Abbi Glines,

Compilações: Sem Limites (#1 a #5) de Abbi Glines

outubro 17, 2015 Inês Santos 4 Comments



- Cuidado, tem alguns spoilers - 

Estes romances de Abbi Glines têm em mim o mesmo efeito que os livros de bolso de Nora Roberts faziam no inicio - com as suas personagens, cenários idilicos e poucas páginas agarram-nos com força e não nos largam. Não conseguimos parar não só pela história ou personagens mas porque sabemos que em pouco tempo vamos poder saborear o final de felizes para sempre. Acaba por não ser assim, porque a autora parece dividir a história em dois ou três livros. Neste caso divide em dois.
Outro ponto para a escritora é o facto de continuar a saga com novos casais já nossos velhos conhecidos, se me entendem.

Aqui fica a sequência, mas cuidado que assim já tem uns pequenos spoilers:

1. Paixão Sem Limites/Fallen Too Far (Rush & Blaire) - em PT
2. Tentação Sem Limites/Never Too Far (Rush & Blaire)

3. Amor Sem Limites/Forever Too Far (Rush & Blaire)

4. Rush Sem Limites/Rush Too Far (Rush & Blaire)

5. Estranha Perfeição/Twisted Perfection (Woods & Della)
6. Simple Perfection (Woods & Della)
7. Take A Chance (Grant & Harlow)
8. One More Chance (Grant & Harlow)
9. You Were Mine (Tripp & Bethy)
10. Kiro's Emily (FREE novella)
11. When I’m Gone (Mase & Reese)
12. When You're Back (Mase & Reese) 
13. The Best Goodbye (Captain)
14. Up In Flames (Nan) 
15. Title TBA (Dean) 


Esta é a opinião dos primeiros cinco livros.
Começamos por conhecer a área e as personagens aos poucos. Sabemos que os meninos são ricos e as meninas pobres. Também sabemos que os meninos já conhecem tudo o que tinham a conhecer das meninas da região, por isso quando "carne nova" aparece o coração deles que estava insensível derrete-se e é fechado a cadeado com a chave na mão da menina nova.
Rush é sem dúvida um menino mau, com uma irmã horrível e odiosa, que eu fico feliz em saber que tão cedo não vai encontrar o amor. Está de castigo e muito bem! Ela vai servir para amargar o muito doce da história e por isso vai servir o seu propósito, apesar de não gostarmos dela.
Blair é uma loira fora do normal, visto que ultimamente não tenho lido romances com loiras tão perfeitas, tanto por fora como por dentro. Ela vai ser a personagem ideal para "contracenar" com o nosso Rush. Os pontos negativos é que por muito que gostemos de Rush, a sua fraqueza e imaturidade, ou inexperiência nesta coisa do amor, vai mostrando o seu verdadeiro eu e as suas fraquezas. Felizmente para ele e para a coitada da Blair, que perdoa tudo, tudo se resolve. Entre eles e entre a sua família.
A situação com Abe apesar de muitos altos e baixos também foi algo que me cativou e foi mudando a minha opinião de maneira muito subtil. Quem diria que eu até ia gostar de o conhecer?
Bethy é a luz dos meus olhos, que apesar de ter imensos defeitos, a sua amizade torna este romance muito menos lamechas e muito mais divertido. A autora consegue assim de maneira muito inteligente, usar os seus personagens secundários de forma a colocar uma pitada aqui e outra ali de açucar, sal, ou outro ingrediente qualquer que vai desenjoar o que poderia ser muito enjoativo.
O 4º livro não serviu para nada, na minha opinião. É apenas uma versão do primeiro com o POV de Rush, mas que não adianta grande coisa, visto que podemos perceber pelas descrições do primeiro o que ele pensa e se não percebemos logo, à medida que o vamos conhecendo, nos restantes livros também, já não nos surpreende o pouco que a autora adianta neste. Além disso nota-se que a autora quando escreveu o segundo livro percebeu que no primeiro devia ter alternado os POV's e por isso já não voltou a cometer o mesmo erro nos restantes. Pecou foi quando decidiu escrever o Rush Sem Limites para compensar, acabando por estragar um pouco o entusiasmo.
Gostei de todas as peripécias que este casal passou, apesar de os ter achado muito inocentes. A gravidez de Blair e a insegurança de Rush tornam este romance menos New Adult e mais Young Adult, o que entra em contradição com os outros personagens que me parecem mais responsáveis e a cabeça mais limpa.
Woods surge desde o primeiro livro e sinceramente sempre me cativou pela sua personalidade atenciosa e carinhosa, tal como Grant. Este grupo de amigos é sem dúvida um estereótipo de badboys com bom coração que apesar de andarem a experimentar todas as raparigas da região estão, sem saberem, à espera da "tal".
Ao contrário de Rush, Woods tem noção das prioridades da sua vida. Aqui não achei que o "amor à primeira vista" tivesse sido tão forte como com o casal anterior, mas a luta de Woods por Della acaba por compensar e ser muito mais forte. Ponto para o Woods.
Com esta segunda fase da história, digamos assim, começa-se a perceber um padrão: todos os problemas vão dar à família de cada um. No caso do primeiro casal anda tudo meio misturado, mas aqui a interferência da família dele com a protagonista é muito mais agressiva, passando das palavras às acções, com polícia e tudo. Em Tentação Sem Limites e em Amor Sem Limites já damos uma vista de olhos no que vai acontecer em Estranha Perfeição e no seguinte, o que nos levanta o véu e mete-nos água na boca.
Gostei tanto de Della como gostei de Blair, as personalidades são muito parecidas, mas em contrapartida o seu passado é completamente diferente. No caso de dela temos a componente psiquiátrica, o que inclui outros temas e torna um romance aborrecido em algo muito mais desafiante.
A parte da riqueza leva-nos sempre à facilidade de construção do romance. Por uma vez talvez fosse bom alguém construir uma história em que o dinheiro não facilite tudo, mas que também não dramatize. Talvez a realidade não seja assim tão má. Claro que a fantasia e a projecção para um lugar ideal como este, com gente bonica e rica como esta que se pode apaixonar por alguém mais pobre (não vou dizer como nós porque não me considero perfeita como elas) é uma tentação e puxa-nos muito mais, mas...
Ao contrário da saga que estava a ler da autora Shelly Crane, aqui Abbi Glines sabe como lançar o anzol e principalmente quando se deve colocar um ponto final na história do casal. Já estão felizes e com todas as arestas limadas? Então adeus!
Concluindo o testamento, que dividido pelos cinco livros não dava quase nada, dá para perceber que adorei. Dei só 5* ao primeiro e ao último, mas toda a saga deixa um sabor adocicado e uma vontade de continuar a ler e a ler e a ler.


Ela tem apenas 19 anos. É filha do padrasto dele. Ela é ingénua e inocente. O que mais poderia ser uma rapariga que passou os últimos 3 anos a cuidar de uma mãe doente?
Rush tem de 24 anos. Ela é a única coisa que está fora de alcance. O dinheiro que recebe do pai ausente, o desespero da mãe que faz tudo para conquistar o amor do filho e o seu charme pessoal são os três motivos pelos quais Rush nunca ouviu a palavra "não".
Após a morte da mãe, Blaire deixou a pequena quinta no Alabama para ir viver com o pai e nova família dele numa luxuosa casa de praia na Florida. Ela não está preparada para esta mudança de vida e sabe que nunca irá encaixar neste mundo. Para piorar a situação, o pai de Blaire viajou para Paris com a nova mulher, deixando-a sozinha o verão inteiro com Rush, que não parece nada satisfeito com a chegada da sua nova "irmã" por afinidade.
Rush é tão mimado quanto irresistível e sensual. E isso começa a afetar Blaire. Mas ele sabe que ele é tudo menos o homem certo para ela. Atormentado e misterioso, Rush tem um segredo que pode mudar a vida de ambos para sempre… e apesar de tudo isto, a paixão proibida cresce, sem limites…

A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la?
O terrível segredo de Rush Finlay.
Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo.
Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente.
Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela.

Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia.
Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora.
Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível.
Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.


Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.
Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.
Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.


Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. 

4 comentários:

  1. Mas em Portugal já saíram o 5 primeiros livros? Quantos já saíram? Como é que já conheces tantos pormenores da historia, leste em inglês??? Porque em português só encontro o 1º livro.

    ResponderEliminar
  2. Olá, até ao 5º há em brasileiro. A partir daí só em inglês.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Também ainda não sei. só li até ao 12º. O Dean deve aparecer nos próximos.

      Eliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!