12 de setembro de 2014

Compilações: "Dentro e fora da cama" de Megan Hart e "Enrolados" de Emma Chase


Uma estreia e a continuação de uma série são os destaques de hoje no Compilações!

Dentro e fora da camaDizer que esta leitura de Megan Hart foi uma surpresa é pouco. Acho que foi uma verdadeira descoberta. Uma descoberta dentro de um género que leio há imenso tempo mas que Hart conseguiu sem dúvida refrescar. O erótico tem sido bastante popularizado nos últimos anos, após a febre das "Sombras" e a partir daí começaram a nascer livros como cogumelos mostrando um erótico vulgar, com pouca história e muita acção. Hart apresenta-se com uma lufada de ar fresco, onde a história equilibra todo o conteúdo sexual do livro. A escrita é matura e a densidade do argumento é algo de louvável. 

Fiquei muito bem impressionada com o que li. É de louvar uma autora escrever erotismo sem dar a perceber que aquilo são as suas fantasias sexuais, como parece em outros livros do género. É também de dar os parabéns à Harlequin por ter apostado nesta autora. Infelizmente a editora sofre de um preconceito literários e muitos leitores deixam passar bons livros, e este é um dos casos. "Dentro e fora da cama" surpreende os leitores mais cépticos, pelos temas abordados. A parte psicológica da Elle foi algo que me agradou bastante e foi bom ver e reflectir sobre o seu estado emocional e como tudo se transpunha para a sua vida sexual. Acreditem que a capa e o título enganam e o seu interior -principalmente a construção das personagens principais e secundárias -vale bem a pena uma leitura. 

Após uma leitura muito aprazível do primeiro livro, editado em Portugal pela Topseller, parti para o 2º com expectativas moderadas, não queria entusiasmar-me muito, pois já tinha lido alguns pontos negativos sobre este 2º livro.
Ao contrário do 1º, aqui temos o POV da personagem principal feminina, a Kate. O leitor já conhece bem a personagem, esta foi bem caracterizada no primeiro livro e portanto logo ao início, ao lermos o passado desta, ficamos um pouco surpreendidos, pois não imaginávamos esta personagem a fazer algo assim. Foi uma boa adição à personagem da Kate mas não era algo obrigatório, apenas serviu como curiosidade da sua vida antiga e gostei de ler. A trama em si começa umas páginas à frente e se no primeiro livro tínhamos tido um tom mais cómico e descontraído, aqui não há muito que nos puxe a gargalhada. A autora seguiu por um caminho mais sério e mais dramático, totalmente o oposto do "Envolvidos" e gostei bastante do que li! Confesso que se este livro também fosse mais divertido, a série acabaria por se tornar palhaça demais e por isso gostei do dramatismo neste segundo volume para contrabalançar as risadas do 1º livro. Num tom mais sério, Emma Chase continua a surpreender o leitor. É incrível como a escrita fluída não retira nada à seriedade da história. Irei certamente acompanhar as próximas aventuras do Drew e da Kate mas não sei se irei ler o 3º livro, porque ao contrário destes dois primeiros, centra-se em outras personagens que, por mais que goste delas, não tenho particular interesse em ler pela primeira pessoa a sua história. O 4º livro volta ao Drew, e parece-me que é nesse volume que irei voltar à série "Tangled". 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!