11 de março de 2016

Opinião Contemporânea: "Casamento por Conveniência" de Jennifer Probst



- alguns spoilers -

Adorei adorei e adorei. E como disse no Goodreads, o único defeito deste romance é não ser maior, mas deixo aqui a dica à mesma.
A capa tinha-me chamado a atenção e quando a minha nova parceira de leitura, viciada como nós, o comprou e o leu num dia eu tive que lho pedir emprestado e devorá-lo. Venham mais destes!
Felizmente já encontrei o próximo e logo que possa vou pegar nele.
Casamento de Conveniência foi a minha primeira vez com a escrita de Jennifer Probst. Nada a reclamar! As personagens são muitos completas, com bom coração e muito sentido de humor. Sem dúvida que o riso é o principal ingrediente deste romance, apesar de toda a história por detrás ser triste. Também temos o ambiente e personagens familiares que não servem nada de palha e que completam e desafiam sim a história do casal.
Alexandria McKenzie faz um óptimo par amoroso com Nick, mas a sua parceira de crime não fica atrás. O inicio assim o demonstra.
Adorei a descrição do momento em que Nicholas Ryan vai a casa dos pseudo-sogros. Esse beijo foi muito bom e exemplo de uma descrição muito sexy de um momento tão simples.
Mais uma vez, e a sorte deve ser porque ando nesta onda deste tipo de romances, a história presente é sobre homem rico e mulher pobre e amor para todo o sempre. A-D-O-R-O. Podemos fantasiar à vontade, podemos ficar chateadas pela arrogância do homem e solidárias com a luta e sofrimento da mulher, mas sem exagero.
Aqui a personagem feminina esteve muito bem pois guardou o seu segredo até ao fim. A autora soube gerir bem o mistério (que nós sabemos mas Nick não) e não o mostrar muito cedo, pelo contrário, a maneira como foi descoberto foi muito subtil e indirectamente.
É um romance recheado de sex-appeal, muito sensual, cheio de promessas de cenas mais quentes e que depois não nos desilude.
Também achei esta relação muito semelhante às que tenho lido de Abbi Glines (devo andar mesmo obcecada), apesar desta última ter queda para young-adult e new-adult, pois o sentimento de protecção da parte dele para ela, a fuga dela e o apoio da amiga, a procura dele por ela e as desculpas e conquistas que vêem de pois, são cenas constantes e presentes em todos os romances que li destas autoras. Juntamente com os plots de melhores amigos-que-de-repente-se-apaixonam, este tipo de história passou a ser das minhas preferidas já que já percebi que não me desilude nem um pouco e que apesar da história base ser sempre esta eu leio e leio e leio e não me canso. Pelo contrário, se lhe faltar um destes elementos já não gosto tanto, como me aconteceu em Breathe de Abbi Glines.
A questão do casamento arranjado e do acordo entre eles também não é novidade, mas mesmo os clichés conseguem ser viciantes, porque o que nos interessa são as personagens que vivem esta história e o valor está na maneira como a escritora a desenvolve.
Adorei a pontada no coração que me deu quando chegou a parte da noticia da gravidez. Não adorei a sensação, mas o facto de lermos e nos sentirmos tristes, excitadas ou solidárias com o momento só prova no quão boa a escrita e até a história é.

Um compromisso por interesse chamado de 'casamento'...Desesperada por dinheiro para salvar a casa de sua família, a impulsiva Alexandria McKenzie se entrega a uma última e inusitada tentativa - faz uma simpatia de amor para encontrar um marido. Um marido rico, de preferência. Nicholas Ryan não acredita em amor eterno, casamento e família. No entanto, para que possa herdar as acções de seu tio e se tornar sócio-maioritário da empresa da família, ele deveria atender a um único requisito do testamento - casar-se e manter-se casado por pelo menos um ano. Nick e Alexa possuem muito pouco em comum, apenas o fato de Alexa ser a melhor amiga da irmã de Nick. Mas, movidos por seus interesses, os dois decidem se unir. Um acordo nupcial simples, sem paixão e sem complicações. Esse será o combinado por um ano. Mas a convivência será capaz de fazer nascer algum sentimento entre eles?

2 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!