ASA/1001 Mundos,

Opinião Histórica: "Os sonhos que tecemos" de Kate Alcott

outubro 11, 2016 Mafi 6 Comments



Mais um livrinho lido e pronto para seguir para casa de alguém que espero qu goste mais do que eu.

É um livro mediano que tinha todos os ingredientes certos para ser fantástico. A premissa era bem interessante, centrada num grupo de operadoras fabris de uma fábrica d algodão que até existiu mesmo e o livro é baseado numa história verídica.

23284137Quando li que era baseado em acontecimentos reais e em pessoas que aconteceram mesmo, pensava que a protagonista do livro (Alice Barrow) seria então a tal figura que existiu. A verdade é que não, a personagem que não é ficionada é a Lovey, outra personagem que aparece bastante no livro mas não é a figura principal. Ora fiquei um pouco confusa com isto, porque assim a Lovey é que devia ter sido a protagonista porque chega a uma parte em que o livro é só sobre ela e a nota da autora é totalmente dedicada a ela. A autora preferiu contar a historia da Sarah Conell (figura em que se baseou para escrever a Lovey) mas do ponto de vista de outra pessoa, neste caso do da Alice. Na verdade para mim o livro tem duas protagonistas, a Alice e a Lovey que é uma personagem ausente mas que acaba por ter todo o destaque a partir da metade do livro.

Como já tinha dito no "Ponto de situação", a escrita  as personagens fizeram-me lembrar muito Lesley Pearse, só que esta última tem um pouco mais de qualidade em agarrar o leitor e sabe construir melhor as personagens.

O romance do livro é totalmente forçado e nem valia a pena inserir este aspecto. Gostei muito da parte de elas lá na fábrica  as histórias paralelas das outras trabalhadoras e das lutas delas por melhores condições de trabalho. Esta luta dos oprimidos contra quem está poder ocupada um grande destaque no livro e gostei muito dele essa parte, sem dúvida a melhor parte do livro.

Foi um livro que se leu muito bem mas faltou mesmo algo que me fazer gostar mais dele. Pelo menos deu para conhecer a história da fabrica Lowell, que é sempre bom. A sinopse já traz um spoiler e portanto aconselho a irem para o livro totalmente às escuras que é melhor. 


Alice Barrow desafia todas as convenções ao abandonar o mundo rural e tacanho onde nasceu. Numa época em que as mulheres são cidadãs de segunda categoria, o seu emprego na fiação da família Fiske é um passo importante rumo à emancipação. As "meninas da fiação" trabalham longas horas em condições precárias mas a alegria que as une é completamente nova para ela. Um dia, até dá por si a cometer a "extravagância" de celebrar o seu primeiro salário com a compra de um chapéu. É apenas um objeto mas vai ganhar a força de um talismã.
Inadvertidamente, Alice capta a atenção de Samuel Fiske, filho do dono da fábrica. Samuel é um enigma. Frio e impenetrável, tem o condão de contrariar frequentemente a própria família. O seu fascínio por Alice é a derradeira afronta aos pais e à ordem social. Será amor ou mero capricho?
O teste aos seus sentimentos será abrupto. Quando uma jovem muito especial aparece morta, toda a hierarquia de poder é posta em causa. O que se segue é um eco da luta ancestral entre ricos e pobres, poderosos e oprimidos. Apenas os mais determinados conseguirão vingar. Apenas um amor verdadeiro poderá sobreviver. 


6 comentários:

  1. Não li ainda o livro mas estava curiosa com ele. Agora, depois de ler a opinião, fiquei um pouco desapontada.

    ResponderEliminar
  2. Que pena pensei que fosse mais interessante.

    ResponderEliminar
  3. Não tinha essa ideia do livro. Sendo assim irei ler outros antes deste, e se tiver tempo para ele e se o "apanhar" numa biblioteca ou por empréstimo.
    ;)

    ResponderEliminar
  4. Tenho este livro por ler...mas é daqueles que vou sempre adiando...

    ResponderEliminar
  5. Gostava de ler este livro, mas depois da tua opinião acho que vou pôr outros a frente e deixar este um pouco para traz.

    ResponderEliminar
  6. É, não perdem mesmo nada em não lê-lo

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!