Primeiras Impressões,

Primeiras Impressões: "Os Bebés de Auschwitz" de Wendy Holden

outubro 22, 2016 Inês Santos 4 Comments



Mais uma história que eu quero conhecer mais a fundo de forma a conhecer e a preparar-me para um dia ir conhecer e prestar homenagem aos campos de concentração.
Acho que a capa está perfeita para o que a história promete.
O livro tem um tamanho considerável, com as suas 416 páginas. Mas deve ser fácil de ler. Esperemos.
Entre as vítimas do Holocausto enviadas para Auschwitz em 1944, três mulheres levavam consigo um segredo quando passaram pelos portões do infame campo de concentração.
Priska, Rachel e Anka estavam grávidas de poucas semanas, enfrentando um destino incerto longe dos seus maridos. Sozinhas, assustadas, e após terem perdido tantos familiares às mãos dos nazis, sentiam-se determinadas em lutar pelo que lhes restava: as vidas dos seus bebés.
Estas mulheres deram à luz em circunstâncias inimagináveis, com intervalos de semanas entre si. Quando nasceram, os bebés pesavam menos de 1,5 Kg cada, e os seus pais haviam sido assassinados pelas forças alemãs, enquanto as mães se haviam transformado em «esqueletos andantes».
Os Bebés de Auschwitz segue a incrível história das mães: primeiro em Auschwitz, onde sofreram o escrutínio cruel de Josef Mengele, o médico nazi conhecido como Anjo da Morte, que selecionava as mulheres grávidas à entrada do campo, destinando-as às câmaras de gás; depois num campo de trabalho alemão onde, esfomeadas, lutaram por esconder a sua gravidez; e, por fim, durante a viagem infernal de comboio, que durou 17 dias, até ao campo de concentração de Mauthausen, onde viriam a ser libertadas pelos Aliados.

4 comentários:

  1. Sinto-me sempre dividida em relação a estes livros. Por um lado sinto uma enorme curiosidade histórica, mas por outro, por serem histórias reais deste período tão cruel, não sei se quero 'mergulhar' nelas. É o tipo de livro que me tira o sono (e com razão)!

    ResponderEliminar
  2. Quero muito ler esse livro, já está na minha lista de espera há muito!
    Amo chorar a ler e livros desse tema são choro garantido! :p

    ResponderEliminar
  3. OMG eu vi a reportagem que fizeram sobre este livro... vieram-me logo lágrimas aos olhos! Agora imagino com o livro :o

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  4. é um livro que se lê muito bem, mas muito comovente, é inevitável ir-se chorando pelo meio

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!