31 de dezembro de 2015

Retrospectiva de 2015 e planos para 2016





2015 está a chegar ao fim e por aqui já se faz o relatório anual do que foi este ano em leituras.
Bora lá!

Mafi
2015 foi ano médio a nível pessoal, profissional e a nível de leituras. Se antes (tentava) cumprir os planos de leitura e estes faziam sentido para mim, à medida que nos fomos aproximando dos últimos meses do ano, comecei a aperceber-me que cada vez mais não consigo ler o que tenho planeado ou porque já não me apetece ou porque distraio-me facilmente com novos livros. Pelo segundo ano consecutivo não consegui chegar aos 100 livros lidos e entristece-me porque sinto que cada vez tenho menos tempo para ler. E não é só para ler, é para tudo. Com muita batota no desafio do GR lá conseguirei chegar às 90 leituras entre livros, banda desenhada e contos/crónicas que lêem-se mais rápido. Este ano não me tinha proposto a muitos desafios mas mesmo assim o único que vou conseguir concluir é o dos ebooks. Aliás se os outros anos já tinham sido marcados pelas leituras digitais com o tablet, os ebooks dominaram 2015 ainda para mais com a chegada do meu primeiro ereader. Por outro lado e paradoxalmente, no último semestre fartei-me de comprar livros em papel muito por culpa da Amazon e da sua secção de usados. Foram 48 livros comprados e com eles vem o primeiro objectivo de 2016:

Desejo nº1 - Ler todos os livros que comprei em 2015 e ainda não li (43).

Falando em ler e consequentemente em escrever e opinar, gostava mesmo muito que em 2016 as opiniões tivessem mais feedback ou visualizações. É que apesar de adorar trazer as novidades literárias para vocês é um bocado frustrante ver um "A Sair do forno" que é feito em 5 minutos com 8 mil visualizações (é Nicholas Sparks mas still...) e a média de visualizações das opiniões (que levam muito mais tempo) rondar as 50-100 visualizações tirando raros casos de livros mais falados (ex: A rapariga no comboio).

Desejo nº2 - Não acumular opiniões correndo o risco de depois já não me lembrar do que li ou achei do livro!

Em 2016 sinceramente não sei se irei ler muito em português. Cada vez compro mais em inglês e o meu objectivo é ter practicamente uma estante só com livros em inglês (de preferência em hardcover todos bonitinhos) para isso...há que ler os livros que já habitam há mais tempo na mesma.

Desejo nº3  - Ler principalmente livros comprados em 2013/2014 antes de comprar novos.
Desejo nº4 -  Reler toda a série do Harry Potter.
Desejo nº5 - Pôr em dia todos os livros de Lesley Pease (Já vão 6). 
Desejo nº 6 - Tentar ler 2 livros da Nora por mês. 

Quando ao blog, para além daquilo que já disse o que posso desejar é apenas a continuação do nosso trabalho e do nosso sucesso. Em estatística gostava de acabar 2016 com mais 500 seguidores e mais 800 likes no facebook. E já que sonhar não custa, elevar as visualizações diárias do blog para as 1000. 

Desejo nº 7 - Fazer novos marcadores e pins do blog (haja dinheiro).  

Como a blogsfera é um bairro e aqui somos todos bons vizinhos em 2016 gostava de:

Desejo nº 8 - Ir a muitos almoços livrólicos.
Desejo nº9 - Visitar as nossas e-amigas do Porto.
Desejo nº 10 - Estar com a Ne mais do que 1x por ano!

Estou animada e confiante para 2016...daqui a um ano voltamos a este post e veremos o que cumpri! Boas entradas!


Ne
Tal como 2014, 2015 foi um ano de mudanças, mudanças boas e importantes. Desta vez foi a nível profissional, mas apesar de ter mais tempo livre no segundo semestre do ano andei a investir também nos meus hobbies, para além da leitura, na área da estética e do desporto que me vieram ocupar esse tempo a mais. De qualquer forma, com a chegada do Kobo Aura H2O oferecido por um grupo de amigos as leituras aumentaram exponencialmente e com isso consegui cumprir alguns objectivos a nivel das leituras.

Em contrapartida, não consegui ajudar como eu queria a minha sócia na actualização das nossas rubricas maravilhosas. Nem as opiniões coloquei em dia. Por isso aqui ficam os meus primeiros desejos para o novo ano:

Desejo nº1 - Actualizar as rubricas e as páginas diariamente, se não semanalmente.
Desejo nº2 - Colocar as opiniões em dia, tanto as antigas como as novas.
Desejo nº3 - Contribuir para a evolução do blog, para continuarmos a estar sempre um passo à frente das novidades literárias.

Este ano para mim foi um ano de livros electrónicos e apesar de não contribuirem muito para o comércio, os livros a preços exorbitantes tornam-se difícil de adquirem, principalmente porque antigamente lia um livro mais que uma vez, mas agora já não o faço e por isso não me compensa gastar 20€ em algo que vou usufruir apenas em 2 ou 3 dias. Espero por isso que certas editoras que não aderiram a este tipo de formato que pensem melhor.

Desejo também que e 2015 o nosso aniversário tenha mais apoio de quem nós apoiamos. Com isto não me refiro a seguidores(as) claro, mas sim a quem publica os livros de quem mais falamos e que este ano deram pouco ou nada para nós podermos oferecer. De qualquer forma não vamos deixar de publicar e revelar segredos bem guardados!

Desejo também que consigamos igual ou ainda mais do que conseguimos em 2014, i.e. em termos de seguidores, visitas, comentários, publicações... ou seja, sucesso no que fazemos e para quem nos segue.

Desejo nº4 - Que continuem a ser publicadas certas sagas, como a de Abbi Glines ou a de Kim Harrison.
Desejo nº5 - Chegarmos, no mínimo, às 600000 visitas, aos 2000 seguidores, aos 6000 comentários.
Desejo nº6 - Estar com a Mafi e conhecer pessoalmente as outras meninas.

Claro que a ordem dos desejos não é por ordem de preferência/importância senão este estava no topo.
Para terminar quero agradecer especialmente à minha sócia por tudo - a sua amizade, apoio, compreensão, trabalho, dedicação a este nosso cantinho partilhado. Quero também agradecer, claro, às nossas e-amigas que nos apoiam, tal como às/aos nossas(os) seguidoras(es) pela sua lealdade e às editoras e autores que nos dão que falar por aqui.

Feliz 2016!

30 de dezembro de 2015

29 de dezembro de 2015

A Sair do forno: "Bando de Corvos" de Anne Bishop



É já em Janeiro que chega o 2º volume da nova série da autora Anne Bishop. Continuação de "Letras Escarlates",

Ninguém tem a capacidade de criar novos mundos como Anne Bishop, autora bestseller do The New York Times. Nesta nova série somos transportados para um mundo habitado pelos Outros, seres sobrenaturais que dominam a Terra e cujas presas prediletas são os humanos.
Depois de conquistar a confiança dos Outros que habitam Lakeside, Meg Corbyn teve alguma dificuldade em perceber o que significa viver entre eles. Como humana, Meg deveria apenas ser tolerada como presa, mas os seus dons como cassandra sangue tornam-na algo mais.
A aparição de duas drogas aditivas foi a faísca que desencadeou a violência entre os humanos e os Outros, resultando em mortes para ambas as espécies nas cidades limítrofes. Quando Meg tem um sonho sobre sangue e penas negras na neve, Simon Wolfgard – o líder metamorfo de Lakeside – pergunta-se se a profetisa de sangue sonhou com o passado ou uma ameaça futura.
À medida que as profecias se revelam a Meg, cada vez mais intensas e dolorosas, as intrigas adensam-se em Lakeside. Agora, os Outros e o punhado de humanos que aí residem terão de reunir forças para parar o homem que se assume como o verdadeiro profeta de sangue – e extinguir o perigo que ameaça destruir todos os clãs.


Sai dia 22 de Janeiro 

28 de dezembro de 2015

A Entrar no forno: "This Shattered world" de Amie Kaufman e Meagan Spooner


13138734

O 1º livro - Quando as estrelas caem - até pode ter tido um parto difícil (quase 3 anos para sair cá) mas parece que o segundo já não vai ter o mesmo destino pois a Planeta já tem previsão para o lançamento do 2º livro da trilogia: This shattered word. Este está previsto para Março. 

Fiquem com a sinopse do primeiro livro para que quem ainda não tenha lido não apanhe spoilers!

É uma noite igual às outras a bordo da Ícaro, os passageiros divertem-se. Tarver convida Lilac para ver as estrelas. Então, a catástrofe abate-se sobre a enorme nave de luxo: de súbito é puxada para fora do hiperespaço e despenha-se no planeta mais próximo. Lilac Laroux e Tarver Merendsen sobrevivem.
E estão sozinhos.
Um romance intenso. Uma história de amor. O Titanic distópico.

Continuação de:
Quando as Estrelas Caem (Starbound, #1) 

Opinião Contemporânea: "Pão, Mel e Amor" de Jenny Colgan




Dezembro normalmente é sinónimo de festas e sabemos que com elas chegam também as calorias.  A Quinta Essência decidiu adiantar-se e em Novembro estreou uma nova autora no seu catálogo: Jenny Colgan com o seu livro "Pão, Mel e Amor". Ora com um título tão doce a curiosidade falou muito alto e não resisti em começar logo a lê-lo.

Gosto imenso de romances passados em locais pequenos ou comunidades mais fechadas. Acho sempre imensa curiosidade a todo o ambiente de vila, aos mexericos e às cusquices do costume mas também a ajuda e o ambiente de vizinhança e de família. Foi com muito agrado que percorri as 400 páginas deste romance.

Pão, Mel e Amor (Little Beach Street Bakery, #1)Quando a vida de Polly muda de um dia para o outro, vendo-se sozinha e com uma vontade enorme de recomeçar do zero, fazer várias fornadas de diversos tipos de pão não lhe parece assim tão mau. Afinal sempre foi uma das suas distrações favoritas e se puder tirar algum proveito monetário disso ainda melhor. É mais ou menos assim então que começa a nova vida de Polly, longe da vida citadina, da sua família e amigos mais próximos, longe da sua antiga vida.

Adoro livros relacionados com culinária e comida e este foi uma perdição, admito que de tanto ler sobre pão e bagels, aquando de uma passagem pelo supermercado tive de trazer uns bagels, tudo por causa deste livro!

Passando à minha opinião do enredo, gostei claramente como já devem ter notado contudo achei que o livro esticou-se em demasia e que a autora realmente não tinha muito por contar e portanto foi introduzindo personagens secundárias e plots secundários só para prolongar a trama. Gostei da estória da antiga padeira da vila e gostei bastante da inclusão da pesca e dos pescadores no livro, principalmente por a actividade pescatória ser tão importante no nosso país e portanto o livro teve outro sabor. Ouve situações que me pareceram mesmo desnecessárias e que senti que estavam ali só para encher o livro mas no final acho que quase tudo teve o seu propósito, seja o romance da Polly com o pescador ou a aparição súbita do ex-marido a pedir-lhe uma segunda oportunidade.

Achei muita coincidência a estória de vida do Huckle ser tão semelhante à da Polly, faltou um bocadinho de imaginação e aquela parte de "gosto tanto de ti mas não vou admitir" que só traz ainda mais confusão, só fez-me revirar os olhos. Às vezes os adultos são bem complicados.

O melhor...deixei para o fim: o Neil! Eu nunca pensei que pudesse gostar tanto de uma personagem que fosse um animal, ainda por cima uma ave do mar mas eu amei a relação da Polly com o seu bichano, ai que coisa fofa!

Já vi que o livro tem continuação e que o segundo livro parece trazer mais intriga e segredos à vida da Polly portanto só desejo que a tradução chegue rápido a Portugal.

Uma curiosidade, nas minhas pesquisas descobri que a autora já tinha um livro publicado cá em Portugal pela Editorial Presença com uma capa linda,atentem só:

Casamento de Amanda (O) - Ampliar Imagem

Linda certo? É que fica-se com uma vontade louca de ler o livro (NOT).

Não se esqueçam que podem ganhar este livro, é só participarem neste passatempo !

Livro lido em formato digital no Cybook Muse Frontlight da Bookeen.

Polly Waterford está a recuperar de um relacionamento tóxico. Incapaz de pagar a prestação do apartamento, tem de se mudar para longe de toda a gente que conhece, e vai parar a uma pequena estância balnear sonolenta, onde vive sozinha por cima de uma padaria abandonada.
Polly começa então a sublimar as frustrações no seu passatempo favorito: fazer pão. O que antes era uma ocupação de fim de semana torna-se de repente muito mais importante, à medida que ela extravasa as suas emoções no amassar e no bater da massa, e o pão se vai tornando cada vez melhor. Com nozes e sementes, azeitonas e chouriço, com mel da região (cortesia do belo apicultor, Huckle), e com reservas de determinação e criatividade que Polly nunca julgou ter, ela coze e coze e coze... E as pessoas começam a ouvir falar disso. 

Primeiras Impressões: "Angelfall" de Susan Ee



Ahhhhh
Onion Head Emoticons 46
(esta sou eu depois de acabar o Angelfall)

Gentxiiii  como isto não está publicado cá?! Shame on you editoras portuguesas! Uma das boas surpresas dos últimos tempos, uma trilogia distópica cheia de acção, uma protagonista óptima e um romance que (ainda e espero que não tenha) um triângulo amoroso.. yupi!!
Onion Head Emoticons 12

Na foto está o 1º e o 3º livro, o 2º ainda não o tenho mas deverá ser uma das compras de Janeiro de certeza. Adoro a simplicidade da capa do primeiro livro tendo apenas o título do livro e o nome da autora, sem aquelas frases clichés (que o da direita já tem) A capa tem tudo a ver com o livro, mesmo sendo um livro sobre anjos, as asas são algo com grande importância no "Angelfall" e vendo que o mesmo motivo repete-se nas capas seguintes presumo que estas continuarão a ter protagonismo durante toda a trilogia. 



O primeiro livro já está lido e portanto aguardem pela opinião...em 2016. 

Voltei a gostar de um livro com anjos yeah!
Onion Head Emoticons 31

27 de dezembro de 2015

25 de dezembro de 2015

Origem: "First comes love" de Katie Kacvinsky



Muito amor aqui nesta origem como podem ler e ver!

Young couple kissing12180204

Like his name, Gray is dark and stormy. Dylan, a girl who is seemingly unable to settle down, is the exact opposite: full of light and life. On the outside, they seem like an unlikely couple. But looks can be deceiving, and besides, opposites attract. What starts as friendship turns into admiration, respect, and caring, until finally these two lone souls find that they are truly in love with each other. But staying in love is never as easy as falling in love. If Dylan and Gray want their love to last, they're going to have to work at it . . .

Um Doce e Feliz Natal

O ADPOC e as suas gulosas desejam vos a todos e todas um mágico natal cheio de livros embrulhados com papel de embrulho e fita cola.

Cuidado com os doces senão podem ficar triabéticos!

Beijinhos muito grandes da Ne e da Mafi

23 de dezembro de 2015

Primeiras Impressões: "Another Day" de David Levithan



Um miminho que me chegou numa troca secreta de Natal do grupo Sinfonia dos Livros! Fiquei tão contente *.* Obrigada Carla!

Gosto desta capa mas não tanto quanto a primeira. Claro que falo da original e não da portuguesa que essa mete medo ao susto! Perguntei à Topseller quando ia sair este em português mas como parece-me não haver previsão já decidi que vou comprar o primeiro em inglês e reler, e de seguida leio este, que para quem não sabe não é bem uma continuação do primeiro livro mas sim a mesma história mas agora de outro ponto de vista. 


E vocês por aí, gostam de ler a mesma história de outro ponto de vista, ou acham estes livros desnecessários?

Sinopse de "A cada dia"

A cada dia um novo corpo. A cada dia uma nova vida. A cada dia o mesmo amor pela mesma rapariga.
A cada dia, A acorda no corpo de uma pessoa diferente. Nunca sabe quem será nem onde estará. A já se conformou com a sua sorte e criou regras para a sua vida:
Nunca se apegar muito. Evitar ser notado. Não interferir.
Tudo corre bem até que A acorda no corpo de Justin e conhece Rhiannon, a namorada de Justin. A partir desse momento, as regras de vida de A não mais se aplicam. Porque, finalmente, A encontrou alguém com quem quer estar a cada dia, todos os dias.


A Sair do forno: "Protege o teu amor" de J.C. Reed

28448616

É já em Janeiro que sai o 3º livro desta trilogia!

Uma mulher que se entregou ao amor.
Um homem capaz de tudo para a proteger.
Duas vidas postas à prova… e os últimos segredos desvendados.
Ninguém seduzira Brooke Stewart como Jett Mayfield, o homem que a atraiçoou. Ela sabe que não devia voltar para os seus braços, só que Jett é irresistível, e não tem qualquer intenção de a libertar. Juntos poderão ter um futuro promissor… mas é impossível esquecer o passado. Quando emergem segredos obscuros, tudo aquilo por que Brooke e Jett lutaram pode acabar. Terá Jett uma derradeira oportunidade ou perderá Brooke para sempre?

Continuação de:
 

A proteger dia 7 de Janeiro!

22 de dezembro de 2015

Origem: "Across the Universe" de Beth Revis



É impressão minha ou separaram-nos ali um bocado?

8235178Studios photo of passionate couple. Toned.

Seventeen-year-old Amy joins her parents as frozen cargo aboard the vast spaceship Godspeed and expects to awaken on a new planet, three hundred years in the future. Never could she have known that her frozen slumber would come to an end fifty years too soon and that she would be thrust into the brave new world of a spaceship that lives by its own rules.
Amy quickly realizes that her awakening was no mere computer malfunction. Someone - one of the few thousand inhabitants of the spaceship - tried to kill her. And if Amy doesn't do something soon, her parents will be next.Now Amy must race to unlock Godspeed's hidden secrets. But out of her list of murder suspects, there's only one who matters: Elder, the future leader of the ship and the love she could never have seen coming.

21 de dezembro de 2015

A Sair do forno: "Um encontro muito ousado" de Emma Wildes




Depois de Tentadora ao Cair da Noite, um novo livro com duas histórias paralelas, onde o amor e o suspense se entrecruzam.

Um passado imoral é uma maldição e uma bênção.

Lorde Joshua Dane é um homem com um passado perverso.
Um romance apaixonado com a mulher errada conduziu-o a um duelo escandaloso, marcou-o como um patife e levou-o a abandonar Inglaterra.
Agora que a guerra acabou e regressou, contando que a desaprovação implacável da sociedade se tenha aplacado, o destino prega-lhe de novo uma partida.
Quando a irmã foge com um canalha, ele intervém, mas os sussurros obstinados que se seguem podem de novo ditar o seu futuro.
Lady Charaty não tinha muita escolha quando tenta evitar um desastre, mas a acção acaba por se transformar numa série de escândalos que podem destruir a sua reputação.
Ela é inocente e Lorde Joshua decerto não pediu uma calamidade, mas são ambos apanhados num turbilhão de mal-entendidos.
Mas com o desenrolar dos acontecimentos percebe que os segredos obscuros que esconde são complexos e uma ameaça paira não só para ensombrar alguma felicidade possível mas talvez mesmo contra as suas vidas...
Sai dia 6 de Janeiro!

Continuação de:

20 de dezembro de 2015

Opinião Contemporânea: "Um verdadeiro príncipe" de Suzanne Brockman



Não sei se sou eu que ando a começar a ficar enjoada do YA (omg é o fim do mundo em cuecas) mas a verdade é que ando a pegar em livros contemporâneos adultos e acho que tenho feito escolhas acertadas.

Esta foi mais uma delas. O livro já habitava na estante também há mais de 1 ano e apesar de ser de bolso e da harlequin levou quase 5 dias a ser lido pois a estória era mais detalhada do que eu pensava. Foi a minha estreia com a autora e posso dizer que pelo menos irei ler o outro livro que tenho dela por cá (que nem sei se pertence ou não a esta série). Vi agora que é o 3º e que a série no seu original tem 11 livros. 

Um verdadeiro príncipe"Um verdadeiro príncipe" apresenta-nos Joe, um oficial SEAL que após uma missão arriscada em território de guerra é convidado gentilmente para a sua missão mais difícil: fazer-se passar por um princípe que curiosamente tem muito das suas semelhanças físicas (ou vice-versa). No meio disto tudo, claro que viverá um romance com a assistente do príncipe, Veronica.

Começando pelo que gostei, no geral foi uma leitura que me entreteve em viagens de transportes e tudo o que me distraia da rotina de Lisboa já é um ponto positivo. Não posso  dizer que tenha adorado o livro porque isso não aconteceu. Até fiquei surpreendida com o rumo que o livro tomou. Esperava muito mais cenas de sexo que não aconteceram e ainda bem pois isto é um falso julgamento e um preconceito que toda a gente tem com os livros da Harlequin; que são todos eróticos. Este é um bom exemplo de um livro que no geral tem umas 5 cenas sexuais e tudo até bem escrito (dentro do possível). Como disse fiquei surpreendida por o romance ter demorado tanto tempo a acontecer, a autora levou o seu tempo a introduzir o plot e só depois centrou-se no romance entre as personagens. Gostei que o livro não andasse à volta do romance entre o Joe e a Veronica e que se centrasse mais no enredo principal, fazer do Joe uma imitação perfeita do Príncipe.
Quanto ao que não gostei, não tive grande paciência para as indecisões amorosas do Joe e da Veronica e dos seus males entendidos. Outra coisa que me fez confusão é ler estes livros que são contemporâneos mas que já têm 20 anos e ver como tanto mudou em duas décadas. Aquando do lançamento deste livro (1996) aqui fala-se em faxes, pagers e ainda é mencionado o presidente dos USA, o Bill Clinton! Apenas faz confusão porque hoje em dia sabemos que ninguém usa fax, as gerações mais jovens nem sabem o que é um pager e muito menos quem é o Bill Clinton. Mas a culpa disto é da Harlequin que edita livros do século passado! As últimas cenas finais com o Joe a fazer o acto heróico do século também era desnecessária mas enfim, deu para perceber a ideia do herói salvar a donzela em apuros. 
O que me fez impressão foi a menção a grupos terroristas e temos de ter em atenção que na altura em que o livro foi publicado (1996) ainda nem tinha acontecido os ataques às torres gémeas e hoje em dia o terrorismo é um assunto mediático. Dá que pensar. 

Resumindo, um livro pequeno em tamanho mas que até consegue ter algum sumo no seu conteúdo sem ser o típico romance banal da harlequin. 
A sua missão aparentemente fácil revelara-se… quase impossível! Veronica St. John enfrentava o maior desafio da sua vida. Em apenas dois dias, tinha de ensinar a um desagradável membro das Forças Especiais do Exército como agir para se fazer passar por um príncipe europeu que estava a ser ameaçado por um grupo de terroristas. Era uma missão complicada, no entanto Veronica tinha a certeza de que conseguiria concretizá-la… até conhecer Joe. Apesar de fisicamente ser muito parecido com o bonito príncipe, o tenente Joe Catalanotto não tinha nada a ver com o afectado aristocrata. Tudo nele, desde a arrogância dos seus olhos ao seu sotaque nova-iorquino, demonstrava que era um homem normal, não um príncipe. Apenas com um encontro, Veronica soube que seria impossível transformá-lo num membro da realeza. Pelo contrário, Joe estava completamente convencido de ter tudo o que era necessário para levar a bom porto aquela missão.

19 de dezembro de 2015

Origem: "Sabor" de Katherine Garbera



Este já foi lido e adorado pelas duas meninas do ADPOC (Ne e Mafi), portanto não podia faltar a sua origem.

Ateş Ve Buz - Julie Garwood:

Ingredientes: Somente os maiores talentos da culinária são selecionados para participar do reality show Premier Chef. Staci Rowland chegou da Califórnia preparada para mostrar que até a chef com aparência mais frágil é capaz de manejar perigosamente uma faca afiada. Para equilibrar o sabor agridoce, acrescente Remy Cruzel. Picante, quente e sedutor, ele vem de uma das famílias mais badaladas do Sul, cuja especialidade é a tradicional cozinha cajun. Mas Remy está ansioso para mostrar que seus méritos excedem o sobrenome famoso...
Modo de preparo: Coloque Staci e Remy em competição direta e presos na mesma casa. Deixe a atração inicial atingir o ponto de fervura e rapidamente aumente o fogo até transbordar um caso flamejante. Atenção! Como todos os ingredientes raros, Staci e Remy possuem segredinhos. Você vai querer acompanhar o preparo dessa deliciosa receita de prazer até o final!

16 de dezembro de 2015

Pilha Cerebral: "Book Haul de Novembro"



Chegou atrasado mas aqui está o meu book haul de Novembro!


Foi a loucura! E faltam 1 na foto, o 1º da escola do bem e do mal que me esqueci de meter na foto!

Bem a maioria foi comprado usado na Amazon e no Awesomebooks e feitas as contas assim muito por alto acho que devo ter gasto cerca de 40€ nos 7 livros usados. Nada mau hein?! 

E não pensem que isto é só comprar, comprar e nada de ler! Já vou começar o Angelfall da Susan Ee e alguns livros desta pilha já vão ser postos de lado para Janeiro!

E vocês que compraram em Novembro?!

O bookhaul de Dezembro promete ser maior que este...medo!

Origem: "Accordance" de Shelly Crane



Primeiro foi o primeiro, agora o segundo.
A Ne já o leu, mas ainda não lhe apeteceu escrever a opinião.

Accordance by Shelly Crane:

In the sequel, Maggie learns much more about all the strange things that happened to her, and has to face new ones. She rebels against it, but ultimately, must face it for her new families sake and maybe even her life. Bish went from being her biggest supporter to her biggest pain in the butt and Kyle's intentions to attract her interest may not be so innocent. Caleb and Maggie face many new obstacles together and fight to work through them but will one that should be a good thing be too much for Maggie to handle?

15 de dezembro de 2015

Doce do Momento. "My true love gave to me" de vários autores


22914373

Para além do Vendetta, comecei a ler este livro de contos! Tem alguns autores que adoro (Ally Carter, David Levithan, Gayle Forman) e outros que não gosto assim tanto mas espero gostar deste livrinho! 


13 de dezembro de 2015

Origem: "Significance" de Shelly Crane



Este casal anda por imensos capas. Vocês também gostarem dele?
E aquela tatuagem no braço dele? Gostaram do toque "rebelde"?
A Ne já leu e opinou. Podem relembrar aqui.

Jennifer L. Armentrout  - Oniks:

Maggie is a seventeen year old girl who's had a bad year. Her mom left, her dad is depressed, she's graduating, barely, and her boyfriend of almost three years dumped her for a college football scholarship. Lately she thinks life is all about hanging on by a thread and is gripping tight with everything she has.Then she meets Caleb.She saves his life and instantly knows there's something about him that's intriguing but she is supposed to be on her way to a date with his cousin. But things change when they touch, sparks ignite. Literally. They imprint with each other and she sees their future life together flash before her eyes. She learns that not only is she his soul mate, and can feel his heartbeat in her chest, but there is a whole other world of people with gifts and abilities that she never knew existed. She herself is experiencing supernatural changes unlike anything she's ever felt before and she needs the touch of his skin to survive. Now, not only has her dad come out of his depression to be a father again, and a pain as well, but Caleb's enemies know he's imprinted and are after Maggie to stop them both from gaining their abilities and take her from him. Can Caleb save her or will they be forced to live without each other after just finding one another?

12 de dezembro de 2015

Passatempo Especial Aniversário: Cupcakes Cruzados


Último passatempo gulosos e gulosas!!!! Preparados(as)?

As regras são as mesmas de sempre e por esta altura já as sabem de cor.
Toca a preencher os espaços e a enviar-nos as vossas respostas. Aproveitem para pedir ao Pai Natal que vos dê muita sorte para ganharem o livrinho que a Joana Gonzalez tão querida nos/vos ofereceu. Não se esqueçam de passar pelo blog da Joana - As Histórias de Elphaba - e tornarem-se seguidores. Ou deixem o vosso like na página do facebook .

A prendinha deste passatempo é:

Dicas:
1. Autora mais referenciada no ADPOC
2. O nome próprio de uma das fundadoras deste cantinho muito doce. Errata: Não contem com o primeiro quadradinho desta alínea. Por aqui já nem se sabe escrever o seu próprio nome :P 
3. Uma das rubricas mais recentes (plural)
4. Os docinhos que adoramos devorar!!!!!!!
5. São as nossas Pilhas (singular)
6. Quantos anos fazemos?
7. Onde apontamos os nossos desejos (rubrica)
8. Temos diários sobre isto (rubrica)
9. De onde saem as nossas novidades portuguesas (rubrica)
10. Rubrica mensal com 2 sabores, renovada em Novembro
11. ______ de situação (rubrica)

E que tal? Nada mais fácil pois não? Então bora lá juntar todos os ingredientes e pôr o bolo a fazer para podermos soprar as velas e comer uma fatia gigante!

Obrigada a todos e todas que nos acompanharam ao longo dos 3 anos, ao longo deste ano e ao longo deste dia tão especial. E já agora, obrigada Joana pela colaboração! :)