Editorial Presença,

Opinião Contemporânea: '' Virgem'' de Radhika Sanghani

abril 08, 2018 Mafi 0 Comments


Este livro que me foi oferecido no Natal de 2016 já consta na lista dos livros lidos. 

É um livro pequeníssimo nem 300 páginas tem mas que curiosamente, demorei alguns dias a ler. É um chick lit divertido e bem disposto mas que por mais que me tenha divertido, soube a pouco.
25633429O livro até que é um pouco ''fora da caixa'' e a autora não teve problemas nenhuns em falar em alguns temas tabu.

Ellie que é a nossa protagonista tenta a todo custo perder a virgindade. Não interessa com quem, embora seja com alguém decente..o problema é que não arranja nenhum companheiro de jeito. As suas tentativas e experiências vão fazer parte do seu percurso ao longo do livro e o que é certo é que todos os encontros servirão para Ellie perceber que tem de aceitar-se a si mesma como ela é e não ligar tanto para o que os outros podem pensar dela. 

A parte com que mais me diverti foi quando a Ellie tenta experimentar diversos tipos de depilação. Ri-me imenso e eu própria descobri depilações que nunca tinha ouvido falar. Infelizmente devido ao novo acordo ortográfico foi muito estranho ver a palavra pêlos na sua nova forma ortográfica - pelos -e foi algo incomodativo em várias passagens do livro.

De resto é um livro que tem um pouco de tudo, uma parte mais chick lit e divertida com a Ellie e as amigas, romance mas também algum drama. Acho que é um livro que tinha um potencial maior, acabou por ser um livro que leu-se bem e rápido mas que não deixa uma mensagem maior do que aquela que já é comum: que devemos gostar de nós próprias em primeiro lugar. 
O livro tem continuação mas não fico nem um pouco surpreendida de nunca ter sido publicada cá e o meu interesse em ler também é nulo. 


Ellie Kolstakis é uma jovem inglesa de origem grega que está a quatro meses de concluir o curso de literatura inglesa. Contudo, algo a atormenta: tem 21 anos e, ao contrário das suas amigas, ainda é virgem. Mas não por crença religiosa ou por estar à espera do casamento, nem tão-pouco a reservar-se para o «Tal». Ellie é apenas uma rapariga com muito azar. Todavia, está determinada, de forma divertida e bem-humorada, a fazer tudo para inverter a situação. Mesmo que para isso tenha de obedecer aos pedidos arquitetados pela sua dominadora mãe, depilar-se à brasileira, mudar o seu estilo de vestir, escrever num blogue e, inclusive, fazer um estudo aprofundado no YouTube de técnicas sobre sexo. Afinal, Ellie nada tem a perder, a não ser o óbvio… 


 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!