1 de março de 2017

Lista de Desejos: Março



Vamos lá ver o que adicionamos à nossa wishlist durante o mês de Fevereiro!


Mafi
Foto de Odete Silva.

Poucos mas bons! 

Ne



A ver se é desta que estes vêm cá para casa.

Na Fila: Março



Março... mês da Primavera e mês de estreia do filme "A Bela e o Monstro"! 😍
Vamos lá ver o que queremos ler este mês!

Mafi:
Between the LinesA Minha Vida Fora de Série - 1ª temporada (A Minha Vida Fora de Série, #1)Minha Vida Fora de Série - 2ª Temporada (Minha Vida Fora de Série, #2)O Universo nos Teus OlhosSinto a tua FaltaOne Man Guy
O Crime do Vencedor (The Winner's Trilogy, #2)Ready Player One

Em Março vou estar de férias duas semanas, portanto das duas uma: ou vou ler muito ou não vou ler tanto porque só vou querer dormir e não fazer nada! 😜 Mesmo assim estão aqui 8 livros que quero sem dúvida ler!

Ne:

Para os meus lados quero mesmo repor os números de leituras normais e aproveitar para dar uma leitura nos pequeninos lá de casa.
Alguém me recomenda por onde começar?

Pilha Cerebral: "Aquisições de Fevereiro"






Em Fevereiro comprei novamente 5 livros! O que significa que em dois meses já comprei 10 livros ☹ Falta aqui um na foto mas como este só deve chegar para meio de Março, não quis estar à espera para esta foto. Além disso, estou a contar com que Março seja um mês fraco em aquisições (apesar de já ter comprado um livro hoje...ups), portanto o livro que falta fica para a foto de Março.

Já falei de dois livros aqui, o "My lady Jane" e "Happily Ever After". Os outros dois são young adults contemporâneos que já queria há algum tempo e apanhei-os a bom preço usados. 

Curiosidades: O mais caro foi 13€ e o mais barato foi 1€! 


Já leram ou querem ler algum?

28 de fevereiro de 2017

Origem: "Veneno Fatal" de Dorothy L. Sayers



Muito pensativa.. 

zoomElisabeth Ansley VINTAGE WOMAN IN ANTIQUE CHAIR Women

Opinião Fantástica/Young Adult: "A Maldição do Vencedor" de Marie Rutkoski






Amado por muitos "A Maldição do vencedor" é um livro que vem sofrido de um hype contínuo desde que foi lançado lá fora, em 2014.

Não sabia quase nada deste livro, sabia que era um YA histórico e pouco mais. Aliás o próprio título engana...a maldição não era de todo o que eu esperava e por vencedor pensava que ia haver algum jogo ou torneio no livro mas nada disso, quer dizer até há um jogo, de poder e conquista, jogado por duas equipas e com dois líderes diferentes...mas iguais um ao outro.
30843039
Estas duas personagens principais são Kestrel, filha de um general de Valória, um povo que conquistou as terras e o povo Herrani. tornando-os seus escravos. E é aqui que iremos conhecer Arin, comprado por Kestrel, num leilão de escravos da cidade.
É raro eu ler fantasia, simplesmente porque gosto de ler mais livros contemporâneos, com locais que eu consiga me identificar (embora eu leia só livros passado no estrangeiro em países em que nunca fui), mas a mim como leitora, apela-me mais viajar para sítios que um dia talvez consiga conhecer, do que mundos épicos que são totalmente fictícios.

Já tinha lido muito boas opiniões sobre este livro e decidi arriscar e comprar a trilogia inteira e ainda bem que o fiz, pois gostei bastante desta obra de Marie Rutkoski! Confesso que das primeiras coisas que me surpreendeu foi o livro ler-se tão bem. Li-o em poucos dias e quando digo que lê-se bem é nem dar pelas páginas passar, e quando vemos já estamos a pouco do final. Já-me disseram que o segundo já não é assim, vamos ver.

Adorei os dois protagonistas e gostei imenso que não houvesse aquela romance ardente logo do início. Aliás de ardente...só se for na personalidade da Kestrel, porque o romance é bem light e é mais amizade ainda do que propriamente amor. O Arin não me deslumbrou, mas acho que ainda me vai surpreender. Gostei da Kestrel e dos estratagemas dela. Vê-se que é esperta, até quando as coisas não estão a seu favor. Gostei imenso da ligação da música à história e espero que seja um tema recorrente ao longo da trilogia. Acaba por aliviar a tensão das políticas no livro. 
Quero ler o segundo livro já em Março e depois talvez o terceiro em Abril, embora esse seja um volume grande. 

Se não costumam ler este género mas têm curiosidade, arrisquem que são capazes de gostar! 


Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai.
Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo — por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade.
Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara. 

 

26 de fevereiro de 2017

Pausa para Chocolates: "Ninfas" de Sari Luhtanen



A pausa continua mas desta vez acho que me vou arrepender. Do pouco que li já tenho muitas linhas de coisas negativas.
Romance feminino intenso com uma nova abordagem, onde combina vários elementos; amor e mistério. Uma nova temática que se destaca.
Uma história de amor emocionante, onde as escolhas determinam a forma de viver a realidade.
Com uma linguagem envolvente, o livro oferece-nos vários tipos de elementos - paixão, mistério, luta pela sobrevivência, crise de identidade e duelos entre os grupos de ninfas e sátiros.

24 de fevereiro de 2017

Primeiras Impressões: "A minha vida em série" de Paula Pimenta






Para além dos livros, outro grande vício são as séries. Sou completamente viciada em séries e embora tenha estado uns tempos ausente deste mundo, o bichinho voltou em força há uns meses e tenho regressado a este mundo. 

Já vi dezenas de séries na minha vida, nas férias de verão do secundário era capaz de ver temporadas de 20 episódios em dia e meio, hoje já não tenho esse tempo mas vou vendo algumas.

Mas o que é que isto tem a ver com estes livros? 
Decidi que ia ler estes dois livros em Março e quando abro um deles, vejo que o início dos capítulos começa com uma frase de alguma série que depois se relaciona com o que acontece no capítulo e até pode ser um spoiler para o que vai acontecer! 





Achei mesmo engraçado este pormenor e já estou mesmo  ver que algumas das séries citadas vão para a lista de "a ver no momento!" 

Encontra as Diferenças: "The Witches of Santa Anna" e "Forbidden"



 Mais um EAD só para vocês.

23 de fevereiro de 2017

A Sair do Forno: "O Leitor do Comboio" de Jean-Paul DidierLaurent

Foto de Crónicas de uma Leitora.

Em Março o Clube do Autor publica o muito elogiado romance de Jean-Paul Didierlaurent O leitor do comboio, um romance de estreia cujos direitos de publicação já foram vendidos para mais de 30 países.
O leitor do comboio é um livro sobre o amor pelos livros, uma história sobre vidas comuns tocadas pela força do amor e da literatura.
Guylain, o protagonista do livro, é um homem aparentemente simples, uma criatura de hábitos: faz sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários. O comboio das 6h27, as pessoas que partilham a mesma carruagem, as paisagens que marcam o caminho, a leitura em voz alta, a rotina de volta da máquina de abate de livros, as folhas (sempre duas, arrancadas dos livros condenados), o peixe no aquário no seu regresso a casa. Um homem apaixonado pelas pequenas coisas, uma rotina com algo de Amelie Poulain, e um certo charme nessa simplicidade.


Até que dois acontecimentos inesperados alteram completamente o sentido da sua vida.


Sai dia 9!  

Doce do Momento: "Spud" de John Van de Ruit



701937



Estou a participar num projecto do World Book Tour que consiste em ler livros de autores cuja nacionalidade seja for dos habituais britânicos/americanos.

Este mês o país é a África do Sul e portanto escolhi este livro que passa-se em 1990, dias após Nelson Mandela ter saído da prisão. Spud, de 13 anos, está prestes a ir morar num colégio interno e começa a questionar-se sobre a situação política e social do seu país.

Sei que há um filme mas nunca vi. Talvez veja depois de ler o livro. 

Primeiras Impressões: "A Guerra da Duquesa" de Courtney Milan



Sinceramente a capa cativou me mais que a sinopse. A sinopse só mostra personagens pouco misteriosos e na minha opinião só escapa o passado de Miss Minerva Lane.
Mesmo da capa só gosto mesmo do vestido, mas como não leio um romance histórico há muito tempo e surgiu esta oportunidade de empréstimo resolvi aproveitar.
Miss Minerva Lane é calada e discreta, talvez até banal. Mas nem sempre foi assim. Da última vez que esteve no centro das atenções, a sua reputação ficou irremediavelmente manchada. Daí o novo nome e a nova identidade, duas máscaras que terá de ostentar para sempre. E, quando, numa festa, se esconde atrás do sofá da biblioteca, quer tudo menos dar de caras com... um magnífico duque!
Mas lá está ele, escondido atrás das cortinas...
Robert Blaisdell, duque de Clermont, também sente necessidade de se esconder. Embora batalhe diariamente para corrigir os erros do seu abominável pai, as comparações com ele são inevitáveis... Pode não o mostrar, mas vive consumido pela frustração e a culpa. Não tem paciência para jogos de sedução. Mas partilhar um esconderijo com Minnie é inesperadamente excitante. Por baixo da aparência apagada, o olhar da jovem é indomável... e se há algo a que Robert não resiste é um bom enigma.
Juntos, vão enfrentar os seus medos, aprender a perdoar e ultrapassar as suas limitações. E perceber que, acima de tudo, precisam de amor nas suas vidas...

Pausa para Chocolates: "Enrolados" de Emma Chase



O primeiro foi tão bom como da primeira vez que o li, espero que este não desiluda!
O de Kate Morton continua em pausa visto que estes se lêem muito mais facilmente.
Ela é linda e ambiciosa. Ele é atraente e convencido. Juntos formam um par incrível. Mas algo inesperado vai deixá-los enrolados em mal-entendidos sem fim!
Katherine Brooks sempre foi metódica e cautelosa. Até ao dia em que conheceu Drew Evans, o seu atual namorado, um homem persistente e muito seguro de si.Juntos formam um casal ambicioso, dedicado às suas carreiras, mas que nunca perde uma oportunidade para desfrutar das delícias da vida a dois. Até que surge um contratempo que abala a relação, e o conto de fadas transforma-se numa crise conjugal.
Ela muda-se para casa da mãe, e ele faz tudo, mas mesmo tudo, para a esquecer… Poderá uma série de mal-entendidos pôr fim ao romance mais tórrido de sempre?
Enrolados é a tão esperada continuação de Envolvidos, que segue a história sexy e hilariante de um casal que vive enredado nos sobressaltos e nas peripécias do amor.

Origem: "On the Fence" de Kasie West



Não foi preciso mexer em nada! 

Resultado de imagem para on the fence kasie west epubElisabeth Ansley YOUNG COUPLE EMBRACING ON BRIDGE Couples

22 de fevereiro de 2017

Pausa para Chocolates: "Envolvidos" de Emma Chase



Terminado o anterior vamos lá reler este para ler o segundo volume.
Ele é rico, incrivelmente atraente e arrogante.
Ela é fantástica, lindíssima e ambiciosa. Irão chocar um com o outro ou acabar envolvidos? Drew Evans trabalha diariamente em negócios de milhões e seduz todas as mulheres de Nova Iorque com um único sorriso. Se a vida lhe corre tão bem, então porque é que está fechado em casa há sete dias, a sentir-se miserável e deprimido? Ele vai dizer a toda a gente que está com gripe, mas a verdade não é bem essa.
Quando Katherine Brooks é contratada para trabalhar com Drew no banco de investimento do pai, a sua vida de playboy, habituado a ter tudo o que quer, dá uma volta de 180º. A competição profissional a que ela o sujeita irrita-o, a atracção que sente por ela é perturbadora e a sua aparente inabilidade para conquistá-la é exasperante. Seja como for, Drew tem uma única regra inquebrável na sua vida: não se envolver com colegas de trabalho.
Mas será que Drew vai ser capaz de resistir a Kate? E como é que uma única mulher pode transformar o mais sedutor e bem-sucedido dos Don Juans num pobre homem desesperado?

Doce do Momento: "Evan - Negócios de Prazer" de Charlene Sands



A continuar o vício.
O que era mais forte, a sede de vingança ou o desejo que sentia por ela? O empresário hoteleiro e multimilionário Evan Tyler não se ia deter perante nada até conseguir vingar-se. Por isso, quando surgiu a oportunidade de seduzir Helena Royal, filha do seu principal concorrente, Evan não pensou duas vezes. Seduzindo-a, não só ia sacar-lhe todos os segredos familiares, como também ia desfrutar ao máximo de cada segundo com ela. Contudo, quando a aventura chegou ao fim, Evan viu-se obrigado a escolher entre a vingança e o prazer. Será que ia encontrar forma de conseguir ambas as coisas?

Primeiras Impressões: "Evan - Negócios de Prazer" de Charlene Sands



Este menino saiu no dia 15 e quando ia a passar tive que o comprar.
É um livro de bolso, muito magro e de letras muito gordas, portanto já espero algo do género de um conto. Comprei-o por 3,60€ mas na Harlequin online está em promoção.
A sinopse conta uma história que deve estar cheia de clichés mas de facto nunca li com a vingança.
O que era mais forte, a sede de vingança ou o desejo que sentia por ela? O empresário hoteleiro e multimilionário Evan Tyler não se ia deter perante nada até conseguir vingar-se. Por isso, quando surgiu a oportunidade de seduzir Helena Royal, filha do seu principal concorrente, Evan não pensou duas vezes. Seduzindo-a, não só ia sacar-lhe todos os segredos familiares, como também ia desfrutar ao máximo de cada segundo com ela. Contudo, quando a aventura chegou ao fim, Evan viu-se obrigado a escolher entre a vingança e o prazer. Será que ia encontrar forma de conseguir ambas as coisas?

21 de fevereiro de 2017

A Sair do Forno: "A Desaparecida" de Elizabeth Adler


Foto de Crónicas de uma Leitora.


Sai em Março!

Tudo começou numa festa. Terminou com um crime, uma mulher desaparecida... e uma promessa de vingança!
Ao entardecer, na belíssima paisagem do Mar Egeu, uma mulher de cabelos ruivos cai da amurada de um iate de luxo. Em terra, o pintor Marco Polo Mahoney vê a queda, percebe que a jovem está ferida e assiste, perplexo, à embarcação a afastar-se deliberadamente. Marco tenta imediatamente salvá-la mas não a consegue encontrar. É como se a bela ruiva nunca tivesse existido. Mas ele tem a certeza do que viu. E está disposto a tudo para resolver o mistério.
Angie Morse acabou de ser atingida na cabeça com uma garrafa de champanhe. Caiu no mar, ferida, e os seus companheiros parecem estar a abandoná-la. O iate onde ela seguia está a afastar-se, levando consigo os supostos amigos e o namorado. E, embora cada um deles tivesse algo contra si, Angie estava longe de imaginar que quisessem vê-la morta. Agora, enquanto as ondas a tentam submergir, invade-a um sentimento apenas: raiva.
É a raiva que lhe vai dar forças para sobreviver... e também para se vingar...


Sai dia 21!  

A (Re)Sair do Forno: "Um momento inesquecível" de Nicholas Sparks



Foto de Crónicas de uma Leitora.


Em abril, quando o vento sopra do mar e traz consigo o aroma dos lilases, a memória de Landon Carter desperta para os momentos agridoces que viveu em 1958. Foi nesse ano que conheceu a bela Jamie Sullivan. Ao contrário dele, que era o rapaz mais popular da escola, Jamie era recatada e tímida, preferindo viver no seu próprio mundo, longe das aventuras e dramatismos da adolescência.
O jovem e estouvado Landon nunca teria olhado duas vezes para a insípida jovem, não fosse o Destino juntá-los da forma mais inesperada. E aquela rapariga que parece tão banal tem tanto para lhe ensinar… Com Jamie, Landon vai conhecer os recantos mais profundos do coração humano, e embarcar numa viagem de alegria, amor e perda.
Foi nesse momento que Landon se tornou homem.
Esse será, para sempre, um momento inesquecível.
Inspirado pela vida e a coragem da irmã de Nicholas Sparks, Um Momento Inesquecível foi, até à data, o livro que o autor mais gostou de escrever. Foi também o único que o fez chorar enquanto o fazia.


Sai dia 21 de Março  

Encontra as Diferenças: "A Reliable Wife" e "Dark Road to Darjeeling"



A mesma imagem, um pouco diferentes, mas qual gostam mais?

Opinião Contemporânea: "Um Homem chamado Ove" de Fredrik Backman




Já há algum tempo que queria ler este livro mas foi só depois de saber que a sua adaptação cinematográfica sueca tinha sido nomeada para melhor filme estrangeiro, que realmente fiquei entusiasmada com o argumento original e passei o livro à frente de outros.

30140990À primeira vista podemos dizer que Ove é um homem rezingão, rabugento que só sabe dizer mal de tudo e de todos. Isto é tudo verdade mas Ove também é uma pessoa céptica, o que o torna hilariante e cómico! 

Podemos dizer que "Um homem chamado Ove" é como uma cebola.  Começamos muito bem mas há medida que vamos avançando em camadas, o livro torna-se mais difícil e se forem como eu, vão acabar por eventualmente chorar. 

Há livros em que a estória faz o livro e depois há livros em que a personagem faz a estória. Este é sem dúvida um desses casos. Até podíamos dizer que é um livro com uma só personagem mas tal não é verdade. Ao longo destas páginas vamos conhecendo outras personagens igualmente interessantes e até temos a presença de um gato durante todo o livro. Gostei bastante da multiculturalidade que foi apresentada no livro, muito bem adequada ao tipo de pessoa que o Ove era,embora ele nunca se mostrasse racista, apenas céptico aos costumes de outros países. 

É também engraçado como Ove nunca consegue concretizar o seu objectivo, é sempre interrompido por algo e apesar de se mostrar uma pessoa difícil, as pessoas não querem saber disso e sabem que no fundo ele sente-se apenas sozinho. Tal como Ove conquistou tudo e todos, também me conquistou a mim. No fim é impossível não sentir ternura por esta personagem.

Ainda não tive oportunidade de ver o filme mas certamente que o farei em breve! Espero que a Editorial Presença publique mais livros deste autor! São sem dúvida bem-vindos! 


À primeira vista, Ove é o homem mais rabugento do mundo. Sempre foi assim, mas piorou desde a morte da mulher, que ele adorava. Agora que foi despedido, Ove decide suicidar-se. Mal sabe ele as peripécias em que se vai meter. Um jovem casal recém-chegado destrói-lhe a caixa de correio, o seu amigo mais antigo está prestes a ser internado a contragosto num lar, e um gato vadio dá-se a conhecer. 
Ove vê-se obrigado a adiar o fim para ajudar a resolver, muito contrariado, uma série de pequenas e grandes crises. Este livro simultaneamente hilariante e encantador fala-nos de amizades inesperadas e do impacto profundo que podemos ter na vida dos outros.