Compilações,

Compilações: "Quarteto de Noivas" de Nora Roberts

julho 22, 2016 Mafi 2 Comments



De modo a abater as opiniões em atraso que tenho nada como compilar 4 opiniões numa só. 

Vamos então falar sobre a série "Quarteto de Noivas" da nossa Nora, uma série que fui comprando à medida que foi lançada mas só agora, dois anos depois de se concluída, decidi pegar nela.


Desde já digo que, tendo lido todos os quatro livros seguidos, nota-se perfeitamente a mesma fórmula em todos os livros e é por isso que não tenho grande coisa a dizer sobre esta série. Mas começando pelo primeiro - Um dia perfeito - é talvez o meu favorito. Gostei muito de como foi apresentada a Mac, tanto como a sua via profissional foi retratada, assim da mesma forma como a autora mostrou a sua vida pessoal e os problemas familiares do passado. O facto da Linda ser uma antagonista que percorre toda a série e também de aparecer em todos os outros livros, fez com que a Mac tivesse sempre um pouco de mais de destaque do que das restantes. Em relação ao romance com o Carter, gostei da condição de eles já conhecerem-se desde os tempos de escola, pois gosto sempre de romances em que há já uma relação anterior, nem que seja apenas de vista. O próprio Carter também me pareceu um dos homens mais interessantes e o facto de ser tão diferente da Mac, tornou o romance mais divertido. Foi um livro que li num dia e que antecipava outras leituras maravilhosas que viriam por aí.

O segundo livro - Um Mar de Rosas - tem uma aura totalmente diferente do primeiro livro, principalmente porque a Emma é uma romântica inveterada em que o seu maior sonho é dançar à luz da lua com o amor da sua vida. Foi um livro um pouco mais romântico e do qual não gostei tanto devido ao facto de a profissão da Emma também não ser das mais interessantes.Não tenho grande gosto por flores ou plantas, sinceramente não ligo mesmo nada a isso e portanto as descrições dos arranjos dos buquês  da decoração dos casamentos passou-me um pouco ao lado. Também a nível pessoal a Emma não foi muito bem explorada, tinha uma família unida e com posses e pronto. Gostei da parte do romance e do facto de mais uma vez o seu interesse amoroso ser alguém do círculo de amigos e foi engraçado ela e o Jack serem amigos há tanto tempo e só agora admitirem à atração que sentiam um pelo o outro. O Jack acabou por ser um pouco mais desenvolvido com toda ã situação de não querer comprometer-se a sério com a Emma mas claro que no fim acaba tudo bem e a Emma vê o seu sonho realizado.

O Sabor do Momento (Bride Quartet, #3)Se as flores não fazem o meu género, os bolos e a doçaria certamente faz  por isso o terceiro livro - O Sabor do Momento - foi melhor que o segundo, embora tenha sido aqui que tenha começado a fica um pouco cansada da série, especialmente na parte das descrições dos casamentos que eram sempre iguais! Se não tivesse lido os livros seguidos não terei notado estes defeitos mas quem leu ou ler tudo de rajada certamente vai notar as repetições. Posto isto esta leitura revelou-se uma doçura. Gostei mais da Laurel do que estava à espera e o Del foi também outra das personagens masculinas que mais gostei.
A Laurel mostrou-se uma personagem independente, talvez das mais fortes a seguir à Parker. Aqui temos novamente um casal que já se conhecia e onde pelo menos um dos elementos nutria uma paixoneta desde a infância sobre o outro cônjuge. Gostei da dinâmica do Del ver e sentir a Laurel como uma irmã e ser muito protector dela  das outras sociais da Votos mas à medida que a vai conhecendo melhor acaba por apaixonar-se por ela. Acho que também foi o livro onde houve mais atritos entre o casal e sempre mais empolgante ver um casal às turras. Para além do relacionamento entre as quatro amigas, também vemos a pouco e pouco uma união entre os quatro parceiros das suas amadas, em especial entre o Jack e o Del. Foi engraçado ver que no segundo livro o Del a picar o Jack por causa da Emma e agora acontecer o contrário com estes amigos.

Por fim o quarto e último livro - Felizes para Sempre - foi aquele que mais me custou a ler. Nunca tinha gostado muito da Parker e já se sabia que o par dela ia ser o Malcom, aliás a historia deles começa logo no terceiro livro.
Ainda pensei parar na série e depois pegar neste livro quando sentisse mais vontade mas sabia que se não o lesse agora já não o ia ler tão cedo e eu queria mesmo acabar com a série. Foi com algum esforço que li este livro mas na verdade nunca gostei muito da Parker e embora adore personagens totalmente diferentes, não consegui gostar deste casal por culpa de como a Parker sempre se mostrou nos outros livros: muito fria e sempre com tudo no controlo. O Mal revelou-se uma boa surpresa e realmente não podia ser mais diferente do que a Parker, par além de mecânico é duplo de actores em filmes de acção!
O que mais gostei foi de o Malcom não hesitar em deixar a Parker pouco à vontade tanto com os seus elogios como com os beijos que roubava-lhe,
É aqui neste livro que também temos a preparação de um dos casamentos das amigas e foi um momento que foi bonito de se acompanhar especialmente por ser a empresa a tratar do casamento. Como sempre no mundo fictício da Nora, acaba tudo bem e todas personagens com o seu "Felizes para Sempre"!

Para além da notória repetição e do mesmo padrão em todos os livros, outro ponto negativo que destaco é a precocidade em como todos ficavam logo noivos! Tendo em conta que o espaço temporal dos livros nem chegava a um ano, era sempre muito estranho ficarem logo todos noivos e quase de casamento marcado! Achei um pouco irreal.

De resto, esta série foi uma boa leitura e tirando alguns romances valeu pela amizade entre as quatro amigas. Pretendo ler a próxima trilogia da Nora a ser publicada cá - Trilogia a Pousada - mas desta vez não irei cometer o mesmo erro de ter os livros durante anos na estante para depois lê-los numa semana!


2 comentários:

  1. Olá! Li esta tetralogia há medida que foi saindo, daí não ter notado tanto essas repetições... No entanto, lembro-me que gostei mais dos primeiros que dos últimos.
    Mas não sabia que ia ser lançada uma trilogia da NR em breve! Regra geral, gosto mais das trilogias dela que dos livros únicos. Vamos lá ver o que sai dali.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Olá! Nunca li esses livros, mas considero um erro lê-los de seguida e há vários motivos, mas creio que principalmente porque nos cansamos, cansamos-nos das personagens, do estilo de escrita... Eu adoro ler Julia Quinn, mas para mim seria impensável começar a lê-los de seguida, de certeza que não voltaria a ler mais nada dela.
    É assim que eu faço com qualquer livro que tenha continuação, leio o primeiro e depois faço um intervalo de alguns livros e depois sim, leio a continuação... A Mafi concerteza tem mais experiência do que eu, mas é apenas um conselho...

    Boas leituras...

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!