16 de junho de 2016

Primeiras Impressões: "O Desejo de Lady Cassandra" de Madeline Hunter



Começo a aperceber-me que ando a adquirir muita coisa da LEYA. Hum, não sei se me agrada!
Voltamos então a ler alguma coisa de Madeline Hunter. Já fui grande fã, mas houve ali uma saga que não me cativou e depois disso nunca mais lhe toquei. Decidi dar-lhe uma segunda oportunidade e acabei então por lhe dar uma segunda oportunidade com este segundo volume da Fairbourne Quartet, já que já tenho o primeiro em ebook.
O interior é o costume deste grupo editorial: margens generosas e letra de tamanho para se ver ao longe... sem óculos! ahahah
O nome de Lady Cassandra Vernham é sinónimo de escândalo entre a alta-sociedade. Espantosamente, a jovem teve o descaramento de recusar o pedido de casamento do barão Lakewood, o homem que comprometeu a sua reputação.
Abandonada pela família, Cassandra vê-se obrigada a vender em leilão os únicos bens que lhe restam. Mas a sorte não está do seu lado, pois as suas jóias mais valiosas são arrematadas mas não são pagas.
O visconde Ambury não tem a mínima intenção de pagar a Cassandra. Para além de desconfiar que as joias são roubadas, nutre pela jovem um ódio tremendo, uma vez que a julga responsável pela morte do seu amigo Lakewood. Mas nem mesmo esse rancor trava a sua embaraçosa imaginação. Para mal dos seus pecados, Ambury não consegue impedir-se de a desejar, de sonhar com ela na sua cama, a realizar as suas fantasias mais ousadas.
O convívio constante dos dois, porém, revela-se fatal. As chamas provocadas pelos seus confrontos vão iluminar segredos obscuros que alterarão as suas vidas para sempre.

1 comentário:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!