18 de março de 2013

Opinião Contemporânea: "Resistir ao Amor" de Jill Mansell


Macroscopicamente, ou seja, externamente, a capa e a sinopse foram bastante atractivas para a compra do respectivo livro. Tanto as cores atractivas, o rosto da modelo, as folhas num plano aparentemente mais aproximado, contribuiram juntamento com a adaptação de um romance histórico e eterno para o adquirir.
Microscopicamente, ou seja, a nível de história, escrita e personagens, devo afirmar que houve um pouco de desilusão, principalmente relativamente à história, desenvolvimento das personagens e descrição de cenas. No geral, todo o livro retrata uma pequena cidade (vila?) onde vivem e visitam várias personagens, incluindo vários casais. O que na minha opinião falhou, foi que a autora desenvolveu demasiado as personagens secundárias, tornando-as quase principais (ou principais cada uma à sua maneira) e desvalorizou as personagens referidas na sinopse (já não lhes chamo principais, pois defendo que perderam esse estatuto no fim do primeiro terço do livro).
Para romance, auto-denominado por ser ao estilo de Romeu e Julieta, o fim foi muito incompleto e sem qualquer surpresa, já que os três ultimos capitulos sao indicativos do que se irá suceder.
A nível das cenas, acção por assim dizer, Jill Mansell poderia ter desenvolvido muito mais, já que por vezes muita coisa acontece numa só pagina, impossibilitando o leitor de se inteirar e emocionar com o que se passa (que esta a ler).
Em relação às personagens, mais pormenorizadamente, gostei da personalidade de todas. Mesmo as que têm algo mau e que nos irrita faz com que nos agarremos mais à historia e a sigamos com mais intensidade. A relação entre elas, nao so entre casais também está bastante bem conseguida - principalmente, a de Marcella com os seus enteados e a relação entre Sophia e Tiff.
A atitude da vilã, no final (nao vou dizer qual é claro), tornou-se um pouco incompreensivel para mim, já que a escritora criou um final feliz para todas as outras, mas para esta, que nos faz odiá-la desde que a conhecemos apesar da situação dela, não houve qualquer fim, nunca chegamos a saber o que de facto lhe aconteceu. Claro que todos lhe vamos desejar o mesmo!
Em relação à escrita está muito simples, mais dirigida para a faixa etária mais jovem.
De qualquer das formas, no final o saldo foi positivo, mas será um livro que nunca irei reler.

Enquanto adolescente, Maddy Harvey era um patinho feio com óculos grandes, cabelo despenteado e dentes tortos. Felizmente cresceu e tornou-se num deslumbrante cisne. Quando numa noite de verão conhece o irresistível Kerr McKinnon, pensa que está no Céu. Mas uns dias depois, quando descobre a que família ele pertence, tem a certeza que está no Inferno. É que toda a gente em Ashcombe sabe o que aconteceu há onze anos, e a mãe de Maddy prefere destruir todos os McKinnon com as próprias mãos a permitir que a filha namore com um deles. Maddy sabe que deve resistir ao amor, mas que culpa tem ela que o seu príncipe encantado seja um fantasma do passado?
A história de Romeu e Julieta renasce com o charme e o delicioso sentido de humor que só Jill Mansell possui.

Falling for YouTítulo Original - Falling for You
Edição - 2010
ISBN - 9789898032843

2 comentários:

  1. Olá! Concordo com algumas das críticas que fizeste ao livro, mas opá, apesar delas, eu gosto tanto deste livro! Foi o primeiro que li da Jill Mansell, e o único que comprei (foi um impulso!) e gostei tanto, tanto, que até já reli... Gostos! xD
    Beijinho

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!