27 de julho de 2013

Opinião Histórica: "Paixão Sublime" de Lisa Kleypas



Opinião do 2º livro.

De todos os livros históricos que já li, "Paixão Sublime" passou para o top de romances históricos preferidos! 

Com um herói malvado mas que no fundo é incompreendido e um doce de manteiga e uma heroína gaga mas corajosa, Evie e Sebastian consagram-se com um dos casais mais carismáticos do romance.a

Mais que um romance histórico, Lisa Kleypas mostra realmente como os opostos atraem-se e como o amor realmente pode transformar um pessoa. No livro anterior "Desejo Subtil" tinhamos visto o pior de St. Vincent, o seu lado vil a vir ao de cima, em prol de conquistar o seu objectivo. Neste 3º livro, Evie consegue trazer ao de cima o carácter de bondade, atenção e lealdade que Sebastian tendia a esconder. Mesmo ainda mostrando um sarcasmo e desonestidade que lhe vão ser sempre características, aqui ele usa-as com as suas melhores intenções e com um propósito: casar com Evie e ter algum dinheiro que lhe salve da ruína.

Paixão SublimeO que mais gosto nesta série em geral, mas especialmente nos livros da Lisa Kleypas (sendo este já o 4º livro que leio dela) é que a autor envereda pelos caminhos  não convencionais a que eu, como leitora e amante de romance histórico, estou habituada a ler. Aqui há condes, marqueses e duques mas estes mostram mais do que simplesmente banquetes e festas de salão. Adorei todo o enredo da casa de jogo do pai da Evie e como Sebastian tomou controlo do estabelecimento, gerindo-o com uma mão de ferro. Mostrou não só algumas das suas qualidades, como retratou algo que era muito comum naquela época: o jogo e a vida nocturna. Kleypas é sem dúvida uma autora que sabe introduzir um contexto histórico para além das descrições de paisagens e vestidos, que habitualmente encontra-se nos restantes romances de época.

A par do enquadramento bem feito, obviamente não poderia deixar de mencionar o romance entre Evie e St. Vincent, um dos mais bonitos que já li. Não só vemos a relação dos dois crescer para um amor honesto e verdadeiro, que ao princípio era difícil de acreditar, como as próprias personagens evoluem imenso. Evie deixa de se esconder atrás da sua gaguez e da sua concha de timidez e revela-se como um autêntica mulher que luta em defender não só o nome do seu pai, como todos aqueles que lhe rodeiam, como é o caso de Cam. Adorei a lealdade e amizade que demonstra com este e espero ler mais sobre a personagem, futuramente. Sebastian, como já referi anteriormente, acaba por nunca conseguir livrar-se do seu sarcasmo habitual mas demonstra que não é um coração gelado como todos lhe chamavam, deixando-se encantar pela doce Evie. As cenas de amor, para além de serem bem descritas e ardentes, denotam a excelente química entre as duas personagens. 

"Paixão Sublime" define o conceito deste blog. Um verdadeiro bálsamo para o meu cérebro, que me deixou a suspirar por mais e de olhos a brilhar. Adorei. 



The Devil in Winter (Wallflower Series)Título Original: The devil in winter
Edição: Junho 2013
ISBN: 9789897450082

2 comentários:

  1. Não conhecia a capa original, não tem muito a ver mas é muito gira

    ResponderEliminar
  2. Completando meu comentário acima (agora que já li o livro), posso dizer que não me entusiasmou tanto como a ti. Não sei se foi por ter feito uma pausa de Lisa tão longa mas apesar de ter gostado não foi o meu preferido dos 3.
    De qualquer forma também gostei muito da questão da casa de jogo, da amizade de Sebastian e Westcliff, etc. Tem muitos pontos positivos.

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!