Opinião da Ne,

Opinião Policial: "A Trama da Estrela" de Vasco Ricardo

janeiro 10, 2014 Inês Santos 0 Comments


A Trama da Estrela, baptizado com carinho como o "Trauma", revelou-se difícil de ler e terminar, não pelo que estão a pensar (algo negativo de certeza) e sim por o ter lido de 3 em 3 páginas no monitor minúsculo do meu antigo telemóvel e uma vez por semana. Para provar que é verdade, o Vasco Ricardo é minha testemunha de que mal recebi o exemplar em livro li a restante terça parte que me falta num dia ou dois. Isto, serve como prova, do quanto a leitura foi prejudicada pelo acesso e não pelo conteúdo. E aqui está a razão desta minha introdução! O conteúdo!
Vou então começar pelo que não gostei: os nomes das personagens da ENDIVADAL. Percebi a parte do secretismo, mas senti que havia uma grande disparidade entre nomes tão básicos com a complexidade de tudo o que esta associação representava e conspirava.
Também não gostei das cenas ou referencias sexuais mais para o final entre duas das personagens. Apesar do drama final, achei um pouco forçado, podendo ter sido referido isto tudo de maneira ou mais indirecta (ainda mais) ou de forma superficial.
E pronto, nada mais a dizer de mal.
De positivo tenho a dizer que as minhas partes preferidas, sem contar com aquele final explosivo, literalmente, foram as conversas no chat! Estas são de fazer doer a barriga e os músculos da cara, tal como fazer figuras tristes no autocarro e até nos CTT - locais públicos onde li a obra. Aqui encontrei algo de biográfico, mas só mesmo conhecendo o autor é que perceberão que toda esta animação e piadas inteligentes não surgiram do nada.
Gostei das explicações, descrições e até visitas às várias cidades, tal como de todo o enredo e raciocínio.
Achei as mortes espetaculares, mas aqui fala o meu lado mais sádico. A que mais gostei foi às testemunhas de Jeová, por causa de todo aquele processo cirúrgico.
O final, tal como referi, foi muito... hum... movimentado. Cheio de revelações e resoluções, tal como de despedidas, umas mais dramáticas que outras, foi óptimo para fechar o capítulo e o livro. 
Posso dizer que aqui não vão encontrar uma história oca, cheia de mortes e falatório na internet. Vão sim encontrar muito humor, mas também muitas referências históricas, com muita carga emocional, que nos dão vontade de reler o nosso livro de História do secundário ou rever filmes com esta temática.
Os meus parabéns vão também para o autor da capa. Como comecei a ler o livro muito antes de esta ser conhecida achei que simboliza muito bem a base da história.
 
Enquanto uma negra conspiração se vai expandindo por algumas cidades europeias, três adolescentes divertem-se, navegando pela Internet, tentando decifrar mistérios e crimes até então irresolúveis.
Dana, Mark e Rohan são provenientes de nações distintas mas os seus interesses e suas motivações convergem. À medida que uma onda de crimes vai assolando o território do velho continente, os jovens vão interagindo através das comuns salas de chat, falando sobre um infindável número de temas.
O percurso das suas vidas toma, porém, um rumo diferente, acompanhado de estranhos acontecimentos que podem mudar os seus destinos.
Paralelamente, uma sociedade secreta, cujos elementos parecem tão competentes quanto obstinados, move-se de forma obscura e sanguinária, onde todos os seus passos são criteriosamente preparados, na tentativa de alcançar um marco até então inatingível.

Edição - 2012

ISBN - 9789899759077

https://www.goodreads.com/book/show/14740723-a-trama-da-estrela?ac=1

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!