala de reuniões. Ao ver quem lá estava, derramei o café, deixei cair a papelada ao chão e quase perdi o equilíbrio. E essa foi a parte boa do meu dia! Porque este homem deslumbrante — que me olhava como se quisesse comer-me viva — era nada mais nada menos do que Gray Westbrook, o meu ex-namorado e potencial cliente. 

Tentei assumir uma postura profissional, mas, no final da nossa reunião, ele aproximou-se de mim, com o olhar de desejo que me era tão familiar, e sussurrou-me ao ouvido com toda a sensualidade. Confiante e carismático, Gray já sabe o que quer, e julga que, ao forçar-me a trabalhar com ele, poderá voltar a entrar no meu coração depois de o ter partido.

Mas eu não lhe vou dar mais nenhuma oportunidade, muito menos agora que estou prestes a ser sua advogada… 

A Sair do Forno: ''A Queda Sombria de Elizabeth Frankenstein'' de Kiersten White


A assombrar dia 11 de Novembro 

Uma versão genial e imperdível do clássico imortalizado por Mary Shelley
Dois séculos depois, Frankenstein está de volta, num livro com uma escrita corajosa e imperdível, tão sombria e arrepiante como na obra original.
Elizabeth é uma jovem órfã, presa a uma vida de maus-tratos e ameaças diárias. Sozinha no mundo, esconde-se de tudo e de todos, sem esperança de que a sua sorte possa mudar. Até ao dia em que Elizabeth é levada para um encontro com Victor. Naquele rapaz estranho, solitário e assustador, Elizabeth vê a oportunidade de alcançar a vida com que sempre sonhara.
A única coisa que tem de fazer, em troca de um lar, comida e roupas caras, é aceder ao pedido dos pais de Victor e tornar-se a sua melhor amiga. Victor e Elizabeth tornam-se inseparáveis e a rapariga faz de tudo para lhe agradar... mesmo em situações macabras e inimagináveis. Mas é só quando começa a ser empurrada para o abismo que Elizabeth percebe que, afinal, tudo tem um preço.
Conseguirá Elizabeth sobreviver à escuridão total?

A Sair do Forno: ''Uma Proposta Arriscada'' de Eloisa James



À venda a 11 de Novembro
Um homem nunca é tão vulnerável como quando se entrega a uma mulher.
«Viciante! Um romance divertido com protagonistas inteligentes e um elenco maravilhoso.» - Historical Novel Society
Para a bela e espirituosa Lavinia Gray, só há uma coisa pior do que ter de pedir ao terrível Parth Sterling que se case com ela: ser rejeitada por ele. Mas Parth, o solteiro mais rico de Inglaterra, não se casará com uma mulher tão imprudente e obcecada pela moda quanto Lavinia; ele escolheu uma noiva muito mais adequada.
Porém, quando Parth descobre as tristes circunstâncias que levaram ao pedido desesperado de Lavinia, oferece-se para lhe encontrar um marido. Melhor ainda: ele tentará que um autêntico príncipe se case com ela. Como sempre, não há problema que Parth não consiga resolver. Mas quanto mais tempo ele passa com a sedutora Lavinia, mais ele se pergunta…
Porque é que a mulher errada fica tão bem nos seus braços? 

Compilações: ''A list of cages'' e ''Uma Razão para respirar''


É engraçado como às vezes estamos anos para ler um certo livro e no final acabamos por ler dois livros com conteúdo muito semelhante, quase a seguir um ao outro. Foi  o que aconteceu com estes dois livros: ''A list of cages'' que eu já tinha aqui para ler desde 2017 e ''Uma razão para respirar'' que só saiu agora em Portugal mas já foi editado em 2011. Li os dois no espaço de 3 semanas e por isso achei curioso esta coincidência dos livros serem tão parecidos. 

A List of Cages''A list of cages'' era um livro que eu já ouvia falar muito no youtube e portanto adquiri a minha cópia quando o encontrei a bom preço. É o primeiro livro desta autora e penso que até hoje ainda não editou mais nenhum livro. A autora é terapeuta e trabalhou com adolescentes e é bem evidente esse seu trabalho passado neste livro. Aqui os protagonistas são Adam e Julian mas a história foca-se mais em Julian. No passado chegaram a ser irmãos numa família adoptiva mas depois separaram-se porque Julian acabou por ir viver com o seu tio que reivindicou a custódia de Julian.
Passado um tempo eles reencontram-se e Adam começa a perceber que Julian sofre abusos em casa e tenta ajudá-lo embora Julian recuse a ser ajudado porque sabe que ainda só vai trazer mais problemas para ele. O livro tem situações muito pesadas e é importante referir que Julian só tem 14 anos ou seja ainda não está perto de maioridade ou de conseguir ser emancipado. Adam é o oposto e vai ser o seu ponto de abrigo. O livro é basicamente isto embora depois haja pequenas histórias paralelas com as personagens secundárias que são amigos e familiares de Adam. É um livro que se lê muito bem porque os capítulos são curtos mas eu achei a história pesada. Eu gostei da história e acredito que seja até uma realidade de muitas crianças e adolescentes mas não é um livro que propriamente recomende por ter algumas situações gráficas de abuso físico contra uma criança. 


48353176. sy475 ''Uma razão para respirar'' é o primeiro livro de uma trilogia que saiu agora pela Editorial Presença. Fui às cegas para este livro e na minha ideia pensava que era um romance adolescente. Não podia estar mais enganada. Se no livro acima temos um menino que sofre com o tio. Aqui temos uma rapariga que sofre com a tia. Depois de a mãe alcoólica a ter abandonado, Emma vai viver com os tios e os primos mas a sua vida não é nada fácil com uma tia controladora e má que não hesita em bater-lhe por tudo e por nada. A vida de Emma só melhora com a amizade de Sara, personagem que eu adorei e com Evan, o rapaz por quem Emma apaixona-se mas que não deixa ele entrar na sua complicada vida.
O livro trata de assuntos complicados como a negligência familiar e os maus tratos. Não sei se foi por ler este em português mas custou-me muito mais ler este do que o ''A list of cages'' embora ambos sejam livros difíceis. Uma coisa que ficou a faltar em ambos os livros é uma explicação para os tios serem como são mas como este livro é ainda o primeiro de uma trilogia espero que a vida da Carol (tia da Emma) seja explorado. 
Eu fiquei literalmente em choque com o final do livro, já há muito tempo que não ficava de boca aberta porque ainda faltava umas páginas para acabar e de repente dá-se o final! Acaba num momento de cortar a respiração e sinceramente não vou esperar até que a Presença lance cá os outros livros, porque fiquei mesmo com uma vontade enorme de ler o resto e sendo livros já tão antigos não faz sentido esperar para ler em português quando nem são novidades. 
Embora seja um romance young adult, trata de assuntos muito importantes que alguns adolescentes também passam e portanto recomendo a sua leitura.

A Sair do Forno: "Sisters - Laços infinitos'' de Anna Todd

Sai dia 6 de Novembro
Quatro irmãs a procurar desesperadamente um modelo para a vida - uma versão moderna de As Mulherzinhas, de Louisa May Alcott’s como só Anna Todd saberia escrever.
As raparigas da família Spring-Meg, Jo, Beth e Amy-são uma verdadeira força da Natureza na base militar de Nova Orleães onde vivem. Por muito diferentes que sejam, com o pai destacado no Iraque e a mãe a ocultar alguma coisa, os seus receios são muito semelhantes. Debatendo-se para construir uma vida de que possam orgulhar-se e que as tire da sua situação humilde, um ano determinará tudo o que os seus futuros poderão vir a ser.
A mais velha, Meg, será esposa de um oficial e entrará na sociedade militar como muitas das mulheres que admira. Se a sua paixão- e a sua reputação - não a fizerem descarrilar.
Beth, a mula de carga da família, tem medo de sair de casa e receia nunca chegar a descobrir quem é realmente.
Jo só quer ir-se embora. Sem ver a hora de acabar o secundário, sonha com uma vida na cidade de Nova Iorque e uma carreira no jornalismo em que possa ter impacto no mundo. Nada pode detê-la - nem mesmo o amor.
E Amy, a mais nova, observa as suas irmãs, aprendendo como elas se comportam, melhor ou pior.
Com bastante audácia, romantismo e drama, As Novas Mulherzinhas revisita o clássico de Louisa May Alcott, As Mulherzinhas, e traz os seus temas de amor, guerra, classe, adolescência e família para a linguagem do século XXI.

A Sair do Forno: ''O Último Tudor'' de Philppa Gregory


Sai dia 5 de Novembro

Três irmãs. Três vidas. Três formas de poder. A história de Joana Grey e suas irmãs que ousaram desafiar as suas rainhas.Usando o alto nascimento de Joana Grey, o rei Eduardo VI foi convencido a nomear a sua prima Joana Grey para o trono. Maria, meia-irmã do Rei, rapidamente reuniu um exército, reivindicou a coroa encarcerando a prima na Torre e mandou executá-la. Katherine, irmã de Joana é vista como uma ameaça pela infértil rainha e após a morte desta, pela sua irmã, rainha Isabel. Depois de descoberta a sua gravidez, também Katherine é enviada para a Torre.Mary, a mais nova das irmãs Grey, consciente do perigo de ser herdeira do trono, está determinada a comandar o seu destino, enfrentar as desconfianças e crueldade de sua prima, a rainha Isabel.

A Sair do Forno: ''A fugitiva'' de Jessica Barry



 É a estreia com este pseudónimo já que a autora por trás é Melissa Pimentel, autora que já tem 2 livros publicados cá em Portugal, pela Topseller. 

Sobreviver a um acidente de avião é apenas o início para Allison. A vida que construiu para si - o noivo perfeito e o mundo luxuoso de ambos -desapareceu num ápice. Agora tem de correr, não só para fugir dos segredos sombrios do passado mas também para despistar o homem que a persegue a cada passo.No outro lado do país, a mãe de Allison desespera por notícias da filha, que se encontra desaparecida, dada como morta. Uma história de mistério, cativante e impossível de parar de ler.
Quem ficou curioso? Sai dia 5 de Novembro 

A Entrar no Forno: ''Ten Blind Dates'' de Ashley Elston


43885673


Com o Natal quase aí nada como um bom romance young adult que se passa nesta altura.

Os direitos foram adquiridos pela Editorial Presença e esperemos que o lançamento seja para breve!

Sophie só quer uma coisa para o Natal - um pouco de liberdade de seus pais super protectores. Quando eles decidem passar o Natal no sul de Louisiana com sua irmã mais velha que está muito grávida, Sophie fica ansiosa para passar algum tempo (leia-se: beijar) com o seu namorado de longa data, Griffin. Só que Griffin afinal também quer um pouco de liberdade no relacionamento deles. Que devastação!
Desolada, Sophie vai para a casa dos seus avós, onde o resto da sua extensa família reúne-se para estarem todos juntos. E é aqui que surge um plano  (não tão) brilhante: nos próximos dez dias, Sophie irá a 10 encontros às cegas organizados diferentes membros da família!
Quando Griffin aparece inesperadamente e implora por uma segunda chance, Sophie sente-se mais confusa do que nunca. Porque talvez, apenas talvez, ela tenha começado a ter sentimentos por outra pessoa. . . Alguém que definitivamente não está disponível.
Serão as piores férias de Natal de sempre! Ou será que não?


Chegou à Despensa: ''O dia em que te conheci'' de Rowan Coleman


Mais um achado, por apenas 5€ trouxe este livro para casa. Não é recente mas tem boas reviews e gosto muito da capa portanto acho que vou gostar desta leitura. 

Origem: "O casamento inventado" de Julia Quinn


Continuamos com as origens da Julia Quinn. Aqui fica mais uma :) 

Lee Avison victorian woman in profile in garden Women

A Sair do Forno: ''Até para o ano em Havana'' de Chanel Cleeton



Sai dia 28 de Outubro

«Um belo romance, cheio de paixões proibidas, segredos de família e muita coragem e sacrifício.» - Reese Whiterspoon
Depois da morte da avó, uma norte-americana de origem cubana viaja até Havana, onde descobre as raízes da sua identidade e desenterra um segredo de família escondido desde os tempos da revolução…
Havana, 1958. Filha de um barão do açúcar, Elisa Perez, de 19 anos, pertence à alta sociedade de Cuba, na qual é protegida da crescente inquietação política… até que embarca numa relação clandestina com um ardente revolucionário.
Miami, 2017. Marisol Ferrera é uma escritora que cresceu a ouvir as histórias românticas sobre Cuba que a falecida avó Elisa, obrigada a fugir do país com a família durante a revolução, lhe contava. O último desejo de Elisa era o de que Marisol espalhasse as suas cinzas no seu país de origem. Ao chegar a Havana, Marisol depara-se com o contraste entre a beleza tropical e intemporal de Cuba e o seu instável clima político. Ao mesmo tempo que descobre mais acerca da história da sua família, acaba por sentir uma especial atração por Luis, também ele com os seus próprios segredos. Mas serão as lições de vida da avó que irão ajudá-la a compreender o verdadeiro significado da coragem. 




Opinião Contemporânea: ''Deixo-te para não te perder'' de Taylor Jenkins Reid



Depois da leitura de ''The Seven husbands of Evelyn Hugo'', um livro que adorei e o meu livro favorito de 2019, peguei noutro livro da autora que tinha cá por casa para ler já há mais de um ano.
41572366. sy475
''Deixo-te para não te perder'' segue a história de amor de Ryan e Lauren que apesar de serem ainda um jovem casal (andam na casa dos trinta anos) já estão há muito tempo juntos. Desde que começaram a namorar na faculdade, nunca mais se separaram e as consequências começam agora a surgir com discussões, divergências e pouca paciência para um com o outro. 
De uma forma a tentarem recuperar o seu casamento infeliz, os dois concordam em separarem-se durante um ano. Um ano em que podem esclarecer as ideias se querem voltar com o casamento ou seguir caminhos opostos.

É durante este período que vamos acompanhar Lauren na sua luta em morar sozinha, voltar a fazer novas amizades e até conhecer um novo amor, ao mesmo tempo que tenta perceber quais são os seus verdadeiros sentimentos por Ryan.

Eu gostei imenso deste livro mas ele não tem nada a ver com o outro livro que li da autora. É um romance sobre um casamento falhado e uma separação mas também sobre uma nova vida. 
Adorei o casal principal mas gostava que também tivéssemos tido o ponto de vista do Ryan porque ele também estava a sofrer com a separação e era a outra parte do casal. Assim só tivemos a visão da Lauren e creio que o livro ficou meio incompleto por causa disso. 

Foi muito bom perceber que uma separação (não confundir com divórcio, o Ryan e a Lauren só iriam divorciar-se se ao fim do ano não quisessem estar juntos de novo) por vezes é um passo necessário para uma relação continuar. Não é o fim do mundo como a família da Lauren a fez crer, porque no fim acabou por ser o que salvou o casamento deles de um divórcio eminente. 

É um livro que se calhar pessoas com anos de relação ou de casamento irão identificar-se mais com que eu me identifiquei. Eu gostei do livro pela história em si e pelas mensagens que a autora passou mas admito que não me consegui ligar com os sentimentos de ambos porque nunca tive numa relação estagnada. 
Outra parte muito importante do livro é a família e a influência que esta pode ter. Isto viu-se no caso da Lauren mas felizmente esta conseguiu sempre fazer frente aos pais e mostrar que o Ryan também tinha ''culpa'' na separação. Adorei os irmãos da Lauren e a história secundária com o irmão dela foi um bom ponto de fuga à história da Lauren com o Ryan. Foi engraçado ver o irmão a encontrar o amor e a criar a sua própria família ao mesmo tempo que a irmã rompia com a relação dela. 

Mesmo assim aconselho imenso a leitura a todos, esta autora tornou-se numa das minhas novas autoras favoritas e já quero ler tudo que ela publique. 

O casamento de Lauren e Ryan atinge o ponto de rutura e ambos tomam a decisão pouco convencional de se afastarem durante um ano, na esperança de que isso lhes permita apaixonarem-se de novo. Durante esta separação, cada um é livre de viver como entender, à exceção de nenhum estabelecer qualquer contacto com o outro. Lauren inicia uma viagem de autodescoberta e depressa se apercebe de que tanto os seus familiares como os seus amigos têm ideias muito próprias sobre o significado do matrimónio. A perceção desse facto e os desafios decorrentes da separação de Ryan mudam a visão de Lauren sobre monogamia e casamento. E ela passa a interrogar-se: quando estamos ligados a alguém sem um compromisso de fidelidade e quando vivemos uma relação sem casamento - ou seja, quando já não há laços entre o amor e o desejo - a que damos nós valor? Pelo que estamos nós dispostos a lutar?
Deixo-te Para Não te Perder é um romance surpreendente sobre o que acontece quando o amor se dissipa. E sobre continuarmos apaixonados, lutarmos pelo amor, renunciarmos a ele ou entregarmo-nos com toda a nossa alma. É, sobretudo, a história de um casal preso a um velho arquétipo, mas à procura de um novo caminho rumo à felicidade. 

Resultado Passatempo 3


Hoje é dia de resultado e aqui vamos nós!
De 53 participações apenas 37 estavam válidas. Sorteámos então entre essas 37 e a vencedora foi:
Rita Andrade
Cruz Quebrada

 
Parabéns Rita!

A Sair do Forno: ''Britt-Marie esteve aqui'' de Fredrik Backman



A estar dia 7 de Novembro 

Não é que Britt-Marie seja uma pessoa crítica, exigente ou difícil - ela apenas espera que as coisas sejam feitas de uma determinada forma. Uma gaveta de talheres desarrumada está no topo da sua lista de pecados imperdoáveis. Os seus dias começam, impreterivelmente, às seis da manhã, porque apenas os lunáticos acordam mais tarde do que essa hora. E não é passivo-agressiva. De modo nenhum. As pessoas é que, às vezes, interpretam as suas sugestões úteis como críticas, o que não é, de todo, a sua intenção. Afinal, Britt-Marie não é alguém que julgue os outros, não importa o quão mal-educados, desleixados ou moralmente suspeitos possam ser.
Quando Britt-Marie descobre que Kent, o marido, lhe é infiel, a sua vida perfeitamente organizada, de repente, desorganiza-se. Tendo de passar a sustentar-se sozinha, arranja um emprego temporário como zeladora do centro recreativo de Borg. Nessa posição, a exigente Britt-Marie tem de lidar com muita sujidade, eletrodomésticos temperamentais, indisciplina a rodos e até uma ratazana como companheira. Britt-Marie vê-se então arrancada da sua zona de conforto e arrastada para a vida dos seus concidadãos de Borg, uma estranha mistura de seres desesperados, canalhas, bêbedos e vagabundos, sendo incumbida da impossível tarefa de levar a equipa de futebol local, composta por várias crianças sem qualquer tipo de talento para acertar numa bola, à vitória. E, quando um dia Kent aparece a pedir-lhe desculpa, ela tem de decidir, de uma vez por todas, o que realmente deseja da vida. Nesta pequena localidade de gente inadaptada, pode Britt-Marie encontrar o lugar a que realmente pertence?
Engraçado e comovente, perspicaz e humano, Britt-Marie esteve aqui celebra as amizades inesperadas que nos mudam para sempre e o poder do mais gentil dos espíritos, para tornar o mundo um lugar melhor.

A Sair do Forno: ''Longa Pétala de Mar'' de Isabel Allende



Sai dia 7 de Novembro


Espanha, final da década de 1930. A vitória iminente das tropas franquistas na Guerra Civil obriga milhares de pessoas a abandonar o país, numa perigosa viagem através dos Pirenéus. Entre eles, Roser Bruguera, uma jovem viúva, e Víctor Dalmau, médico e irmão do falecido marido de Roser.
Em França, conseguem embarcar no Winnipeg, um navio fretado pelo poeta Pablo Neruda que transportou mais de mais de 2 mil espanhóis até ao Chile – essa «longa pétala de mar, de vinho e de neve» –, onde são recebidos como heróis.
Víctor e Rosa integram-se com sucesso na vida social do país de acolhimento, durante várias décadas, até ao golpe de Estado que derruba Salvador Allende, parceiro de xadrez de Víctor Dalmau. Os dois amigos de toda uma vida voltam a ser obrigados ao exílio, mas, como diz a autora, «se vivermos o suficiente, todos os círculos se fecharão.»
Isabel Allende propõe-nos uma viagem através da História do séc. XX, pela mão de personagens inesquecíveis que descobrirão que numa só vida cabem muitas vidas e que, por vezes, o difícil não é fugir, mas regressar.

2 Milhões de Visitas!



Já tínhamos publicado no facebook e no instagram mas ainda não o tínhamos feito aqui e afinal foi no blog que conseguimos este feito portanto aqui esta a nossa celebração!



Ontem dia 11 de Outubro o blog atingiu mais um patamar, mais uma vitória, mais uma celebração para nós: 2 milhões de visitas!
Estamos muito contentes por já contarmos com este número tão elevado de visitas em tão pouco tempo (apenas 6 anos). Demorámos 2 anos e meio até este novo número o que não é nada mau, especialmente este ano que temos tido menos tempos para nos dedicarmos ao nosso cantinho. Queremos agradecer a todas as pessoas que visitam diariamente, semanalmente ou até mensalmente!

Obrigada a todos =) 

A Sair do Forno: ''Recorda-me'' de Mario Escobar


Sai em Novembro, dia a confirmar.

A EMOCIONANTE HISTÓRIA REAL DA EXPEDIÇÃO QUE SALVOU MAIS DE QUATROCENTAS CRIANÇAS DA GUERRA CIVIL ESPANHOLA.
Os jovens Marco, Isabel e Ana vivem em Madrid, estamos na primavera de 1937 e a cidade, que sofre bombardeios contínuos, está prestes a render-se às tropas de Franco. Os pais das crianças debatem-se entre a dúvida de tirar os filhos da cidade ou manter a família unida. Francisco, o pai, soube que o presidente Manuel Azaña está a organizar a saída do país de quase quinhentas crianças juntamente com o Comité Ibero-americano de Ajuda às crianças do Povo Espanhol. Depois de uma viagem agitada até Bordéus e da luta de Amparo para que as crianças embarquem na expedição, o Mexique sai do porto no dia 27 de maio, contudo, os perigos da viagem acabaram de começar.
Um livro tremendamente humano e real que descreve as peripécias de um grupo de crianças num barco até à sua chegada ao México, acolhidas pelo governo de Cárdenas.

A Sair do Forno: ''Território Selvagem'' de Anne Bishop



Sai dia 15 de Novembro 

Será que os humanos e os Outros conseguem viver lado a lado sem se destruírem?
Por todo o mundo existem cidades-fantasma, regiões onde os humanos foram aniquilados como retaliação pelo massacre dos Outros. Um desses lugares é Bennett, uma cidade no norte de Elder Hills rodeada por território selvagem. Gradualmente, a cidade volta a ser habitada, e a comunidade humana e os Outros fazem um esforço para viver e trabalhar em conjunto: uma jovem oficial de polícia é contratada como delegada de um xerife Lobo; uma espécie mortal de Outros quer gerir um salão ao estilo humano; um casal com quatro crianças adotadas — uma delas uma profetisa de sangue — espera ser aceite como membro efetivo da comunidade.
Mas à medida que as lojas e os escritórios são reabertos e as pessoas reconstroem as suas vidas, a cidade de Bennett começa a atrair a atenção de outros humanos que procuram o lucro. E a chegada do Clã Blackstone, composto por foras da lei e jogadores, vai revelar segredos há muito escondidos...


A Sair doo Forno: ''A Filha da Madrasta' de Jennifer Donnelly





Mais um lançamento que promete! Desta vez por parte da Saída de Emergência e a estreia desta autora em Portugal. 
 Como podem perceber vem aí um reconto da Cinderella. Sai dia 15 de Nowembro
A BELEZA NEM SEMPRE É EXTERIOR
Isabelle deveria estar feliz – afinal, está prestes a ficar com o príncipe. Mas Isabelle não é a bela rapariga que perdeu o sapato de cristal e ganhou o coração do príncipe. Ela é a meia-irmã feia que cortou os dedos para que o sapato da Cinderela lhe servisse. Quando o príncipe descobre o engodo, Isabelle fica devastada pela vergonha. Afinal, ela é apenas uma rapariga comum num mundo que só valoriza a beleza; uma jovem forte num mundo que a quer submissa.
Isabelle tentou mudar, cumprir as expectativas da mãe. Ser como a sua meia-irmã. Doce. Bonita. Um a um, desfez-se de pedaços de si para sobreviver num mundo que não valoriza uma rapariga como ela. E isso tornou-a má, ciumenta e vazia. Até que Isabelle tem a oportunidade de alterar o seu destino e provar que é preciso mais do que um coração partido para vergar uma rapariga.

Quem gostou?

A Sair do Forno: ''O Segredo da minha mãe'' de Clare Swatman



Sai dia 15 de Outubro
Uma história pungente e emocional, repleta de amor, perda, obscuridade, sofrimento e perdão.
Jan ficou viúva muito cedo e como mãe solteira tornou-se demasiado protectora em relação às filhas, principalmente em relação à mais nova, Georgie.
De casamento marcado, Georgie precisa da sua certidão de nascimento e após fazer uma busca exaustiva na casa da mãe, apenas encontra recortes de jornais e a sua vida transforma-se numa realidade em que mal pode acreditar.
Um livro comovente e um segredo devastador que ameaça os laços de uma família.

A Sair do Forno: ''A Rede de Alice'' de Kate Quinn


Sai dia 17 de Outubro

Trinta anos depois, atormentada pela traição que acabaria por ditar o fim da Rede de Alice, Eve passa os dias embriagada e isolada do mundo na sua decadente casa, em Londres. Até ao dia em que uma jovem americana lhe bate à porta e a recorda de um nome que Eve tudo tem feito para esquecer.
1947
No caótico pós-Segunda Guerra Mundial, a jovem americana Charlie St. Clair está grávida, solteira e a um passo de ser expulsa do seio da sua conservadora família. Mas Charlie está mais preocupada com o que terá acontecido à sua querida prima Rose, desaparecida em França durante a ocupação nazi. Por isso, quando os pais a mandam para a Europa para resolver o seu «pequeno problema», Charlie troca todas as voltas do previamente combinado e desembarca em Londres, determinada a descobrir a prima que adora como a uma irmã.
1915
Um ano depois do início da Primeira Guerra Mundial, Eve Gardiner deseja com todas as suas forças lutar contra os alemães o que, inesperadamente, acabará por acontecer quando é recrutada para servir os interesses Aliados como espia. Enviada para uma zona ocupada de França, é treinada pela fascinante Lili, nome de código Alice, a rainha das espias, que lidera uma vasta rede de agentes secretas a operar mesmo debaixo do nariz do inimigo.