Opinião da Mafi,

Opinião Young-Adult; "Quando tu eras meu" de Rebecca Serle

novembro 28, 2013 Mafi 1 Comments



Não sou a maior fã de Shakespeare, na verdade da sua obra só conheço mesmo A tragédia de Romeu e Julieta que adorei. Foi com alguma curiosidade que vi este lançamento da Planeta e me interessei por a reviravolta que a autora prometia dar. O resultado não foi o esperado e sinto-me defraudada com estas promessas.

Quando Tu Eras MeuA autora não dá nenhum twist à estória, tal como ela própria admite no primeiro capítulo e é por isso que este livro não faz sentido nenhum. Eu acredito no destino e acredito que tudo acontece por uma razão e claro que em cada estória há vários pontos de vista. É por isso que nunca percebi o objectivo da autora e nunca acompanhei o seu raciocínio no livro. É que não faz sentido nenhum. Começamos com a promessa que vamos descobrir que afinal a Julieta é que era a má da fita e "a outra" quando na peça original isso não acontece para depois no fim sabermos que é tudo uma fraude pois a autora introduz a estória do modo que lhe convém assim como Shakespeare fez há centenas de anos atrás!!!

Então para quê dizer que a maior história de todos os tempos era uma farsa? Que o Romeu era suposto ficar com a Rosalina quando no fim ela acaba com outra pessoa porque ela quer?  Quando o que a autora faz é apenas dar outra visão e não desmente não muda nada da estória original? Isto irritou-me de uma maneira que nem imaginam e para pior e escrita é assim qualquer coisa de horrível, do pior que já li sem dúvida. A tradução também não ajudou e de cada vez que via a palavra "iá" (será alguma palavra do novo acordo ortográfico?!) não sabia se havia de revirar os olhos ou bufar.
Personagens secundárias? Perfeitas para encher chouriços e destacar os protagonistas, de mais nada serviram a não ser irritar-me e isso conseguiram a 100%. O Romeu que aqui é Rob - lol? a Julieta continua a ser Julieta e a Rosalina também mas o Romeu mudou de nome vá-se lá perceber porquê) até que nem desgostei dele mas a sua  presença como vítima da estória toda não criou o impacto suficiente, pelo menos como na tragédia do autor inglês. Felizmente e foi mesmo o que salvou o livrom foi a protagonista que tem personalidade (não estúpida como as amigas) e o Len, que foi a minha personagem preferida de todo o livro. Adorei o fim e o facto de o romance e de toda a confusão com a Julieta e o Rob tenha sido apenas um meio para o fim doce e feliz da protagonista. 

E por favor, a forma como o livro está dividido é tão estúpida que nem vou tecer mais comentários. Tinha tudo para ser um bom livro se a autora seguisse o que propôs, mas ainda bem que escreveu outra estória pois não tem capacidades nenhumas para contar nenhum retelling da grande estória de Romeu e Julieta. Quem me dera ter ficado apenas pela estória que conhecia e que adorava, ao invés de ler esta anedota de livro. 

Sinopse em A Sair do Forno


When You Were MineTítulo Original: When you were mine
Edição: Outubro 2013
ISBN: 9789896573737





1 comentário:

  1. Terminei a leitura deste ontem e embora não me sinta tão defraudada quanto tu, acho que o livro tem imensas falhas. Também estava à espera de ler algo surpreendentemente diferente da Tragédia que já conhecemos mas não, não entendo os caminhos que a autora adoptou, acho que muitas situações foram inseridas de forma bruta (por exemplo, a situação trágica do Rob e da Julieta) e acho que não existe sentimento suficiente no livro em si para se tornar um bom livro. É pena, pois estava muito entusiasmada com ele e acho que até aborda alguns temas interessantes e peculiares, mas, epah, não tem força suficiente para se destacar. Enfim...

    P.S. – E sim, a escrita é horrível! Quase que estou tentada a ler o original para ver se é algo da autora ou se é da tradução.

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!