Opinião Erótica: "Escravos do Desejo" de Kate Pearce



Bem confesso que não esperava gostar tanto deste livro! Depois de ter lido o 1º e o 2º volumes, naturalmente que já sabia que tipo de leitura seria este "Escravos do Desejo" mas confesso que fui surpreendida pela autora! Escravos do Desejo apresenta-se como um livro erótico mais maduro e sério, em comparação com os anteriores. Claro que aqui continuamos a ter as cenas pecaminosas que a autora nos habitou mas o livro consegue ser superior em vários aspectos.

Escravos do DesejoComeçando pelo enredo: ao contrário dos outros, aqui a estória não se move através das cenas sexuais, pelo contrário estas até nem são abundantes, são apenas um apontamento ao longo das trezentas páginas do livro. Continuam a ser bastante explícitas e diversificadas, há de tudo para todos os gostos e feitios e são essencialmente, bem escritas e concisas. Não se prolongam demasiado para além de alguns parágrafos e produzem o efeito desejado neste tipo de livro. Bem, mas voltando ao enredo, aqui temos a estória de Helene, que gere esta Casa do Prazer que dá nome à série. Adorei a Helene! É-nos apresentada logo no início a sua vida atribulada e deduzimos logo que é uma mulher cheia de coragem e que não deixa que ninguém lhe passe por cima. Esta valentia é posta à prova quando, com alguma sorte, consegue torna-se a principal gerente da Casa do Prazer. A personalidade de Helene está bem vincada em todo o livro e foi isso que admirei. A autora acaba por evidenciar a independência da mulher numa sociedade dominada por homens e admirei muito esta coragem e este destaque ao papel de Helene que a autora dá. Adorei a bipolaridade que Helene mostrou, ora tanto mostrava toda a sua força sem fraquejar, ora mostrava o seu lado mais humilde perante o seu filho mais velho, onde considerava que era um mau exemplo para eles e consequentemente má mãe. 

O romance entre Helene e Philip é capaz de ter sido o meu favorito de toda a série, desde o início que se notava química e desejo entre as duas personagens e sabemos logo que estão destinados e ficarem juntos. Gostei de acompanhar toda a jornada do seu romance e que tivessem o seu happy ending. Gostei bastante de tanto ele para com ela e vice-versa, se protegessem. Ambos tem os seus medos e pesadelos e tinham sempre um no outro o apoio suficiente para ultrapassar as suas angústias. Gostei que despiram-se de preconceitos e lá acabaram por mostrar os seus sentimentos e que precisavam um do outro para serem mais felizes, foi bastante romântico e sem intenções sexuais por trás (oh well). 

A redenção dos erros do passado e a busca de uma vida melhor são os temas que estão em foco neste terceiro livro. Acho-o claramente superior aos restantes e se os próximos forem sempre assim, então já não estranho a série ir no seu 9º volume. 

Sinopse
A Sair do Forno

Simply Shameless (House of Pleasure #3)Título Original: Simply Shameless
Edição: Outubro 2013
ISBN: 9789897260834


Continuação:
Escravos do Amor (Casa do Prazer, #1)Escravos da Paixão  (Casa do Prazer #2)

                                                         Opinião                      Opinião


1 comentário:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!