Opinião da Mafi,

Opinião Contemporâneo: "Só Te Amo Até Terça-Feira" de Rosa Luna

abril 28, 2014 Mafi 2 Comments


Bem a única opinião deste mês vai ser negativa. :crying2:

Só te Amo até Terça-Feira
Este era o único livro da colecção Tiara que me faltava ler. Se eu soubesse que era tão mau, não tinha esperado tanto tempo para lê-lo. 

Muito resumidamente detestei este livro. Começando pelo facto que a autora (supostamente) é Chilena mas resolveu (oh tão querida) adaptar a estória, locais, nomes de personagens para o nosso país. Ora se eu quiser um livro assim leio de um autor português, e não isto. 

Depois a forma como a estória é narrada não é nada apelativa, ao início. Claro que depois habituamos-nos mas eu não gostei desta narração em diário/carta/ou lá o que era isto. Apesar das personagens terem caracterização não gostei como foram retratadas especialmente a protagonista. A Mariana pareceu-me muito mais insegura do que a autora quis mostrar e a paixão pelo Diogo, platónica demais, e até mesmo um pouco irreal. 

Gostei das duas amigas sempre a tentá-la ajudar, detestei a família da Mariana e da Rosa. Sei que há famílias disfuncionais mas não era preciso tanto exagero só para fazer com que a personagem fosse mais espezinhada porque a sua timidez e a nula auto-confiança que tinha, era suficiente. Gostei do final e da explicação do título do livro que ao princípio não tinha percebido e felizmente houve um sentido.


Desta colecção aconselho verdadeiramente o da Laura Lee Gurhke e o da Nicole Jordan. 


Quando te vi pela primeira vez, imaginei o nosso casamento, o meu vestido, o nosso beijo. Senti-me a tua princesa.
Mariana nasceu sete minutos depois de Rosa Maria. A sua vida estava destinada a ser pequena e esquecida, com um namorado sem dinheiro que ainda vivia com a mãe. Num finca-pé pouco habitual, Mariana conseguiu tirar um curso administrativo, um de inglês e outro de francês e começou a trabalhar numa grande empresa. Era a Mariana ao fundo da sala, competente mas sem história. Tudo se transforma com a chegada do filho do patrão, Diogo Vargas, um homem estonteante, bem vestido, perfumado, com um sorriso irresistível. Ainda não tinham trocado uma palavra e Mariana já imaginara o casamento, os filhos, o sexo extraordinário. Nada seria possível sem uma autêntica revolução. Esta chega pelas mãos de umas amigas – um par de lésbicas bem-dispostas e atrevidas – que obrigam Mariana a mudar o visual. Radicalmente. O patinho feio torna-se um cisne com cabelo assimétrico, roupa de oulet e sapatos com cunha. Depois? Diogo repara na Mariana ao fundo da sala e vão jantar. Nada corre como seria de esperar. Ou será que Mariana conseguirá o seu sonho? Uma coisa é certa: o amor não escolhe nem tempo, nem lugar.

Edição - Setembro 2011
ISBN - 9789722048002



2 comentários:

  1. Olá Mafi!
    A tua opinião vei mesmo na altura certa, porque já andava com uma certa curiosidade e, coincidência ou não, hoje estive para comprá-lo mas pousei-o no sítio.
    Já li o da Nicole Jordan, do qual gostei, e o da Matilda Wright, que me ficou meio atravessado.
    Tenho de experimentar o outro de que falaste ;)
    Beijinhos e obrigada :P

    ResponderEliminar
  2. Bolas! Eu até gostei mas as tuas críticas ao livro têm tanta razão, que até fico a perguntar-me porqe gostei... Enfim :X
    Beijinho

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!