Josephine Angelini,

Origem: "Deusa" de Josephine Angelini

Ai agora mexe-se no cabelo no paint e está feito? A Planeta anda a tentar-nos trocar as voltas mas a equipa da busca de origens dorme com um olho aberto e outro fechado muahahah


Posts relacionados:
Doce do Momento
Primeiras Impressões

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Harlequin,

Primeiras Impressões: "Uma luz na tempestade/Um Herói em Nova Iorque" de Nora Roberts


O frio chegou e com ele trouxe um livrinho...ou melhor dois livrinhos num só! 

Esta é mais uma edição especial da Harlequin que junta dois livros num volume único e que já está à venda em várias livrarias. Apesar do preço que faz com que a carteira fiquei mais leve, não resisti em pedi-lo como prenda de Natal antecipada! 

A capa é girinha, adequada ao clima destes dias mas a Harlequin já mudava o lettring dos títulos, buh sempre o mesmo! Há mil e uma fonts por aí e bem mais giras, além disse é de difícil percepção. 

Tenho andado um bocadinho aborrecida com estes livros da NR pela Harlequin, os últimos que li foram um desastre tanto em termos de tradução como de estória e personagens. Espero que estes dois não sigam o mesmo caminho! 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

A Sair do Forno,

A Sair do Forno: "O Cavalheiro Inglês" de Carla M. Soares




PORTUGAL. 1892. Na sequência do Ultimato inglês e da crise económica na Europa e em Portugal, os governos sucedem-se, os grupos republicanos e anarquistas crescem em número e importância e em Portugal já se vislumbra a decadência da nobreza e o fim da monarquia.
Os ingleses que permanecem em Portugal não são amados.
O visconde Silva Andrade está falido, em resultado de maus investimentos em África e no Brasil, e necessita com urgência de casar a sua filha, para garantir o investimento na sua fábrica.
Uma história empolgante que nos transporta para Portugal na transição do século XIX para o século XX numa descrição recheada de momentos históricos e encadeada com as emoções e a vida de uma família orgulhosamente portuguesa.

Em bom português dia 2 de Dezembro!

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Emma Wildes,

Origem: "Um Rumor muito Inconveniente" de Emma Wildes

Ah ah, queriam-nos enganar? Pois aqui a equipa das origens não deixou e encontrou tudinho.


Posts relacionados:
Opinião da Ne
Doce do Momento
Primeiras Impressões
A Sair do Forno

1 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Origens

Origens: Internacionais [8]



Não nos esquecemos das origens de Novembro! Aqui estão as dez eleitas ;)
Já leram alguma? 

sad woman looking through the window. - stock photo


Between Here and ForeverWoman laying in grass holding sunflower

A Field Guide for Heartbreakers


Acting Friends (Flynn, #0.5)  

Right of WayFull length of young couple by pick-up truck parked on beach - stock photo


The Summer I Became a NerdGirl's legs - stock photo



Waiting For You


Dreaming Anastasia (Dreaming Anastasia, #1)Victorian Woman by Elisa Lazo de Valdez

PurgeYoung woman sitting on floor, leaning against toilet bowl

Til Death (Fractured Souls, #1)Portrait of romantic woman in fairy forest - stock photo

1 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Opinião da Mafi,

Opinião Erótica: "A estação do desejo" de Sadie Matthews


Quando me foi dada a oportunidade de ler um lançamento recente da Topseller fiquei com algumas dúvidas sobre que obra escolher. Ultimamente a Topseller tem-me surpreendido imenso com os seus lançamentos, mas das novidades que já tinham sido lançadas em Setembro/Outubro ou as que vinham por Novembro eu já tinha a maior parte para ler ou já tinha lido.

A Estação do Desejo (Seasons Quartet, #1)A escolha para pedido de leitura recaiu em "A estação do desejo" de Sadie Matthews. Apesar de já estar um pouco cansada desta moda erótica sem fim, tinha uma razão suficiente para estrear-me com Matthews: queria tentar entender  o porquê de, num espaço de 8 meses, terem sido lançados 4 livros desta autora em Portugal. Não é muito comum uma autora desconhecida estrear-se logo com tantos livros e neste momento tem duas editoras a publicá-la e já tem uma trilogia completa traduzida e o inicio de outra. Alguma coisa de especial esta autora devia ter certo? Ou então não.

Não li nada de novo neste livro que já não tenha lido em livros anteriores. Logo no início quando nos é apresentado as personagens principais, detestei a protagonista e não me apeteceu continuar a leitura. Ao longo da mesma raras foras as vezes em que consegui gostar da Freya. Percebo que passa a imagem de mandona mas no fundo é insegura e até infeliz mas acaba por ser bastante incorreta e desagradável com outras pessoas. Não gosto de personagens que estejam sempre a cometer os mesmos erros e a desculparem-se...para depois quinze páginas depois fazerem o mesmo. A Freya foi sempre assim, mostrando-se muito mais infantil do que a idade que tinha. As características de mimada e fútil são algo que não suporto seja em personagens ou na vida real, dão-me urticária!

Os acontecimentos que levaram à tempestade da neve e após esta (em momentos breves) foram  agradáveis de se ler, comecei a gostar da estória e esperava um envolvimento da parte dos protagonistas um pouco diferente do que realmente aconteceu. O que não gostei foi que a barreira  - de patroa/empregado - foi ultrapassada de uma página para a outra, literalmente. A atracção e a química entre a Freya e o Miles sempre estiveram lá mas, na minha opinião, a autora nunca deu evidências suficientes para a vertente que a relação seguiu. Há uma toda incoerência entre os motivos porque se envolvem numa relação deste tipo que (com lições e pseudônimos),e as explicações que foram dadas, não chegam. Ninguém adota um relacionamento destes, só porque se sente sozinha ou as suas relações anteriores foram um falhanço, mesmo que esteja à procura de algo diferente. Pareceu-me que a Freya foi muito fácil em ceder às imposições do Miles, não gostei.

Normalmente neste tipo de livros até simpatizo com a personagem masculina, desde que não seja um stalker mas não surtiu o efeito em mim com o Miles. Gostei dele mas nada mais do que isso. A autora evidencia as qualidades já típicas das personagens masculinas destes livros: a sua beleza, postura, e experiência no sexo. A única coisa de diferente é que o Miles tem uma paciência de santo para aturar a Freya...

A teia de intrigas e segredos que é introduzida na segunda parte do livro não me prendeu por aí além, já estava numa fase de saturação do mesmo e já só queria por término à leitura. Dentro do género acho a autora parecida com a Sylvia Day com a diferença que Day é muito melhor tanto na caracterização das personagens como nas cenas eróticas. 

"A estação do desejo" tem muito pouco de positivo que se possa dizer sobre ele...hmm dá umas boas dicas de como sobreviver a uma tempestade de neve, se tivermos a sorte de encontrar um abrigo! 

Sinopse

Season of Desire: Complete Edition (Seasons Quartet, #1)Título Original: Season of desire
Edição: Outubro 2014
ISBN: 9789898626721








0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

A Sair do Forno,

A Sair do Forno: "Eleanor & Park" de Rainbow Rowell


Vamos entrar em 2015 com o pé grande?

Eleanor é uma miúda nova na escola, vinda de outra cidade. A sua vida familiar é um caos; sendo gorda e ruiva, e com a sua forma esquisita de se vestir, atrai a atenção de todos em seu redor, nem sempre pelos melhores motivos. 

Park é um rapaz meio coreano. Não é propriamente popular, mas vestido de negro e sempre isolado na música através dos seus fones e livros, conseguiu tornar-se invisível. Tudo começa por ser diferente quando Park acede a que Eleanor se sente ao lado dele no autocarro da escola. A princípio nem sequer se falam, mas pouco a pouco começam por se envolver numa genuína relação de amizade e cumplicidade que mudará as suas vidas. E contra o mundo, o amor nasce. Porque o amor é um superpoder.

Para apaixonados a 16 de Janeiro de 2015! 

3 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Origens,

Origem: "Pecado" de Sylvia Day




Mais uma origem numa foto da Malgorzata...é o que dizemos, a Leya gosta mesmo desta fotógrafa! 

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Kate Pearce,

Origem: "Escravos da Luxúria" de Kate Pearce



Também continuamos a nossa colecção e com a colaboração da nossa Raquel
Thanks fofa ^_^ 



0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Lua de Papel,

Opinião Young-Adult: "Adormecida" de Anna Sheehan



Não publicado em Portugal.

"Adormecida" ou no seu original "A long,long sleep" é uma distopia que tinha captado o meu interesse há pelo menos uns dois anos. Tinha uma premissa bastante interessante aliando um clássico (A Bela Adormecida) a uma moda bastante popular já daquela altura e que ainda perdura hoje: as distopias. 

AdormecidaPosto isto, iniciei a leitura com alguma relutância mas posso dizer que a pouco e pouco fui surpreendida pela destreza da autora. A obra é sim bebedora da história da Bela Adormecida mas tirando isso não se encontram muitos mais diferenças. O mundo distópico, algo que dou sempre bastante importância não é mau, a autora foi inteligente em não criar muitas pontas que depois não conseguisse atar ou dar uma explicação convincente. A nossa protagonista Rose acorda depois de ter estado adormecida dezenas de anos, numa espécie de coma ao qual é designado no livro por estase. 

Depressa encontra-se rodeada de pessoas que não conhece, numa era que não é a sua e é aqui que a estória começa. Claro que temos a heroína e o vilão (ou serão mais que um?), um amor adolescente e tantos clichés já vistos mas Sheehan acaba por não se sair mal nesta sua primeira obra publicada. 

A obra tem ainda assim alguns pontos negativos. Achei a escrita um pouco irregular principalmente quando era em diálogos. Houve cenas que também podiam ter sido dispensadas que em nada acrescentaram ao livro ou na construção de certa personagem. Gostei bastante que a Rose não fosse a típica rapariga brava e corajosa que hoje em dia parece ser obrigatório nos livros distópicos young-adult. Rose é o contrário disso tudo e até seria estúpido se a autora a caracterizasse nestes termos. 
A bela adormecida é frágil, sonhadora, doce. Rose personifica bem essas virtudes. 

De todos os temas abordados, aquele que mais gostei foi o porquê da Rose ser induzida em estase pelos pais. A autora conseguiu mostrar bem a negligência que certos pais têm com os filhos em que inventam sempre mecanismos para não terem de aturar os filhos. 

As últimas 60 páginas foram excelentes e o build-up para o climax do livro foi muito bom! As últimas linhas são de deixar o leitor frustrado e ansioso pela sua continuação!

Sinopse
Rose Fitzroy esteve dormindo profundamente por décadas. Imersa num sono induzido, esquecida em um porão por mais de 60 anos, a jovem foi tratada como desaparecida enquanto os anos sombrios pairavam sobre o mundo. Despertada como por encanto e descobrindo-se herdeira de uma corporação multimilionária, Rose vai entendendo pouco a pouco, tudo o que aconteceu em sua ausência.
Ela descobre que seus pais estão mortos. O rapaz por quem era apaixonada não é mais que uma mera lembrança. A Terra se tornou um lugar estranho e perigoso, especialmente para ela, que terá de assumir seu lugar à frente dos negócios.
Desejando adaptar-se à nova realidade, Rose só consegue confiar numa única pessoa estranhamente familiar. Rose até gostaria de deixar o passado para trás, no entanto, ao pressentir o perigo, percebe que precisa enfrentá-lo - ou não haverá futuro.

A Long, Long SleepTítulo Original: A long long sleep
Edição: 2012 pela Lua de Papel Brasil










0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

ASA/1001 Mundos,

Origem: "Perdoa-me" de Lesley Pearse




Passaram a rapariga do campo para a praia...incrível!

2 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

A Sair do Forno,

A Sair do Forno: "Uma luz na tempestade/um herói em Nova Iorque" de Nora Roberts


Uma luz na tempestade
Uma estrada coberta de neve com o poder de unir dois desconhecidos…

Grávida, sozinha e em plena fuga para proteger o filho que carregava no ventre, Laura Malone ficou presa numa estrada coberta de neve no Colorado e à mercê de um desconhecido. Felizmente, o único propósito de Gabriel Bradley era dar-lhe abrigo.
Ela era um anjo loiro de olhos azuis-escuros e Gabe poderia pensar que surgira no meio do nevão noturno para o salvar... se acreditasse nesse tipo de coisas...


Um herói em Nova Iorque
Coisas que só acontecem na cidade que nunca dorme….

O trabalho do escritor Mitch Dempsey era criar heróis, mas ele nunca se tinha visto como tal. Contudo, havia algo em Hester Wallace, a tímida mãe solteira que tinha acabado de se mudar para o andar de cima, que lhe dizia que devia protegê-la, cuidar dela e amá-la para sempre…

À venda brevemente nas livrarias como fnac, bertrand etc!
Em tamanho de livro normal :)

1 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

ASA/1001 Mundos,

Doce do Momento: "A Melodia do Amor" de Lesley Pearse

Liverpool, 1893. Os sonhos de Beth são desfeitos quando ela, o irmão Sam e a irmã mais nova, Molly, ficam órfãos. As suas vidas, até então tranquilas e seguras, sofrem uma dramática reviravolta. Para escapar a um futuro de miséria e servidão, Sam e Beth decidem arriscar tudo, atravessar o Atlântico e partir à conquista do sonho americano. Mas Molly é demasiado pequena para os acompanhar e os irmãos vêem-se obrigados a tomar uma decisão que os marcará para sempre: deixá-la em Inglaterra, a cargo de uma família adoptiva.
A bordo do navio para Nova Iorque não faltam vigaristas e trapaceiros, mas o talento de Beth com o violino conquista-lhe a alcunha de Cigana, a amizade de Theo, um carismático jogador de cartas, e do perspicaz Jack. Juntos, os jovens vão começar de novo num país onde todos os sonhos são possíveis.
Para a romântica Beth, esta será a maior aventura da sua vida. Conseguirá a Cigana voltar a encontrar um verdadeiro lar?

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Passatempo

Passatempo: "Tentação Perfeita"


Bem vindos ao passatempo mensal do ADPOCHeyHeyPig Baby Emoticons 32

Já estavam com saudades não era? Bobi & Nini Emoticons 11

Pois nós sabemos! :D

O passatempo de Novembro é dedicado a uma autora romântica que viu agora uma das suas séries ser terminada pela Porto Editora! Falamos claro de Lisa Kleypas!

Com o lançamento do mais recente livro "Tentação Perfeita" temos para oferecer um exemplar deste último livrinho! 

Para ganharem só têm de preencher correctamente o questionário abaixo. O vencedor será escolhido como sempre através do random.org.

Atenção às regras: 

Tentação Perfeita (eBook)- O passatempo começa dia 12 de Novembro e termina dia 30 de Novembro;

- Só é permitido uma participação por pessoa/email;

- Todas as participações com a resposta inválida serão anuladas;

- Só participantes de Portugal Continental e Ilhas.



3 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!