4 de outubro de 2016

A Sair do Forno: "Inês" de Maria João Fialho Gouveia




Esta é a história apaixonante de Inês de Castro, a bela aia galega que arrebatou o coração do príncipe D. Pedro, futuro rei de Portugal. Bisneta ilegítima do rei D. Sancho IV de Castela, tinha chegado a Portugal no séquito da princesa Dona Constança, futura mulher do príncipe. Apesar dos laços do matrimónio, acabou por ser Inês e não Constança quem incendiou o coração de D. Pedro. Perdidamente apaixonado, o casal viveu então um amor proibido, até que, após a morte de Dona Constança, passou a partilhar o mesmo tecto.
Dando largas à paixão que por tanto tempo haviam escondido, Pedro e Inês viveram dias idílicos, de paço em paço, até se instalarem em Coimbra, já casados e com três filhos. Certos de ali terem descoberto o seu jardim do Éden, amaram-se a cada dia sem medo do pecado, cedendo à paixão que lhes ardia no corpo e lhes completava a alma.
Esta ligação desagradou ao rei D. Afonso IV, pai de D. Pedro, que odiava Inês de Castro. As intrigas políticas com que os conselheiros reais o sobressaltavam, alegando que os irmãos de Inês alimentavam pretensões à cora portuguesa, contribuíram para que o rei não descansasse enquanto não libertasse, da forma mais trágica e terrível, o filho do jugo da bela galega.
O amor de Pedro e Inês foi maior do que a vida, pulsando outrora, como hoje, no peito da própria alma lusitana, que o elevou a símbolo da paixão em Portugal.

Sai em Outubro  

7 comentários:

  1. Vou querer este livro. Adoro desde de nova a historia de amor de Inês de Castro e D.Pedro *-*

    ResponderEliminar
  2. Uma bonita história de amor de Pedro e Inês, gostava de ler.

    ResponderEliminar
  3. Romances históricos *.* Continuo a achar que a história de Pedro e Inês dava um bom tema para um livro da Philippa Gregory :P

    ResponderEliminar
  4. Gosto de romances históricos mas nunca li nada da autora.

    ResponderEliminar
  5. Sou leitora compulsiva da Autora que considero excepcional. Maria joão Fialho Gouveia ultrapassa de longe Philips Gregório. A sessão de autógrafos vai ser na Fnac cascais no dia 29 deste mês. Aconselho veemente a sua leitura pois o seu estilo é único e cativante.

    ResponderEliminar
  6. Parece realmente muito bom :)
    Li recentemente Rosa Brava, de José Manuel Saraiva e o livro, apesar de não ser acerca de Pedro e Inês, também fala da sua história e renovou certamente o interesse na história de Portugal e neste episódio em particular. E, já que falamos nisso, é também um livro muito bom, na minha opinião. Aconselho :)

    ResponderEliminar

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!