2 de novembro de 2016

Opinião Young Adult: "Por um fio" de Rainbow Rowell




É o 5º livro que leio da Rowell e o 3º que leio este ano e depois do desastroso "Anexos" e do maravilhoso "Kindred Sirits" acho que a autora devia ficar-se pelos YA e deixar de lado os livros adultos...é que simplesmente estes não conseguem ser tão cativantes quanto os livros young adult da autora.

14317441_1035538719848575_5865826530401103607_nEste livro até tinha uma premissa engraçada, temos um casal que se vê separado durante a época de Natal, quando Georgie te  de ficar a trabalhar num projecto e não pode viajar com o marido e as filhas par casa dos seus sogros. Para não ficar sozinha, acaba por ir para casa da mãe e no seu quarto de infância, reencontra um telefone amarelo antigo, daqueles que para marcar o número é preciso dar à roda. Por mera coincidência, como não consegue contactar com o marido - Neal - pelo telemóvel, Georgie tenta falar com Neal pelo tal telefone fixo e é aqui que as coisas começam a ficar estranhas pois o Neal que fala do outro lado não é o Neal actual mas sim de anos atrás, quando ambos ainda eram namorados. É através destas conversas que Georgie vai tentar recuperar o seu casamento que está "por um fio" (estava desejosa de poder fazer este trocadilho!) 😋 

A ideia é interessante embora seja realmente muita coincidência o facto de a Georgie nunca conseguir falar com o Neal por rede móvel e ter de recorrer ao telefone fixo. Ao princípio estava a gostar bastante mas mais para o meio a coisa começou a ficar um pouco secante quando são só conversas entre os dois durante não sei quantas páginas seguidas. O que ainda piorou foi a Georgie relembrar como o Neal era no passado e a partir daí tomar uma decisão sobre o presente e até o futuro. Parecia que ela não se lembrava como o marido era no passado e as conversas é que avivaram a memória da Georgie e fizeram-lhe perceber que o casamento podia ser salvo. 

Não é um livro mau mas é incrível como em romances adultos não consigo ficar entusiasmada como com os romances mais jovens da autora. Acho que falta sempre qualquer coisa. Dizem que é o livro mais fraco da autora mas para mim "Anexos" consegue ser pior, ao menos aqui ainda acontece alguma coisa.

As personagens secundárias como as filhas e a família da Georgie tiveram sempre bem, especialmente a mãe e a prima.

Espero que a SDE continue a publicar esta autora, embora só haja mais um livro por editar e é de fantasia, portanto não sei o esperar do próximo livro da autora. 


Se tivesses uma segunda oportunidade no amor, tomarias a mesmas decisões?
Georgie McCool sabe que o seu casamento está por um fio. Ela ainda ama o marido, Neal, e o marido ainda a ama a ela – mas a química desapareceu. Dois dias antes de visitarem a família de Neal, Georgie informa-o de que não irá com ele. Ela é argumentista de televisão e o seu emprego exige a sua presença. Sabe que Neal irá ficar chateado mas nunca pensou que ele fizesse as malas e partisse sem ela. Atormentada pela sua decisão, Georgie pensa que deitou tudo a perder. Até que descobre uma forma de comunicar com a versão mais nova do marido… no passado. Não sendo exatamente uma viagem no tempo, Georgie sente que recebeu uma nova oportunidade de salvar o seu casamento ainda antes de ele começar. Mas será que é isso que ela realmente quer?

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!