21 de outubro de 2016

Primeiras Impressões: "Até que o Amor me Mate" de Maria João Lopo de Carvalho



Mais uma aquisição, desta vez de uma autora portuguesa que só agora me apercebo que é Lopo e não Lobo de nome. Sinceramente nem sei para quê tanto nome...
Não sei se fiz uma boa compra porque tenho lá os outros da escritora, mas ainda não li nenhum. Espero gostar bastante senão vai-se tornar um investimento muito mau.
O livro é pesado e por isso deveria talvez tê-lo adquirido em formato digital. A capa acaba por ser atractiva também e está dentro do que esperamos encontrar na história.
São sete as mulheres que aqui cruzam a vida de Luís Vaz de Camões. Sete as mulheres que mais o amaram ao longo dos seus 55 anos de vida. Esta é a história do homem, do poeta, do soldado, do marinheiro. Uma história de conquistas e esperas, de amores e desamores, de tempos de ventura e desventura, de ódios e paixões; uma história contada no feminino a sete vozes que, vindas de longe e atravessando terras e mares, encontram porto de abrigo na intimidade dos nossos corações.Esta é a história de um homem que em palavras, versos, estrofes consegue viajar no tempo para nos trazer a história singular de um mundo maior e de um amor maior. Uma história imortal que 500 anos depois continua viva, nova, próxima e presente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!