28 de fevereiro de 2015

Pilha Cerebral: Tão pequena quanto o mês!



E aqui estão as aquisições da Mafi durante o mês de Fevereiro!

O da Paula Pimenta veio cá para casa porque a série está quase concluída e nem são livros muito caros (andam à volta dos 13euros)

Os outros dois vieram pela Wook numa promoção que eles fizeram. O da Nora foi comprado já a pensar no desafio e vai ser lido brevemente!

E vocês? que compras fizeram este mês? 

Origem: "Uma nova esperança" de Colleen Hoover


Para esta edição do Origens nem foi preciso sair da rubrica! A sua origem já tinha aparecido no 8ª post das internacionais e foi só ir confirmar se era a mesma! ^_^ 


Posts relacionados:

Opinião Contemporânea: "Um mais um" de Jojo Moyes



Apesar de ser uma autora com já alguma fama, foi há dois ou três anos que JoJo Moyes tornou-se numa das autoras favoritas de muita gente depois de ter lançado o livro "Viver depois de ti" que irá para os cinemas ainda este ano. Após esse lançamento já publicou mais livros, todos eles com muito boas opiniões. 

A autora realmente cresceu como escritora e como alguém que leu as suas obras antes e depois do "Viver depois de ti" percebe essa evolução ao longo destes anos. 
Com o lançamento do seu novo livro, a expectativa era não era grande, era enorme. A sinopse parecia ser fantástica e o resultado final não desiludiu em nada.

Um mais um"Um mais um" ainda sem publicação em Portugal (espero que não demorem muito) fala de uma família caótica, inadequada em todos os aspectos. Jess é uma mãe solteira, que tenta dar aos seus filhos a estabilidade que precisam nas suas vidas. É uma mulher optimista e determinada, nada lhe parece afectar, e se realmente a afectar, faz tudo com um sorriso no rosto e segue em frente.

Ed Nicholls é um génio informático que sem qualquer intenção maldosa acaba por ver-se numa grande polémica que lhe poderá custar a sua profissão e uns bons anos de vida. Os dois acabam juntos numa viagem até a uma olimpíada de matemática em outro país. A juntar à equação (sem trocadilhos) temos Tanzie (ou Constanza) uma menina que gosta mais de matemática do que bonecas e Nicky, um rapaz meio gótico e que todos pensam que é problemático, mas que no fundo apenas ainda não encontrou ninguém com quem se identificar. Ah e não nos esqueçamos de Norman, o cão da família descrito 'tão grande como uma vaca".

Todas as personagens são honestas e reais e é logo o primeiro impacto que temos ao ler o livro. Que esta é uma história que podia perfeitamente ser real. O livro é contado dos quatro pontos de vista (Jess, Nicky, Ed e Tanzie) e Moyes fez um trabalho notável com a caracterização de cada um. Em nenhum momento as vozes das personagens se confundem. Apesar dos capítulos estarem identificados por quem está a narrar, mesmo que não tivessem seria bastante fácil perceber a voz da personagem. Com os diferentes pontos de vista, a autora consegue mostrar uma das muitas qualidades como escritora, não é fácil escrever um livro com tantos POVS sem que se torne confuso, mas Moyes fá-lo de forma exemplar. 

Ainda em relação às personagens, há que analisar a atitude de cada uma e toda a mensagem que o livro transmite. Esta família é desajustada e como tantas outras famílias deste tipo, a maior parte das vezes, parece que nada de bom acontece. Jess mostra que é sempre bom fazer o certo e que tudo o que fazemos de bem temos em retorno, embora em muitas vezes isto não aconteça e ela própria admita que de vez em quando a vida prega-nos uma partida. Mas é importante realçar que a atitude de "nunca desistir" está presente em todo o livro. 

Outro ponto bastante positivo é o facto de mais de metade do livro passar-se em viagem. Adoro livros de viagens e viagens com estranhos ainda melhor. Foi giro ir lendo todas as peripécias que lhes iam acontecendo e ficar de coração apertadinho quando nada corria bem. 

"Um mais um" é de facto um livro fantástico, não há nada de negativo que lhe possa apontar. Tem drama, romance, comédia. A escrita da autora está cada vez melhor e as personagens fazem o livro. Não digo apenas só a Jess ou o Ed, mas todos. É um livro aconchegante que nos mostra uma pequena família com problemas e um amor que se desfez mais rápido do que começou. Que nos mostra que a vida tem uma série de obstáculos mas que a maioria deles podem ser contornados e é possível seguir em frente. Para mim é melhor que "Viver depois de ti" e é até agora, o livro favorito de 2015!
Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou.
Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno gênio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá?
Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de praia por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente —, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio.
Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.

Pilha Cerebral: Arco-íris de Fevereiro



smittenheart2

A nossa Raquel do Readings Sunshine teve um mês em grande!entre livros em português e inglês, desde o YA até aos mangas, em Fevereiro chegaram a casa dela um pouco de tudo!

Obrigada Sunshine!
hug


27 de fevereiro de 2015

A Sair do Forno: "Novos Começos" de Robyn Carr



Novos começos

Em Março, a Harlequin publica mais um livro da série "Virgin River"! Este é o 13º livro da série,apesar de ser apenas o nono a ser publicado em Portugal, visto a editora ter saltado alguns livros, mas que não têm muita interferência na ordem da série.

Segundo um velho ditado, quando se fecha uma porta, abre-se uma janela, e isso acontece em Virgin River como em nenhum outro lugar do mundo.
Depois de passar anos em ranchos na zona de Los Angeles, Clay Tahoma estava muito feliz por ser o novo assistente veterinário de Virgin River. A beleza selvagem daquela povoação isolada era cativante para um índio navajo como ele, e todos o receberam de braços abertos… todos menos Lilly Yazhi.
Lilly já tinha lidado com uma grande quantidade de homens fortes, calados e tradicionais na sua própria comunidade índia, e não tinha vontade de aguentar mais. Estava convencida de que aquele primitivo e sexy atrativo de Clay não era mais do que um estratagema para iludir mulheres supérfluas como a sua ex-mulher. Era inegável que se tratava de um homem muito habilidoso com os cavalos, mas não estava disposta a permitir que a controlasse. Só havia um pequeno problema: não conseguia evitar sentir-se atraída por ele.
Mas em Virgin River, tanto a fé num novo começo como o poder do amor, conseguiam que se abrissem portas por todas as partes…


A recomeçar a 10 de Março! 

Opinião Contemporânea: "Sabor" de Katherine Garbera





Sabor é o primeiro volume de uma colecção da Harlequin brasileira, uma das longaaaaas. Aqui, e só descobri quando terminei este ebook, cada livro pertence a uma autora diferente e em nada estão ligados. Penso que no máximo se repetem autoras, mas como até este momento só li três e investiguei o quarto...
Após a leitura da opinião da Mafi, este livro sempre esteve ali no cantinho dos "um-dia-tenho-que-o-ler" e quando estava num momento parado lembrei-me de ir ver que ebooks é que tinha no telemovel e qual deles é que me ajudaria a matar o tempo. Ora este pequeno ebook foi o seleccionado, mas apesar de pequeno meteu aqui o bichinho e eu não o consegui parar de ler, nem quando o terminei!
Adorei a temática da cozinha. Este livro é tipo MasterChef, mas focado só em dois concorrentes, nos seus segredos e no seu romance.
Este livro também poderia estar caracterizado como Romance Erótico, mas apesar de ter achado aquela cena ao ar livre na cadeira (excelente!), aqui o que conta é mesmo o desenrolar da situação entre Staci e Remy e não as cenas sexuais. Portanto: Romance Contemporâneo com algumas cenas, poucas mas boas, sexuais.
Os ingredientes principais são o drama e a doçura. Achei este casal tão querido e com tanto sexappeal! As faiscas quase se sentem e a autora descreve muito bem o que cada um provoca ao outro. Depois foi só colocar-lhe muitas ameaças de drama e o drama final, outros personagens secundários com a sua personalidade própria, um pouco de culinária e voilá. Um romance curto mas condensado que nos satisfaz durante um dia ou dois e nos deixa com vontade de mais.
O que não gostei: uma ou outra divergência com outro concorrente. Achei-as um pouco forçadas, mas pelo menos deu para distrair do romance central.

Ingredientes: Somente os maiores talentos da culinária são selecionados para participar do reality show Premier Chef. Staci Rowland chegou da Califórnia preparada para mostrar que até a chef com aparência mais frágil é capaz de manejar perigosamente uma faca afiada. Para equilibrar o sabor agridoce, acrescente Remy Cruzel. Picante, quente e sedutor, ele vem de uma das famílias mais badaladas do Sul, cuja especialidade é a tradicional cozinha cajun. Mas Remy está ansioso para mostrar que seus méritos excedem o sobrenome famoso...
Modo de preparo: Coloque Staci e Remy em competição direta e presos na mesma casa. Deixe a atração inicial atingir o ponto de fervura e rapidamente aumente o fogo até transbordar um caso flamejante. Atenção! Como todos os ingredientes raros, Staci e Remy possuem segredinhos. Você vai querer acompanhar o preparo dessa deliciosa receita de prazer até o final!

Rubrica: "Nas Prateleiras"


Como prometido aqui está a mais recente rubrica do ADPOC! 
yay 2

E em que vai consistir esta rubrica? Vejam-na como se fosse um pré-a entrar no forno. Por aqui iremos revelar capas e novos livros de autores já publicados em Portugal, e que poderão ver ou não nas prateleiras das livrarias e dos supermercados do nosso país.

Não nos responsabilizamos pelas vossas listas aumentarem! Só queremos dar-vos a conhecer novos livros :innocent: 

Vamos então começar?
:twirl:


26 de fevereiro de 2015

Primeiras Impressões: "Sonhos Tornados Realidade" de Nora Roberts




Bem, a Harlequin tem estado em força aqui pelo ADPOC. Não sei se é pelo nosso desafio ou não, mas aqui fica mais uma aquisição que se tornará leitura brevemente.
A Titinha já me reduziu um pouco a curiosidade, mas depois do que estou a ler acho que é a este mesmo que me vou atirar, nem que seja para o tirar da pilha dos não lidos para os lidos.
A sinopse fala-nos de um personagem masculino arrogante, da parte feminina não acrescenta grande coisa. A capa também não me cativou muito e não digo isto pela imagem estar torta!

Vamos ver o que está reservado entre esta capa e a sinopse.
David Katcherton, um homem atrevido, seguro de si mesmo e arrogante, entrou na vida de Megan Miller e remexeu sentimentos que tinham permanecido adormecidos. Megan não queria ter nada a ver com Katch e menos ainda depois de saber que ele queria comprar o negócio do seu querido avô, mas Katch era um homem que nunca aceitava um não como resposta. E tinha posto os seus olhos em Megan.
Megan não estava disposta a apaixonar-se por aquele estranho tão irritante e tão irresistível que se intrometera na sua vida. Contudo, Katch era mais complexo do que imaginara e, enquanto a desafiava a que se atrevesse a tornar os seus sonhos realidade, também despertava nela paixões desconhecidas. Megan não sabia qual das duas coisas lhe dava mais medo…
 

Doce Re-aquecido: "A Dama Negra" de Nora Roberts




O primeiro doce a ir para o microondas aqui no Algodão Doce para o Cérebro é A Dama Negra de uma das nossas escritoras preferidas.
Ora este livrinho entrou no microondas da Saída de Emergência e saiu com nova cara. Querem ver?


Para quem já tem em casa a edição de 2007 e não quiser repetições, cuidado!

Primeiras Impressões: "Sete minutos depois da meia noite" de Patrick Ness


1º livro da lista de desejos!
Eu já tinha intenções de comprá-lo, depois soube que era a versão ilustrada e fiquei com ainda mais vontade...e dps veio a promoção da wook com 20% de desconto! Claro que aproveitei!
Como tinha quase 8 euros em PPL decidi abater sobre este livro e outro e pelo valor que paguei a dividir pelos dois, este livrinho veio para casa por 3euros e tal!

Contudo a versão é diferente do que esperava, o livro não tem abas e portanto a capa é mais frágil. Mas o melhor é que o papel é daquele plastificado tipo fotográfico não sei o nome ao certo,  
E com isso as ilustrações ficam muito melhores!


Estou muito curiosa com ele e espero lê-lo em Março!

A Entrar no Forno: "You, Me and other People" de Fionnuala Kearney



23019141

Publicado em 2015, a edição portuguesa de "You, me & other people" da autora estreante Fionnuala Kearney chegará a terras portuguesas pela mão da Jacarandá que comprou os direitos do livros. Ainda não há previsão de lançamento em Portugal. 

"You, me and other people" conta um drama familiar de Adam e Beth, cujo divórcio não foi só o fim da sua relação mas um começo para o casal. Separados, Beth tenta descobrir quem ela é sem o marido - até o seu mundo começar a ruir - nunca imaginando estar tão moldada para encaixar na vida de Adam. À medida em que tenta seguir em frente com a sua vida, novos segredos e mentiras sobre o passado de Adam, são descobertos e estão prestes a mudar tudo de novo - não apenas para ele, mas também para a filha adolescente, Meg. e para um conjunto de pessoas em que eles pensavam que podiam confiar...

Curiosos? 

25 de fevereiro de 2015

A Sair do Forno: "Só se ama uma vez" de Johanna Lindsey



A ASA continua a apostar em séries românticas de autoras conceituadas lá fora. Desta vez é Johanna Lindsey que chegará ao mercado português com "Só se ama uma vez."

Regina Ashton já recusou tantos pretendentes à sua mão que a alta sociedade londrina a considera uma snobe sem coração. Não podiam estar mais enganados. Órfã desde cedo, Regina é a sobrinha superprotegida de Lord Edward e Lady Charlotte Malory, a quem é muito difícil agradar. Aos olhos dos tios, nenhum dos jovens candidatos é suficientemente bom. Cansada de tão infrutífera busca, a jovem sai de casa numa noite escura, decidida a informá-los de que não pensa casar… nunca! Mas o seu plano coloca-a no sítio errado à hora errada, e é raptada por engano. A sua ira perante a arrogância do raptor, Nicholas Eden, vai inesperadamente dar lugar a sentimentos contraditórios de paixão e vergonha. Aquela noite não mais lhe sairá da cabeça.
O Visconde Nicholas Eden também tinha um plano: dar uma lição à sua amante descontente, raptando-a ao abrigo da noite. Não contava enganar-se na pessoa e arruinar a reputação de uma menina de família. Mas agora, movido pelo desejo mais desenfreado que alguma vez sentiu, é a custo que reconhece que nunca poderá casar com Regina, apesar do escândalo que paira sobre eles.
Implacável, é o destino que os uniu a afastá-los irremediavelmente, ainda que ambos saibam que um amor assim só se vive uma vez…
A desejar dia 24 de Março 

Doce do Momento: "Um Amor Para Sempre" de Nora Roberts



Summer Lyndon, uma chefe mundialmente famosa, especializada em pastelaria, encontrava-se no auge da sua carreira quando recebeu uma oferta muito interessante do magnata hoteleiro Blake Cocharan, para gerir o restaurante de um luxuoso hotel de Filadélfia.
Não havia nenhuma razão para que Summer aceitasse um cliente tão presunçoso e arrogante como Blake, mas Blake era um desafio e Summer nunca virava as costas a um desafio. Contudo, à medida que ia confraternizando com o seu irresistível chefe, Summer via posta à prova a sua lendária força de vontade.

Nova Rubrica: Doce Re-aquecido




Esta rubrica ainda está a cozinhar porque a única coisa que temos a certeza sobre ela é o seu objectivo - apresentar-vos capas re-editadas pelas editoras com nova cara ou até novo título.
Estes posts não vão só servir para curiosidades, mas também para prevenir compras erradas por não saberem que aquele livro que saiu este mês é o mesmo que têm na segunda prateleira da vossa sala.
Por isso se notarem também aqui uma alteração do nome da rubrica não se espantem.

Como sempre ficamos à espera da vossa opinião/comentário ou até do vosso contributo.

Esperamos que gostem!

P.S. - Brevemente outra nova rubrica.

Doce do Momento: "Suave" de Lori Wilde






Desesperado para provar a sua ex que é capaz de ser um homem sério, o bilionário Jeb Whitcomb passou um ano se dedicando a projetos filantrópicos e em (quase) celibato.
Agora, é um homem novo. Mas quando recebe notícias de que o amor de sua vida aceitou se casar com outro, iça as velas de seu barco e parte. Ele tem apenas quatro dias para cruzar o oceano e impedir a cerimônia. Já em alto-mar, Jeb descobre uma passageira clandestina... Ninguém menos do que Haley French, a única mulher capaz de fazer um homem regenerado como ele se comportar muito, muito mal! E ela está furiosa! Haley escapou de sua disciplinada rotina de enfermeira por uma única noite, e agora está velejando em direção à Flórida na companhia de um playboy com quem teve um casinho rápido. Dentro da embarcação, Jeb e Haley não tem como evitar o forte magnetismo sexual que os liga.
Durante quatro dias entre o céu e o mar, nada mais terão a fazer senão aproveitar o suave embalo das ondas…

24 de fevereiro de 2015

A Sair do Forno: "Incontrolável" de Sylvia Day




A nossa Day deve vender como água! Em Março para além de Atraída, chega-nos também Incontrolável mas desta vez pela Quinta Essência!

O amor surge onde menos se espera
São o casal mais escandaloso de Londres. Isabel, Lady Pelham, e Gerard Faulkner, marquês de Grayson, são iguais em tudo: nos seus apetites sexuais, nos seus amantes constantes, na sua inteligência, nas reputações provocadoras e na recusa absoluta de arruinar o seu casamento de conveniência apaixonando-se um pelo outro. Isabel sabe que um rapaz tão encantador jamais lhe interessará e que nunca conseguirá influenciar o coração de libertino dele. É uma farsa muito agradável… até que uma surpreendente reviravolta tira Gerard do seu lado.
Agora, quatro anos mais tarde, Gerard regressou a casa para junto de Isabel. Porém, o homem despreocupado e travesso que partiu foi substituído por um homem taciturno, poderoso e irresistível que está decidido a empregar a sedução para conseguir o seu afeto. Desapareceu o companheiro despreocupado que partilhava a sua amizade e nada mais, e no seu lugar está a própria tentação… um marido que deseja o corpo e a alma de Isabel, e que não se deterá diante nada para conquistar o seu amor. Não, este não é o homem com que se casou. Mas é o homem que pode por fim roubar-lhe o coração…

Incontrolável em Março!  

Doce do Momento a duas: "Lento" de Leslie Kelly



Chegou o dia de sorte de Maddy Turner. Em um lance ousado, a comportada garota da alta sociedade arrematou Jack Wallace, e o terá inteirinho à sua disposição... Entretanto, ela conhece bem a (má) fama de sua mais nova aquisição, e seu verdadeiro intento é mantê-lo a distância. Isto é, se ela conseguir resistir à tentação que já dominou todos os seus sentidos. Maddy finalmente se entrega a uma noite de sexo selvagem, deixando Jake encantado... e desorientado. Jake precisa desvendar os segredos de Maddy, o que ele fará acariciando lentamente cada centímetro da pele dela…

A Sair do Forno: "Cress" de Marissa Meyer



Está quase a chegar :D 

Se vibrou com «Cinder» e com «Scarlet», prepare-se para mais um livro da série Crónicas Lunares. Em «CRESS», vai ficar conhecer a história futurista do conto clássico de Rapunzel e, em simultâneo, vai continuar a seguir as aventuras de duas personagens já conhecidas: Cinder e Scarlet!

Este não é o conto de fadas de que se lembra. Mas é o que não se vai esquecer.
Neste terceiro livro de Marissa Meyer, Cinder e o capitão Thorne estão escondidos com Scarlet e Wolf. Juntos, conspiram para derrubar a rainha Levana e impedir o seu exército de invadir a Terra.

Sai dia 4 de Março!!!
:excited::excited::excited:

23 de fevereiro de 2015

A Sair do Forno: "Atraída" de Sylvia Day


Depois de muita espera....aqui está ele! 

Para Gideon, eu sou um anjo, mas ele é o verdadeiro milagre na minha vida. Os votos que trocámos deviam ter-nos unido mais do que tudo mas, em vez disso, abriram feridas antigas, expuseram dores e inseguranças, e tiraram da sombra velhos inimigos. Sinto que ele me está a escapar. Os meus maiores medos começam a tornar-se reais. O meu amor é testado de formas que nunca julguei conseguir suportar. No melhor momento das nossas vidas, o passado invadiu e ameaçou tudo aquilo por que tanto lutámos. Enfrentámos então uma escolha terrível: a familiar segurança das vidas que tínhamos antes de nos apaixonarmos ou a luta por um futuro que, de repente, parecia um sonho impossível e sem esperança.

Continuação de:
Rendida (Crossfire, #1)RefletidaEntwined with You - Portugal

A atrair dia 27 de Março!

A Sair do Forno: Quatro de Veronica Roth


A trilogia Divergente, de Veronica Roth, vendeu milhões em todo o mundo e conquistou milhares de fãs em Portugal, que há vários meses anseiam por um novo livro. E eis que, a 6 de Março, a Porto Editora publica Quatro – Histórias da Série Divergente, o novo livro desta jovem e talentosa autora. 
Esta obra inclui quatro novas histórias anteriores à narrativa principal e três cenas exclusivas de Divergente – todas contadas do ponto de vista de Tobias Eaton, um dos protagonistas. Lidas em conjunto, estas histórias iluminam segredos obscuros da vida de Tobias e acompanham o seu processo de integração na facção Intrépidos. Finalmente, fornecem em primeira mão momentos privilegiados da convivência entre os protagonistas da saga. 

Sai dia 6 de Março!




Compilações: Saga "Paixões Nocturnas" de Nora Roberts




Começando pelo início, que é como deve ser para não perdermos o fio à meada, em Turno da Noite é-nos apresentada uma história comum de suspense e muito perigo para a donzela. Está claro que neste caso, Cilla O'Roarke de donzela não tem nada... talvez amazona! E é por esta característica e por Nora Roberts nos descrever tão bem tanto Cilla como Boyd que este primeiro volume teve um inicio muito prometedor e uma continuação muito melhor.
Estes livros já foram lidos há algum tempo, e neste momento, quando estou a escrever esta opinião, já os li todos, mas a recordação das suas histórias ainda estão bem frescas, o que sem dúvida é um ponto a favor para esta saga com um sabor mais agridoce, mistura entre o amor e o suspense.
Tal como disse, a história não é nada original, mas a autora fascina-nos (me) com a temática da rádio e da ligação entre quem fala e quem ouve. Neste caso, a rádio de Cilla até troca de vez em quando - os telefonemas dos ouvintes - telefonemas estes que vão servir de desculpa perfeita para aparecer o nosso querido detective Boyd Fletcher, que vai proteger Cilla e muito mais... como nós já esperávamos e gostamos, certo?
O romance desenrola-se muito naturalmente com pormenores deliciosos e que, apesar de todo o drama, nos metem inveja. Boyd é sem dúvida um personagem cativante, tal como a nossa Cilla com quem gostei de me identificar, nem que seja apenas desejando que toda a sua força e coragem fossem semelhantes.
A Sombra da Noite, volume lido muito depois do primeiro, foi igualmente satisfatório. Sinceramente não me pareceu que houvesse ligação, apesar de Deborah ser amiga de Cilla. Esse ponto acabou por ser melhor, porque não houve aquela estranheza ou até falta de memória.
Comparando os dois, o primeiro e o segundo, penso que gostei mais do primeiro, pelo simples facto que o romance me pareceu menos forçado.
Nemesis não me atraiu tanto como Boyd e por isso aquela vontade de saber mais sobre o personagem e até a sua história (passado e presente) acabaram por ser mais esbatidas.
Boyd também me pareceu mais realista que este, visto este ser muito semelhante a personagens como o Batman que têm o seu quê de heróico fantasioso.

N'Um Grito na Noite voltamos a ter uma personagem feminina  que não precisa de ser salva, apenas acompanhada e respeitada. Personagens como Althea, cheias de personalidade e carácter, trazem sempre mais vigor a uma história, principalmente se for uma cheia de drama e suspense como esta, perfeita para noites no sofá com a luz discreta de um candeeiro de pé. Estão a ver a cena?
De resto, este volume não saem muito do tipo dos anteriores. Se gostaram dos anteriores vão gostar deste porque dá-vos mais do mesmo.
É de salientar, que apesar de não gostar muito de policiais, aqui, Nora Roberts, mistura-lhe tanto romance que a parte do suspense apenas serve para o apimentar e não açambarca nem a história nem os personagens. A meu ver, na maior parte dos policiais, o protagonismo é mais aos actos e à mente do criminoso do que do herói. Aqui o protagonismo é sempre do casal principal, o que nos centra a atenção no que mais gostamos: romance e mais romance.
Em Fumo na Noite não achei a personagem feminina, Natalie, muito convincente na sua força e coragem. Acho que as mulheres de negócio têm sempre estes traços como obrigatórios, mas neste caso não me convenceu muito. Talvez a autora tenha feito de propósito para Ryan a poder "salvar" e tornar tudo muito mais romântico. A meu ver, o propósito era bom, mas o resultado não foi bem o que se esperava.
Personagens femininas com uma autoestima um pouco em baixo não me cativam minimamente e Natalie devia ser ao contrário por isso acabou por fazer com que me desinteressasse um pouco da relação deles. A sorte é que Nora Roberts conta-nos sempre uma história de forma que por muitos pontos negativos não a conseguimos largar, e apesar de não ter engraçado com a personagem, a história agradou-me e muito.
Escudo da Noite baixou um pouco a cotação da saga. Agora que escrevo a opinião, passado tanto tempo, confesso que a história se me varreu da memória, mesmo depois de ler a sinopse.
Nestes últimos volumes já se começa a perder a ligação entre as peronagens, havendo um contacto, mas que com a leitura espaçada entre os volumes (sugiro ler tudo de uma vez), devido à espaçada publicação destes, deixa de existir aquela nostalgia em relembrar antigos personagens sobre quem lemos a sua história de amor com tanto carinho.
Neste caso, voltamos às personagens femininas com força e personalidade dominante o que melhorou um pouco fez com que acabasse de ler o livro. Portanto, este quinto volume não foi dos mais famosos da saga.
Por fim, No Calor da Noite.
Começa mal, pois tanto o título como a capa fogem imenso ao resto da saga. Harlequin má!
De qualquer forma, penso que foi um bom final para esta saga, visto que traduziu o conceito base que é a temática policial e a "qualidade" média dos volumes. Apesar de ter sido 50/50, este não saiu muito do nível do anterior. Achei a história algo fraca e forçada para juntar aqueles dois e Nora Roberts voltou à personagem feminina frágil e a precisar de protecção.
Comprada com outras sagas e trilogias da autora, esta de facto fica quase no fundo da lista. Começou bem, mas o meu entusiasmo por ela foi diminuindo cada vez mais. Culpo o facto de não ser grande amante de policiais, mas penso que esta é só uma desculpa tipo "não és tu, sou eu".
Sinopse Turno da Noite:
Na escuridão da noite é quando surgem estas histórias de amor e mistério... A vida de Cilla O’Roarke, uma atraente locutora de rádio de Denver, está a ser ameaçada através de chamadas telefónicas. O detective Boyd Fletcher será o encarregado de a proteger... Mas quem protegerá o seu coração? A sua voz era rouca, suave e potente, mas foram as contradições de Cilla que fascinaram o detective Boyd Fletcher: a vulnerabilidade que existia por baixo da sua carapaça. A locutora do programa da noite Cilla O’Roarke tinha de ser protegida a qualquer preço, mas a sua personalidade começava a afectar o seu protector. Tudo pode acontecer no Turno da Noite...

Sinopse A Sombra da Noite:
Na escuridão da noite é quando surgem estas histórias de amor e mistério... Chamavam-lhe Némesis. Ele caminhava pelos becos escuros, sozinho, era a sombra entre as sombras, e era assim que gostava de viver. Até à noite em que salvou Deborah O' Roarke das mãos de um criminoso e redescobriu a calma que residia no seu coração. Passara muito tempo desde que desejara estar com alguém... Deborah era uma idealista promotora do Ministério Público que fazia tudo de acordo com a lei, no entanto viu-se obrigada a fazer um acordo com um delinquente em troca de informação e a partir daí vê-se imersa num mundo perigoso que a levará a conhecer Gage Guthrie, o Némesis... Ela odiava a faceta oculta daquele homem que a salvara, não gostava daquela forma de fazer justiça… Será que podia apaixonar-se pelo fantasma que a salvara na Sombra da Noite?

Sinopse Um Grito na Noite:
Na escuridão da noite é quando surgem estas histórias de amor e mistério... No momento em que pôs os olhos em Colt Nightshade, ela soube que ele representava problemas. Mas a tenente da polícia Althea Grayson tinha orgulho em ser uma mulher implacável e eficaz e, sobretudo, em ter um grande autocontrolo e não seria o seu novo parceiro que iria mudar isso. Aquele homem não tinha qualquer respeito pelas regras, e o pior é que isso estava a afectá-la. A forma como ele desafiava Althea, olhando-a directamente nos olhos… e segurando-a pelos braços. Que defesa poderia ter quando Colt Nightshade não jogava limpo.

Sinopse Fumo na Noite:
Na escuridão da noite é quando surgem estas histórias de amor e mistério... O investigador de incêndios Ryan Piasecki é um homem que leva o seu trabalho muito a sério e está disposto a ultrapassar qualquer obstáculo ou mulher bonita. A sua missão é descobrir quem tentou transformar o negócio da elegante executiva Natalie Fletcher em fumo. Ela precisava dos serviços de Ryan para apanhar o incendiário, mas, se ele não tivesse cuidado, as faíscas que voavam entre eles fariam surgir algo muito mais impressionante do que um incêndio... E seriam ambos engolidos pelo Fumo na Noite.

Sinopse Escudo na Noite:
Jonah conheceu o fruto proibido quando o provou… e Ally entrava nessa categoria.
Allison Fletcher negava-se a deixar-se deslumbrar pela amabilidade e pelo atraente físico de Jonah Blackhawk. Ally era uma agente da polícia e não podia deixar-se influenciar por um tipo misterioso como ele, mesmo que lhe acelerasse o coração só de o ver. Jonah nunca tinha gostado muito de polícias… até que conheceu Ally. Oxalá aquela loura espampanante não tivesse aqueles olhos tão cativantes e não fosse filha de Boyd Fletcher, o comissário. Não importava que fosse bonita e excitante porque estava fora do alcance dele. Ally tinha de desvendar aquele caso, sair do seu clube e da sua vida antes que a lembrança daquele beijo apaixonado o consumisse. Até lá, Jonah afastar-se-ia dela e iria para o seu próprio mundo protegido pela noite, o seu Escudo da Noite.
 
 
 

Sinopse No Calor da Noite:
Um mistério por desvendar… Depois de enviuvar, Maggie Fitzgerald abandonou a Califórnia à procura de paz, e julgou encontrá-la na pequena cidade para onde se mudara. O que nunca lhe passou pela cabeça foi que encontraria um esqueleto no seu pátio traseiro... Ou o amor nos braços do sensual e irresistível Cliff Delaney… Nem sequer que iria trabalhar com ele como detetive. Poderia Cliff manter Maggie a salvo até resolver o mistério do esqueleto? Tudo era possível no calor da noite e no calor da paixão.