16 de novembro de 2015

Opinião Contemporânea: "Casamento de Conveniência" de Jennifer Probst



Apesar de andar mais virada para o romance YA se me derem a conhecer um bom romance contemporâneo adulto como dizem os brasucas, eu topo em ler! 

26762800Apesar de ter algumas séries de romance adulto iniciadas (Ruth Cardello, Catherine Bybee, Emma Chase, Catherine Anderson (nunca mais peguei)) não resisti em começar outra nova e não estou nada arrependida em ter lido este "Casamento de Conveniência" da autora Jennifer Probst.

É o típico livro de romance, água com muito açúcar, algum limão para não se tornar demasiado doce mas que deixa qualquer leitora que goste deste tipo de livros feliz.

A estória é toda muito simples e o título juntamente com a sinopse praticamente contam como o livro é. Alexa precisa urgentemente de dinheiro para ajudar a sua família e Nick precisa urgentemente de se casar para herdar uma empresa e vários negócios. Conhecidos de infância, ambos concordam com os termos e acabam por casar-se apesar de secretamente tanto Alexa como Nick sentirem uma atracção um pelo o outro.

O livro é cliché e a autora não perde muito tempo com desenvolvimentos. Mas eu gostei muito! Normalmente até sou capaz de revirar os olhos a um livro que não traga nada de novo mas esta leitura foi tão saborosa e as personagens tão engraçadas de acompanhar que foi impossível não gostar de "Casamento de Conveniência". A minha parte favorita foi quando a Alexa trouxe os cães do canil para casa e tentou escondê-los do Nick que odiava animais. Ah, e claro quando ela deu um nome ao peixinho de Nick e queria comprar mais um para o aquário porque o peixe estava solitário. Muito bom!

Tem comédia, romance e um pouco de drama q.b e a autora levanta logo a ponta do véu de quem será o casal do próximo livro (adoro quando os autores fazem isso) portanto resta-me esperar que a Quinta Essência não demore muito tempo a traduzir o segundo livro. Por enquanto irei acompanhar esta série e fica a recomendação deste livro para quem gosta de romance de cordel do antigamente mas com capas do século XXI.

Ele tem de casar para assumir a direção da empresa, ela precisa de dinheiro para salvar a casa. Assim, fazem um acordo com um desenlace inesperado.
O bilionário Nick Ryan não acredita no casamento e considera que o amor eterno é coisa de contos de fadas. As suas ações sempre se regeram pela lógica e pela razão. Como agora precisa de se casar para adquirir o controlo da sua empresa, estabelece um pacto com regras básicas: não se apaixonar, evitar qualquer envolvimento emocional e manter uma relação puramente formal.
Alexa, a melhor amiga da sua irmã, é o tipo de rapariga impulsiva e idealista capaz de lançar um feitiço para conseguir um homem. Mas também faria tudo pelos pais e agora eles precisam de dinheiro para pagar a hipoteca da casa da família. Assim, ambos chegam a acordo. Não deve ser assim tão difícil cumprir os requisitos de um casamento de conveniência que só tem de durar um ano, certo? Mas uma série de mal-entendidos, o aparecimento de coisas do passado, o destino e paixão vão intervir para desbaratar os planos de Nick e Alexa.
Livro lido em formato digital no Cybook Muse Frontlight da Bookeen.

4 estrelinhas Michelin!

1 comentário:

  1. Olá meninas!

    Estou a acabar este livro e estou a gostar bastante, a escrita é fluida, não é repetitivo nem cansativo, só é pena ser pequeno e acabar tão depressa ahah (estou a acabar e comecei há 2 dias).

    Sei que esta série original tem mais 3 livros, têm ideia se irão sair em Portugal?

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!