25 de janeiro de 2017

Opinião Contemporânea: "Uma nova promessa" de Nora Roberts





Mais uma trilogia da Nora lida! 😊

Quem acompanhou as anteriores opiniões, sabe que não gostei muito do 1º livro mas que o 2º já tinha sido mais do meu agrado e portanto o 3º seria decisivo para o veredicto final desta trilogia e digo já que gostei muito! 
33384817
Primeiro, o Ryder sempre foi o irmão que mais interesse eu tinha em ler, porque ao contrário dos outros 2 livros, o seu par seria uma personagem nova e não uma cara conhecida da comunidade como foram a Clare e a Avery. Eu gosto de romances quando os protagonistas já se conhecem mas também é giro quando as personagens não se conhecem e há sempre aquelas primeiras picardias, como aconteceu aqui com a Hope. 

Há dois momentos no livro que são de destaque e que comprovam mesmo o amor de Ryder pela Hope, se ainda houvesse dúvidas mas também acabam por mostrar um outro lado do Ryder: um lado mais doce e não tão bruto ou teimoso. 

Felizmente desta vez não tivemos tantos detalhes sobre a decoração do hotel, até porque aqui, o hotel já está em pleno funcionamento e não em construção, como nos outros livros. Foi engraçado ir acompanhando a Clare que prepara-se para ser mãe outra vez e a Avery que vai abrir outro negocio e também está prestes  casar. Foi giro ver a amizade entre as três amigas mas também é d destacar a presença da Justine  os conselhos que ela deu à Hope sobre o filho.

Já nos livros anteriores tinha havido menção à Lizzy e aqui não foi exepção, ficamos mesmo a conhecer a história de amor dela.

Não acho que seja a melhor trilogia da Nora mas é uma trilogia boa para quem nunca leu nada da autora. Gostava que as personagens da Nora não fossem todos perfeitos e bonitos. No fim tudo é demasiado perfeito e com um final feliz e embora seja bom, gostava que houvesse mais complexidade nas personagens. Fica o desejo para futuras leituras desta autora.

Também estou curiosa para ver que livros a SDE irá lançar este ano. Espero que não voltem aos livros publicados nos anos 80. 


Na família Montgomery, Ryder é o irmão mais difícil de decifrar e é conhecido pelo seu feitio antissocial, mas quando deita mãos ao trabalho, nenhuma mulher resiste ao seu apelo sensual. Exceto Hope Beaumont, a gerente que trabalha para ele no Hotel Boonsboro.
Como ex-gerente de um hotel em Washington, Hope está habituada a excitação e glamour, mas isso não a impede de desfrutar dos prazeres de viver numa pequena cidade. Alcançou tudo o que queria — exceto na vida amorosa. A sua única interação com o sexo oposto são as constantes lutas com o exasperante dono, Ryder Montgomery. Mas ninguém consegue negar a química entre eles… que se incendeia ainda mais com um beijo na noite do Ano Novo.
Quando tudo parece estar a correr bem no hotel graças à experiência de Hope, e surge no horizonte a promessa de felicidade, o seu passado na cidade regressa e faz-lhe uma visita indesejada. Ao ver Hope tão vulnerável, Ryder terá de decidir entre deixar-se afetar pelo passado ou ceder à paixão…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!