, , ,

Opinião Young-Adult: "Legend" de Marie Lu

setembro 18, 2017 Inês Santos 0 Comments




- Contém Spoilers - 
 
Sendo um livro publicado em 2014 e lido em 2014, a razão de só agora postar a opinião foi mesmo porque ela andou este tempo todo no meu telemóvel e só agora conseguir pegar nos tópicos e torná-la num texto.
 
Porque será que as cicatrizes são sempre de orelha ao queixo? (cara de Chian) Já li esta descrição n vezes em n livros.
Não gostei da expressão "prima" tal como não gostei da tradução brasileira.
Gostei do pormenor da indicação de quem é o POV no canto superior da página. Assim não nos baralhamos quando há alterações bruscas ou não de quem está a contar a história.
Gostei das explicações que tanto Day como June fazem do que observam. Não descrevem apenas, mas têm um raciocínio lógico apesar de ser tudo programado pela autora.
Achei que as descrições, principalmente as dos uniformes, perdiam um pouco por serem em tão grande número e tão diferentes, dispersando a nossa atenção em certo momento.
A coincidência de serem os dois prodígios 1500/1500 foi um pouco exagerada. Ela podia ter tido menos pontuação já que era de uma família rica e ele então ter a pontuação máxima, por exemplo. São demasiadas coincidências e desnecessárias.
A morte da mãe de Day foi a maior surpresa! Thomas pelo contrário não me surpreendeu nada.
A autora tem boas descrições, mas não conseguiu transmitir uma química forte entre os protagonistas. Achei tudo muito precoce e sem faísca. De qualquer forma, agora que passou tanto tempo vou tentar reler em português e talvez continuar.
Outrora conhecida como a costa ocidental dos Estados Unidos, a República é agora uma nação em guerra permanente com as vizinhas, as Colónias.
Nascida numa família de elite num dos distritos mais abastados da República, June, aos quinze anos, é um prodígio militar. Obediente, entusiasmada e dedicada ao seu país, está a ser aperfeiçoada para fazer parte dos círculos mais elevados da República.
Nascido num dos bairros de lata do Setor Lake da República, Day, também com quinze anos, é o criminoso mais procurado da República. Mas talvez os seus motivos não sejam tão maliciosos quanto parecem. Pertencendo a mundos muito diferentes, não há motivo algum para que os caminhos de June e Day se cruzem - até ao dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado, e Day se torna o principal suspeito. Agora, apanhado no derradeiro jogo do gato e do rato, Day corre pela sobrevivência da sua família, enquanto June tenta desesperadamente vingar a morte do irmão.
Contudo, numa reviravolta chocante, os dois descobrem a verdade daquilo que verdadeiramente os levou a encontrarem-se, e a que ponto a nação de ambos está disposta a chegar para manter os seus segredos.
Repleto de ação imparável, suspense e romance, o fascinante primeiro romance de Marie Lu irá certamente comover e arrebatar os leitores.

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!