15 de junho de 2016

Primeiras Impressões: "A Imperatriz da Rússia" de Eva Stachniak



E aqui está o segundo volume da colecção Catherine. Este foi comprado primeiro, mas aqui o segundo sentido do Algodão Doce para o Cérebro disse-me a mim e à Mafi que era melhor comprar o outro livrinho.
A capa Alemã é uma mistura desta com a primeira capa:

Achei engraçado mostrar-vos.
Em relação ao resto é muito semelhante ao primeiro volume e ainda bem. Ficam muito bem os dois ali na minha estante eheh.
Escrito numa prosa intensamente lírica e repleta de detalhes vibrantes, A Imperatriz da Rússia é um romance intimista sobre uma mulher aos comandos do seu destino - Catarina, a Grande -, obrigada a navegar pelos triunfos, dores e esperanças da sua alma e de toda uma nação. Desde a sua extraordinária ascensão ao trono até ao domínio pleno sobre um dos maiores impérios da História, passando pelos relacionamentos românticos e os sacrifícios que fizeram dela a mulher mais temida e autoritária da sua época, A Imperatriz da Rússia relata a incansável batalha entre o amor e o poder de Catarina, a Grande, no país que ela conduziu ao glorioso novo século. Durante toda a sua vida, Catarina realizou mais proezas do que qualquer outra mulher na história. Ergueu e fez prosperar o império Romanov, acumulou uma imensa fortuna em arte e em terras, controlou com mão de ferro uma corte cheia de vícios e fez vergar uma legião de inimigos que acabou por se ajoelhar perante si. 
E antes do seu último suspiro, ensombrado pela sangrenta Revolução Francesa, Catarina, a Grande desenhou o desfecho do jogo com a sua última cartada política, assegurando a sua sucessão e a maior glória da Rússia.

1 comentário:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!