23 de junho de 2016

Primeiras Impressões: "O Despertar dos Mágicos" de Louis Pauwels e Jacques Bergier



Aquisição de mais um clássico cá para casa, já procurado à algum tempo e encontrado na FCC.
Tem aquele cheirinho e páginas amarelas. Até a capa dobrada tem o seu charme. Foi engraçado ver o senhor alfarrabista a saber a cor da capa e o sítio onde o colocou na prateleira.
Este livro de 500 páginas na sua edição original é apresentada como uma narrativa, às vezes verdadeira e por vezes lendária, dedicada ao tema "áreas de conhecimento pouco explorado" nas fronteiras da ciência e da tradição. O seu conteúdo abrange temas tão diversos como a alquimia, sociedades secretas, civilizações perdidas, o estranho, as religiões e as ciências ocultas ou esotéricas, com base em provas antigas (como o Mar Morto), livros de pesquisa de autores reconhecidos ou não, revistas e livros sobre ficção científica ou literatura de fantasia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!