11 de junho de 2013

Opinião Contemporânea: "O Outro Amor da Vida Dele" de Dorothy Koomson


Nas primeiras páginas das obras de Dorothy Koomson devia haver uma aviso do género: "Cuidado, nas páginas seguintes encontra-se grande quantidade de empatia para com as personagens". É o ponto mais forte e o que sozinho chegaria para gostarmos dos livros dela, porque só com este dom que a autora tem e mantém conseguimos ligar-nos tanto à história como aos que a compões.

Voltar a ler algo de uma autora que nós sempre adorámos é como chegar a casa depois de um dia de trabalho. É aquela sensação de reconhecimento e conforto. Aquela certeza que temos e que nos faz relaxar porque o que vamos ler vai ser quase de certeza algo do nosso agrado.
Foi assim que me senti ao ler este livro. Dorothy Koomson tem aquele dom para este tipo de livros, mais dramáticos, mais secretos.

O Outro Amor da Vida Dele é mais um daqueles livros em que no mínimo nos descabelamos de raiva e irritação e no máximo gastamos uma caixa de lenços.

Adorei a história de Eve, principalmente pela temática em que se centra. O que lhe acontece é algo que me toca sempre e me sensibiliza ao máximo. Em termos de personalidade, achei-a demasiado boa para o namorado, demasiado boa para Jack. O mesmo acontece com Libby, mas esta é uma personagem feminina mais independente, apesar dos seus ataques de pânico, os quais compreendo perfeitamente porque também já os tive (em menor dose felizmente).

É com este sentimento de empatia e de nos vermos nas atitudes, na vida ou nas personagens que a autora nos consegue agarrar com unhas e dentes e fazer-nos adorar e desejar gostar ainda mais de cada livro.

Outro aspecto que também gosto é o mistério. O segredo sempre presente que desconhecemos no inicio, desconfiamos no meio e descobrimos só na última página. Neste caso, desconfiei de Hector, desconfiei de Harriet e finalmente foi-me revelado o responsável. Não fiquei surpreendida com a revelação, mas fiquei-o com os últimos acontecimentos, que me satisfizeram substancialmente, apesar de que se fosse eu a lá estar o que lhe aconteceu era o mínimo dos mínimos que lhe fazia!

Para terminar e não posso deixar passar a ocasião, gostei particularmente de me encontrar, literalmente, duas vezes durante esta leitura. Um gigante obrigada a uma das minhas escritoras preferidas. Thank You Dorothy!

Sinopse no Doce do Momento.

Título Original - The Women He Loved Before
Edição - Abril 2012
ISBN - 9789720043443


1 comentário:

  1. Também gostei! É um óptimo livro, esta mulher não falha nem uma!

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!