, , , , ,

Compilações: ''O Último Adeus'' e ''Guarda-me para sempre''

setembro 05, 2019 Mafi 0 Comments


O mês de Agosto e agora o início de Setembro foram pontuados por dois livros YA da Topseller que já tinha para ler aqui ao tempo e que ambos tratam (de duas maneiras diferentes) o luto por alguém familiar. 

32314583Em ''O último adeus'' temos a Alex, 18 anos que para enfrentar o luto do suicídio do seu irmão, começa a escrever num diário para libertar a sua dor, a pedido do seu terapeuta. O problema é quando Alex e mesmo a sua mãe começam a sentir uma presença em casa. Não sabendo se é o fantasma do seu irmão Tyler ou uma alucinação, Alex tenta entender o que levou  o seu irmão a terminar com a vida quando parecia feliz. O livro vai-se alternando entre as entradas no diário e alguns episódios no passado onde podemos conhecer melhor o Tyler e o presente. A narrativa é bem simples mas não me emocionou assim muito. Mesmo assim eu gostei bastante do livro e como já tinha lido uma trilogia sobrenatural desta autora foi bom ler algo completamente diferente. Vamos também entendendo porque é que a Alex se sente tão culpada do que aconteceu ao seu irmão. No final é importante ler a nota da autora que passou o mesmo que a protagonista e embora inspirado nas suas próprias vivências, o livro não é autobiográfico. 

Cynthia Hand oferece-nos uma lindíssima e comovente história sobre amor, perda, culpa e superação. Como superar a ausência e a culpa se não dissermos o último adeus? A morte está à nossa volta. Nós não prestamos atenção. Até que somos obrigados a fazê-lo. A última vez que Lex se sentiu feliz foi antes. Quando ela tinha uma família coesa. Um namorado que amava. Amigos que não temiam que ela se passasse a qualquer momento. Agora ela é apenas a rapariga cujo irmão se suicidou. E Lex sente que é assim que vai ser vista para sempre. Ela tenta seguir com a sua vida, mas há um segredo que a impede, algo que ela nunca disse a ninguém: o seu irmão, Tyler, deixou-lhe uma mensagem na noite em que se suicidou. E esta ideia persegue-a como uma sombra. À medida que o tempo avança, Lex começa a descobrir que os fantasmas não têm de ser reais para nos impedirem de avançar. 

35695100. sy475 ''Guarda-me para sempre'' foi o primeiro livro que li este mês e em comparação com o livro acima, gostei mais deste. Ainda há um segundo livro que não é uma continuação directa e que gostava de ler mas parece que a Topseller esqueceu-se desta autora, ou então este não vendeu assim tão bem. A capa remete para algo mais romântico mas o livro não tem nada de romântico. 
Aqui temos Juliet que sempre escreveu cartas para a sua mãe. Agora, mesmo com a morte desta, ela continua a escrever a deixá-las no cemitério. Do outro lado temos Declan Murphy que é o típico bad boy da escola mas que apenas é incompreendido e também sofre com a morte da sua irmã mais nova. Um dia, Declan descobre uma das cartas de Juliet e responde, iniciando uma troca de correspondência anónima. O problema é que Juliet e Declan até se conhecem pois estudam na mesma escola. 
Gostei imenso que tivessemos o ponto de vista tanto da Juliet como do Declan, conseguimos perceber melhor os seus sentimentos e a sua dor. Eu até acabei por gostar mais do Declan e da história de vida dele mas para o final com algumas descobertas da Juliet sobre a mãe também fez com que simpatizasse muito com ela. 
O livro tem uma notória evolução na trama e também no desenvolvimento das personagens. À medida que vão falando pelas cartas e depois para os emails, começam a aperceber-se que tem muito em comum e que talvez até se conheçam na vida real. A parte final - após a revelação - é muito boa e li num ápice. Como disse o livro não tem nada de romântico embora acabe por ser uma história de amor entre dois adolescentes, embora seja bem mais do que isso. Gostei bastante e recomendo sem dúvida. 

Duas vidas que se cruzam por acaso.
Um grande amor que nasce nas entrelinhas.
Juliet ainda não conseguiu aceitar a morte da mãe. Quatro meses depois, continua a escrever-lhe cartas, deixando-as junto à campa, numa tentativa desesperada de manter a mãe viva e bem perto de si.
Declan é o tipo de rapaz que todos temem. Depois de se meter novamente em sarilhos, é obrigado a prestar serviço comunitário no cemitério local. Além da sua má reputação, ele enfrenta também os demónios do passado. Quando Declan lê uma das cartas que Juliet deixou no cemitério, decide também ele escrever-lhe. Nasce assim uma relação magnética e inexplicável. As palavras que trocam por carta, dia após dia, são libertadoras e reconfortantes, e o amor vai nascendo nas entrelinhas do acaso.
Até ao dia em que a vida real ameaça quebrar todo o encanto. Juliet e Declan estão prestes a descobrir coincidências terríveis que os mudarão para sempre.
Muito mais do que uma história de amor!
Uma viagem apaixonada pela magia dos acasos, que nos mostra que o destino pode ser, simultaneamente, cruel e fantástico.

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!