25 de janeiro de 2015

Opinião Young-Adult: "Eleanor&Park" de Rainbow Rowell



Anos de espera. Muita curiosidade. Expectativas moderadas devido a opiniões mistas de outros livros da autora. Já estava a imaginar todo um cenário: que toda a gente gostava do livro menos eu. Mas enganei-me e este é o primeiro favorito de 2015 :D 

O ponto forte do livro é a dupla Eleanor&Park. Como personagens individuais são fortes, mais a Eleanor do que o Park, pelo seu ambiente familiar mas é em conjunto que se tornam mesmo o ponto mais que positivo desta leitura. É quando estão juntos que as melhores cenas acontecem. Também ajuda, grande parte da estória desenvolver-se em torno deles. O romance é delicioso de se ler, ingênuo, inocente, puro.

Eleanor & Park"Desintegrou-se. (...) A quem tenha pensado qual é a sensação, é muito como derreter — mas mais violento. Mesmo num milhão de bocadinhos diferentes, Eleanor ainda sentia Park a dar-lhe a mão. Ainda sentia o polegar dele a acariciar-lhe a palma. Ficou sentada completamente quieta porque não tinha outra hipótese."

Acho que o adjectivo principal da obra é a sua simplicidade. Rainbow Rowell criou duas personagens normais mas moldou-as e tornou-as únicas, dotadas de simplicidade e humildade. As personagens são humildes, são realistas, humanas. 

Não percebi o fim...porquê? Porquê escrever um livro tão mágico, com personagens tão apelativas, com uma escrita tão fluída e terminá-lo assim? Foi um balde de água fria, fiquei com o coração partido em mil bocadinhos e com um sabor amargo na boca. Apesar deste final inesperado e incorrecto, Eleanor e Park já marcaram o seu posto como casal favorito de 2015. 

Uma última nota para a tradução da SDE, tenho vindo a ser muito crítica com as traduções pobres desta editora mas aqui não tenho nada a apontar, continuo a não gostar da diagramação dos livros e das margens e tipo de letra mas já há anos que é assim e portanto eu é que tenho de me habituar e não o contrário. Se lançarem mais livros de Rainbow Rowell cá estarei com todo o gosto para lê-los. A Nora Roberts já se estava a sentir sozinha em ser a única autora que eu lia desta editora. Venham mais livros! 

Sinopse


1 comentário:

  1. Terminei ontem este livro. Fiquei mesmo triste com o final, mas acho que foi uma tentativa de tornar a história mais realista. Gostava muito que houve-se uma sequela e que Eleanor e Park tivessem o final que merecem :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!