23 de janeiro de 2013

Opinião Erótica: "Porque és minha" de Beth Kery



Estão a ver o Christian Grey de As Cinquenta Sombras de Grey estão? E estão a ver a Eva Tarmell de Rendida da Sylvia Day, sim? Então pronto apresento-vos Ian Noble e Francesa Arno, respectivamente. 

Com a verdadeira onda de eróticos que invadiu o mercado editorial no ano passado, a Saída de Emergência também resolveu dar um ar da sua graça ao apostar num livro que nada trás de novo ao romance erótico. "Porque és minha" da autora desconhecida Beth Kery, é a compilação de 8 livrinhos minúsculos que se lêem bem num par de horas. Eu própria não demorei a ler muito este livro, devido ao conteúdo ser um grande dejá vu.

Porque és MinhaIan é um poderoso empresário que deseja dominar tudo a seu redor, incluindo Francesca, uma jovem artista que concorda em criar uma obra para Ian. Desde o primeiro encontro entre os dois, que a atracção e o desejo um pelo o outro é recíproco. O envolvimento entre as personagens não demora muito a acontecer, aliás 50 páginas depois já estão na cama, enrolados um com o outro onde Francesca aprende que não deve contrariar as ordens de Ian, concluindo a moça leva umas palmadas com uma pá. Isso uma pá, objecto tão erótico que quando li estas passagens apeteceu-me varrer a casa toda!! Uma pá? Ok, mesmo que seja outro tipo de pá, aquela a que associo é de uso doméstico para apanhar o lixo do chão...

Nas 250 páginas que se seguem temos uma cópia integral do primeiro livro As Cinquenta Sombras de Grey para meu desgosto, pois como livro erótico "Porque és minha" até resulta bastante bem, as cenas de sexo são explícitas e bem descritas e enquadradas na história, face à caracterização das personagens. Infelizmente tudo o resto é bastante similar e é difícil não fazer comparações de página a página. O que talvez tenha gostado mais foi das dúvidas de Francesca em entregar-se a uma relação de BDSM, não se entregou à primeira e foi bom ver a resistência dela em algumas situações de controle por parte de Ian. Outro tema abordado aqui é a esquizofrenia, em outro contexto e foi bom haver uma história paralela, de modo a não enjoarmos do romance entre os protagonistas.

Não posso dizer que tenha sido uma leitura agradável, pois não o foi. É um livro que se lê bem e que irá agradar a muita gente que se deixou encantar por esta febre erótica. No final do livro aparece um excerto do novo livro da autora "Porque estou contigo" que centra-se em Lucien, melhor amigo de Ian que aparece pouco neste livro. Como fiquei curiosa sou capaz de dar uma segunda hipótese a esta autora.

Alguém já leu? Gostava de saber as vossas opiniões!



A autora bestseller do New York Times, Beth Kery, agarra-nos com um romance inebriante como nenhum outro — onde as regras do desejo são quebradas, noite após noite…

No instante em que Francesca e Ian se conhecem, a atração é mútua; uma carga requintadamente física incendeia ambos. Para Ian, ela é o tipo de mulher a que ele não resiste: inocente e pura. Para Francesca, ele é o tipo de homem que ela mais teme e deseja: sombrio, extremo, autoritário, e interdito. O que se passa entre eles não pode ser ignorado — apenas acatado, evoluindo para um inevitável vínculo.

De um jato particular para um interlúdio em Paris, de um ousado encontro num museu público para a intimidade de um hotel de luxo, Francesca e Ian estão um com o outro sempre que o desejo se torna premente. Mas à medida que a relação deles fica mais intensa, Francesca descobre algo a respeito de Ian — e dela própria — que altera para sempre o jogo e os jogadores. É algo com que eles nunca contaram, algo que lhes faz girar as vidas, delirantemente fora de controlo…


Because You Are MineTítulo Original: Because you are mine
Edição: Janeiro 2013>
ISBN: 9789896374815

12 comentários:

  1. eu li em inglês e não cheguei ao fim. Li até à quarta ou quinta parte já não sei bem. Além de todos os defeitos que apontaste tb achei que assentava muito na fórmula: zangam-se e vão para a cama fazer as pazes.

    O grande mal destes livros, pelo menos nos que li é não terem mt para oferecer ao leitor para além do conteúdo sexual.
    Ao menos os romances mais açucarados que tb muitas vezes não são nada de especial, por vezes oferecem algum conflito, algum enredo secundário que cativa o leitor. Nestes parece nunca have nada para além de muito sexo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Haver um enredo secundário até havia, aquele da mãe...que eu sempre desconfie que tivesse viva, quando começou a falar-se mais nisso.. mas sim é basicamente sexo! :/

      Eu fiquei curiosa com a história do Lucien mas já fui pesquisar e ele tmb parece ser dominador..o que não aparenta ser neste livro..hmm para ler uma cópia do 1º, não obrigado :P

      Eliminar
  2. Não sei porquê mas acho a capa original muito sexy! Não me perguntem que eu não sei a resposta.

    ResponderEliminar
  3. Estou a lê-lo agora, não li a tua opinião para não ter nenhuma ideia ate o acabar, mas tenho de dizer que até agora está uma autentica copia do Grey, ainda me lembro que ia na pagina 96 e pensei "bem acho que não vou conseguir acabar isto"...
    Acho ridiculo é uma virgem aceitar tãoooooo bem umas palmadas com uma pá, só pq ele achou que ela o desobedeceu, e ainda mais ridiculo é que não tinham qualquer relação amorosa para ela aceitar tãoooo bem o castigo. Ela não fez nada de mal, ela tem 23anos caramba, isto irrita,pois descreverem estes homens como idiotas que não vêm que os outros (pessoas normais) fazem coisas normais como embebedarem-se, pensarem em tatuagens,etc,etc!!É patetico isso sim,e ainda mais as raparigas não terem fibra necessária para dizerem que não têm nada que decidirem a vida por elas!
    Desculpem a minha revolta, mas sinto que parecem sempre mais do mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Eu preocupo-me é com as pitas e pitos que lerem este tipo de coisas.. pessoal que esteja no início da vida sexual. Enfim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Mas mais vale lerem do que verem... digo eu.

      Eliminar
  5. Enfim...a vida sexual, quer esteja no inicio, no meio ou no fim, a cada um diz respeito, como igualmente a escolha de livros!Por isso não se preocupe que "as pitas e pitos que lerem este tipo de coisas" fazem coisas bem piores do que as que estão detalhas nos livros.

    ResponderEliminar
  6. Bem eu concordo com a Marta, acho que os livros não têm tanto impacto na sociedade para que a vida sexual das pessoas altere assim, pode haver casos pontuais mas acho que não devemos generalizar. Mas se isso acontecer Então estamos a deitar por terra todos os direitos que conseguimos ganhar ao longo da humanidade.

    ResponderEliminar
  7. Já acabei o livro, e tenho a dizer que apesar de ser uma copia do Grey, acho que as cenas de sexos são bem mais explicitas do que aquele. E talvez a forma como está escrita não é tão enfadonha com repetições e prolongada como a do Grey...por isso se tivesse lido este primeiro,teria gostado bem mais.
    Sabes o que achava giro, um livro em que o Ian, o Grey e o Gideon se reunem todos porque são parceiros de negocios!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso seria uma bomba cheia de sexappeal! Acho que muitas de nós não iríamos aguentar. Seriamos hospitalizadas em choque eheh

      Eliminar
  8. Estou a ler agora e estou tentada a pô-lo de lado... nao sei seme apetece perder mais umas horas nisto lol
    Concordo com o que disseste na tua opinião, a sério.
    Deixa la ver quando for escrever a minha :P

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!