13 de agosto de 2016

Opinião Young Adult: "Nerve: Alto Risco" de Jeanne Ryan




O filme estreou esta semana e a opnião do livro já cá canta.

"Nerve:Alto Risco" chega a Portugal com a capa do filme e tudo mas nem me importo pois pelo menos assemelha-se ao que acontece no livro embora seja muito básica.

Publicado já há uns aninhos mas só agora a conhecer o sucesso devido à adaptação cinematográfica este livro young adult até tem uma premissa interessante. Pegar no tradicional jogo de Verdade ou Consequência e transformá-lo numa aplicação online onde podemos assistir ou jogar e ganhar alguns prémios. Vee é uma protagonista normal, não é aquela personagem cliché que é tímida e esconde-se do mundo mas também não é a mais popular da escola. É certinha mas tem uns deslizes de vez em quando e o seu maior erro vai ser entrar no "Nerve" o jogo online que vai mudar-lhe a vida.

Nerve - Alto RiscoO melhor do livro é a forma como aborda a condição humana no momento em que somos postos à prova. O livro tem uma carga psicológica forte e mostra como conseguimos ser bem manipulados pelos outros em troca de apenas objectos materiais. É o que acontece à Vee, que começa o livro com um pensamento sobre o Nerve mas a partir do momento que sabe alguns dos prémios que pode ganhar decide participar em desafios inocentes. A sede de ganhar cada vez mais prémios faz com que entre numa corrida quase mortal. Eu gostei da Vee mas mostrou-se um pouco inconsistente com os seus pensamentos e acções, ela não se decidia se queria ou não participar no Nerve, estando numa página a criticar quem participava para no capítulo seguinte estar disposta a tudo para ganhar. Era um pouco hipócrita mas ao mesmo tempo mostrava como realmente não vemos meios par atingir fins. O livro tem alguma violência e bastantes personagens sem escrúpulos par conseguir os seus objectivos mesmo que tenha de se trabalhar em equipa.
Quanto ao Ian confesso que passou-me um pouco ao lado mas de certeza que irei gostar mais dele no filme se é que me entendem. ;) 

É um livro que se lê bem mas que penso que resulte melhor em filme, eu já vi o trailer e parece-me mais ou menos bem adaptado se bem que com algumas diferenças. Só não dei as 4 estrelas porque achei o final pouco satisfatório e sem grandes implicações para quem andou a brinca com a vida dos outros.
Um livro bem actual, em plena era dos social media e que nos mostra que muitas vezes a fama pode ser o pior que nos acontece.

Quando Vee participa no NERVE, um jogo online de desafios transmitido em direto, descobre que quem controla a competição parece saber tudo acerca dela. Oferecem-lhe os prémios que mais deseja e escolhem para a sua equipa Ian, um rapaz com quem qualquer rapariga do secundário sonharia. Nestas condições, é quase impossível resistir.
Vee aceita a primeira consequência. E depois outra. E outra. Se ao princípio o jogo parece emocionante (os fãs aplaudem e incitam-nos a ultrapassar desafios arriscados com apostas cada vez mais altas), aos poucos revela-se uma armadilha. Vee e Ian têm de decidir se arriscam a vida para o Grande Prémio ou se deitam tudo a perder. Será o jogo letal?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!