13 de setembro de 2016

Primeiras Impressões: "Damas e libertinos" de Stephanie Laurens



O facto de serem 3 histórias surpreendeu me apesar de estar habituada com a Harlequin.
A capa chama muito a ate atenção mas com um decote daquele...
O que menos gosto nestes livros é o facto da capa ser tão fina e estraga-se muito facilmente,  tanto ao meter na mala,  como a manusear. Principalmente por ser tão pesado.
O facto de não ter a ordem certa e ainda faltar o #3 ainda estraga mais.

Preso pelos seus beijos (#1)
Dorothea Darent não tinha a menor intenção de se casar até ter sido beijada por um elegante desconhecido com olhos cor de avelã. O marquês de Hazelmere, um elegante libertino, tinha ficado tão profundamente cativado por aquele beijo que tinha decidido conquistar o coração de Dorothea, embora ela se encontrasse em Londres a apresentar-se à sociedade e tivesse de ter muito cuidado para não manchar a sua reputação...
Escândalo e paixão (#4)
Quando o Conde de Merton se encontrou de repente a fazer de cavalheiro de uma dama em apuros, soube que os seus dias como famoso libertino estavam contados. Mas, embora parecesse agradecida pela sua ajuda, a dama desapareceu sem revelar o seu nome. O conde estava decidido a encontrá-la, por muito que o seu escandaloso passado e os perigos do presente amenazassem a procura daquela misteriosa mulher a quem ele pressentia estar destinado.
Quatro casamentos por amor (#2)
Quando Max Rotherbridge, o duque de Twyford, soube que, juntamente com o título e as propriedades do seu tio, acabava de herdar a custódia de quatro jovens ricas e casadoiras, ficou estupefacto. Max era o libertino mais famoso de toda a cidade de Londres, por isso não era algo muito apropriado para ele. Mas, quando estava para impugnar o testamento, conheceu a mais velha das quatro irmãs: Caroline.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!