5 de setembro de 2016

Compilações: "The Universe vs Alex Woods" e "More than this"



Meteoritos e morte é o que temos no menu de hoje desta rubrica. bora lá. 


Começando pelo "The Universe versus Alex Woods" que foi o que mais gostei entre os dois, temos aqui um livro bem singular e um bom young-adult que ensina algumas coisas. A personagem principal é o Alex que aos 10 anos é atingido por um pequeno meteorito enquanto estava em casa. Apesar do livro não começar assim, começar logo no meio da história, este é o ponto principal do livro e é a partir deste acontecimento que tudo de desenrola. Embora este acidente tenha deixado sequelas na saúde de Alex, o jovem não se deixa abalar e mantêm-se fascinado pela astronomia e astrologia ao ponto de querer seguir carreira nesta área. 
The Universe Versus Alex WoodsCerto dia, numa casualidade conhece o Sr. Peterson e nasce entre os dois uma bela amizade e sobretudo é ensinado ao Alex e ao leitor uma lição de vida. 

Este pequeno resumo pode parecer que o livro é uma seca e que não há história mas não é bem assim. Há livros que têm historias e as personagens são uma porcaria, aqui acontece precisamente o contrário. Para além do espaço temporal do livro ser muito grande (vamos percorrendo toda a adolescência do Alex até aos 19 anos), a personagem principal é divertida e muito curiosa e várias vezes dei por mim a rir em alto som. Outro ponto positivo é a meio do livro ser introduzido uma homenagem ao livro "Matadouro Cinco" de Kurt Vonnegut. Embora já conhecesse, nunca li e como gosto de livros que mencionem ou falem de outros livros, fiquei curiosa para ler esta obra.
Aprovado e recomendado para quem gosta de ler algo diferente de vez em quando.

Quanto ao segundo livro que vos irei falar, se acharam o de cima estranho, este vai-vos dar nó na cabeça.
Já há algum  tempo que queri ler algo de Patrick Ness. Com a estreia de "A Monster Calls" para breve, decidi não pegar no livro em que se baseia o filme mas em outro do mesmo autor e que tinha comprado no ano passado: "More than this".
More Than ThisEste livro é mesmo muito what the fuck. É estranho e até tem algumas partes que entranha-se mas também tem outras em que ficamos sem entender nada e não é por culpa nossa é mesmo por o autor não explicar. 
O livro começa com Seth a afogar-se e no capítulo seguinte a acordar sozinho, num sítio que não conhece. Depressa percebe que está na sua antiga casa em Inglaterra e o principal objectivo vai ser entender o facto de ele star vivo quando morreu e se há mais alguém assim.
O livro centra-se muito na morte, no que há para além da morte, se é que há vida depois da morte. Ness consegue ter um livro mediano onde o melhor são as personagens e as histórias delas que as levaram à morte. De resto, tem alguma ficção científica que deixa o leitor confuso e sem entender bem o que está a acontecer, para além do facto que é um livro gigante e podia ser mais conciso. 
Gostar, gostei mas como não aprecio finais em aberto, especialmente num livro que lança tantas perguntas, é um livro que leva apenas 3 estrelas. 

1 comentário:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!