24 de março de 2017

Opinião Contemporânea: "Tentação" de Nora Roberts



Este pequeno livro de Nora Roberts, publicado pela Harlequin, pode ser lido num dia e esquecido no outro, mas o melhor é que mesmo com uma sinopse tão resumida, que está em relação com o tamanho do livro, toda a história volta quando a lemos.
A primeira atenção que tenho a fazer é o facto de haver algum exagero, tanto nas reacções de Éden como nas descrições da autora. Por exemplo, descreveu um momento debaixo das estrelas e um beijo casto como um momento selvagem!!!! Só se foi por estarem ao ar livre.
A segunda atenção, é sobre Chase, o galã e único homem da história. Na minha opinião ele foi-se tornando cada vez mais machista e dominador, características com que eu não simpatizo nos personagens masculinos de romances "românticos".
Gostei das peripécias do lago e do final, tal como do aparecimento do ex e da tia, mas gostava que a a autora tivesse desenvolvido mais o acontecimento do ano: o baile. Em vez disso, nem um capítulo lhe dedicou.
Gostava também que este não fosse um livro único e que no mínimo fosse uma duologia, havendo assim uma continuação com a Candy que merece o seu príncipe encantado também, tal como também merecia um pouco mais de protagonismo nesta curta história.
Os exageros iniciais foram melhorando e Nora Roberts relembrou o porquê de gostar tanto das suas obras. Adoro as suas descrições tanto dos cenários como dos sentimentos, principalmente destes últimos. Mas continuo a achas que os seus romances estão muito carentes de algo mais, em que as obras e as histórias são aquilo e aquilo mesmo, não havendo muita profundidade. Ok, há pesquisa e há sentimentos e passados, mas neste momento isso já não me chega. Num livro assim tão curto notou-se isso, principalmente porque resumido não resta muito mais que os encontros do casal protagonista.
No geral, é um romance romântico, cheio de momentos a dois e alguma atracção, com muito cavalheirismo e esforço por parte de Chase para conquistar Éden. O Passado desta não é muito original e estar lá ou não para mim era igual.

Em Tentação uma jovem de uma família rica vê-se obrigada a trabalhar num acampamento de verão depois da ruína da sua família. O que certamente não esperava era converter-se em objecto de desejo... e ele não esperava ter de lutar contra a necessidade imperiosa de a fazer dele.

2 comentários:

  1. E eu que nunca li livros da Nora Roberts! Esta foi uma lembrança para o fazer, mesmo que não goste de romances quem sabe não gosto da autora? É tão bem falada por alguma razão...

    Viver a Viajar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já fui fã número um, tanto que tenho todos os livros dela, mas entretanto comecei a ler outros livros de outros autores e encontrei autores que a ultrapassaram e pronto, a partir daí os romances dela já não dão o entusiasmo que davam antes.

      Beijinhos

      Eliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!