Amy Lloyd,

Opinião Suspense: ''A Mulher Inocente'' de Amy Lloyd

maio 16, 2018 Mafi 0 Comments



''A Mulher Inocente'' foi outro thriller que desde que saiu,aguçava-me o interesse. Comprei o ebook e comecei a lê-lo dias depois. 

A sinopse explica bem a premissa do livro. Dennis encontra-se preso há mais de 20 anos por um assassinato de uma jovem de Red River. Ele declara-se inocente deste crime e portanto fica conhecido quando é feito um documentário sobre ele com o objectivo de tentar desvendar a verdade.
Do outro lado temos Samantha, uma desconhecida de Dennis que após ver o documentário e conhecer o caso, acredita na inocência deste. Para além de iniciar uma campanha para ajudá-lo a sair da prisão começa a corresponder-se com Dennis através de cartas. 
39788072Os dois acabam por conhecer-se e apaixonam-se, cansando-se mesmo Dennis ainda preso (que casamento de sonho!) 

Eu não sei se foi por causa da personalidade da Samantha (chata) ou do Dennis (aborrecido) mas não consegui adorar este livro. Se gostei dele? Sim, gostei mas lá está não achei um thriller empolgante até porque quem for minimamente inteligente e ler bem a sinopse, nas entrelinhas percebe o que acontece. E foi por isso mesmo que o final não me surpreendeu e toda a enrolação (ou tentativa de suspense) foi fraca para mim. Para não falar que o final é muito apressado quando a narrativa durante o livro todo foi lenta. 

É um livro que até mostra que os nossos instintos podem estar certos, por mais cegas por amor estejamos e realmente é preciso saber confiar em nós próprias. Achei algumas atítudes da Samantha impossíveis de acreditar, quando a verdade estava mesmo à frente dela. 
Lindsay foi uma personagem que literalmente meteu-me nojo. Pelo menos nas descrições físicas a autora esteve bem, porque realmente sempre que ela aparecia em cena, dava-me arrepios. 
O título do livro está adequado à trama e logo por aqui também já percebemos onde vai a narrativs. 
É um thriller mediano, não é um dos melhores do ano mas também não é dos piores. Como leitora habitual do género, desiludiu um pouco e esperava um pouco mais mas não deixo de recomendar para quem gosta do género. 


Há vinte anos Dennis Danson foi preso pelo brutal assassínio de uma jovem na Florida, no condado de Red River.
Na actualidade é o assunto de um documentário resultante de um frenesi on-line para descobrir a verdade e libertar o homem que foi injustamente acusado.
A muitos quilómetros, em Inglaterra, Samantha é obcecada pelo caso de Dennis e começa a corresponder-se com ele. Sam depressa cai enfeitiçada pelo charme e bondade que ele tem para com ela. Decide rumar a Red River, para trabalhar na sua libertação e casar com ele.
Mas quando a campanha é bem-sucedida e Dennis é libertado, Sam começa a descobrir pormenores que sugerem que afinal ele pode não ser assim tão inocente.
Mas como confrontar o marido quando não se quer descobrir a verdade?

 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!