27 de fevereiro de 2014

Opinião Sobrenatural: "Acheron" de Sherrilyn Kenyon



Opinião (1ª Parte):
O que eu penso de Acheron?
Maravilhoso! Lindo! Comovente! Viciante! Irritante! Sem comparação! Sem descrição...
Tem drama até fartar lá isso tem, mas toda esta tragédia grega (o que é irónico porque a maior parte se passa lá) torna tudo muito mais emocionante e cativante.
Adorei a referência a Atlântida, tal como a outras histórias que conhecemos. Sherrilyn Kenyon pegou em deuses, demónios e humanos e misturou-os dando-nos este presente que nos agarra e não nos larga. Que no faz rir e chorar logo a seguir. Que nos faz suspirar "oh's" e ao mesmo tempo nos faz querer arrancar os cabelos a certas e determinadas personagens!!!
Temos nascimentos, mas temos muitas mortes, tantas que até me fez recordar com nostalgia A Guerra dos Tronos.
Mas o que mais me chateou foi a vida humana de desgraça de Acheron. O coitado sofre todo o santo dia, todos os anos... Tantos que até fiquei dormente, ficando numa constante angustia por ele ao longo das 330 páginas correspondentes. É verdadeiramente doloroso e frustante.
Preparem-se para muita emoção, positivas e negativas, mas todas tempestuosas e viciantes, e preparem-se principalmente para não conseguirem, ou fazerem-no muito mal, resistir a ler a segunda parte. Eu consegui mas estou até com formigueiro... Eu vou conseguir não ler o resto!
Opinião (2ª Parte):
E pronto! Não consegui esperar mais e li o que restava deste calhamaço que apesar do peso não me importei de andar com ele para todo o lado, sempre aberto. A minha sorte é que ele se lê tão bem que nem chegamos a ficar com dores no braço!
Como li esta parte a seguir ao nº10, i.e. O Caçador de Sonhos, acabou por calhar tudo bem, pois em termos temporais o Acheron passa-se quando a pequena Tory já é jovem-adulta.
E aqui é que está o melhor - melhor por que achei a segunda parte muito inferior à primeira! Apesar de já me terem feito spoiler sobre quem seria a cara metade do nosso Ash eu não estava mentalizada para encontrar a pequena Tory. Foi um máximo. Deviam ter visto a minha cara quando me apercebo do que se vai passar! Por isso é que digo que ainda bem que li o Acheron logo a seguir, se não passados 5 livros já eu me tinha esquecido e assim o impacto foi muito maior.
Mas apesar de ser o melhor tambem acaba por ser o pior, porque eu, como fã desta saga, sempre imaginei o Ash de uma forma mais velha e mais intocável. Ele aqui vai se transformar em algo mais "tocável" digamos assim e por isso mais semelhante aos restantes Predadores.
De qualquer forma, adorei o apoio dado por todos, porque nos restantes livros também tive essa sensação que o pessoal apesar de curioso nunca tentou ajudar a sério, ou até compreender, o Ash.
Também achei que todo o romance foi rápido demais. Como ele tinha aquele trauma sempre achei que ele se iria apaixonar devagarinho e aqui apesar daquela breve amizade tudo acontece muito depressa para o meu gosto. De qualquer forma acho que a Tory é suficiente para o Ash, principalmente depois com os poderes com que ela fica. E mais principalmente ainda depois da lição que ela dá à bezerra ruiva!! Havia de ter feito algo mais "físico".
Agora, depois deste livro, fico curiosa para saber se o nosso Ash vai continuar a aparecer, ou desaparecer, como dantes, ou se o Nick lhe vai tomar o lugar. Esperemos....

Sinopse (1ª Parte):
Um deus nasceu há onze mil anos. Amaldiçoado num corpo humano, Acheron teve uma vida de sofrimento. A sua morte humana originou um horror indescritível que quase destruiu a Terra. Trazido de volta contra a sua vontade, tornou-se o único defensor da humanidade. Só que não foi assim tão simples... 
Sinopse (2ª Parte):
Durante séculos, lutou pela nossa sobrevivência e escondeu um passado que não desejava revelar. Agora, tanto a sua sobrevivência, como a nossa, dependem da única mulher que o ameaça. Os velhos inimigos estão a despertar e a unir-se para matá-los - aos dois.

Título Original - Acheron

Edição - 2009

ISBN - 9789724619255

https://www.goodreads.com/book/show/7364421-acheron


Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!