30 de setembro de 2014

Primeiras Impressões: "Mais do que Rivais" de Nora Roberts


E este? Já conheciam?

Pois eu não, mas conta para a colecção por isso cá está ele.

A Harlequin mantem-se com o mesmo tipo de letra o que já enjoa, enquanto a sinopse também não difere muito dos últimos que têm sido publicados.
Espero que a história compense.

A Sair do Forno: "Tudo o que ficou para trás" de Nora Roberts


Uma história apaixonante sobre confrontar o passado e saciar um antigo desejo de vingança 

Aos vinte e cinco anos, a Princesa Adrianne tem uma vida que a maioria das pessoas invejaria. Mas a sua postura de menina linda, elegante, rica e mimada é um artifício, um esforço cuidadosamente calculado para esconder uma perigosa verdade e um trágico passado. 

Há uma década que Adrianne vive com desejo de vingança. Durante a infância apenas pôde assistir à crueldade escondida atrás da fachada do casamento de conto de fadas dos pais. Agora tem o plano perfeito para fazer o seu pai pagar a crueldade que cometeu: irá apoderar-se de O Sol e A Lua, um lendário colar de valor inestimável. 

Contudo, conhece um homem que parece adivinhar todos os seus segredos. Inteligente, encantador e enigmático, Philip Chamberlain tem os seus próprios motivos para se aproximar de Adrianne. E só demasiado tarde ela se aperceberá do perigo… quando se vê obrigada a enfrentar dois homens extraordinários: um com o conhecimento para lhe roubar a liberdade, o outro com o poder para lhe roubar a vida.

A apaixonar-se dia  7 de Novembro! 

29 de setembro de 2014

A Sair do Forno: "A prova de ferro" de Cassandra Clare e Holly Black




A maior parte dos miúdos faria qualquer coisa para passar na Prova do Ferro. Mas não Callum Hunt. O pai ensinou-o a desconfiar da magia e explicou-lhe que o Magisterium, a escola onde os aprendizes de Magos são treinados, é uma armadilha fatal. Callum tenta fazer o seu melhor para ser o pior de todos os candidatos - mas não consegue falhar. Superada a Prova do Ferro, não lhe resta outra opção, senão entrar para o primeiro de cinco anos de aprendizagem no Magisterium.
  A Prova do Ferro foi apenas o início, porque o verdadeiro teste ainda está para vir…

Lançamento com as autoras em Lisboa dia 4 de Novembro!
À venda dia 29 de Outubro!

Origem: "Um Amor Perdido" de Anna McPartlin






Com um bocadinho mais de luz até está melhor!

Posts relacionados:

27 de setembro de 2014

A Sair do Forno: Os sonhos que tecemos de Kate Alcott



Alice Barrow desafia todas as convenções ao abandonar o mundo rural e tacanho onde nasceu. Numa época em que as mulheres são cidadãs de segunda categoria, o seu emprego na fiação da família Fiske é um passo importante rumo à emancipação. As "meninas da fiação" trabalham longas horas em condições precárias mas a alegria que as une é completamente nova para ela. Um dia, até dá por si a cometer a "extravagância" de celebrar o seu primeiro salário com a compra de um chapéu. É apenas um objeto mas vai ganhar a força de um talismã.
Inadvertidamente, Alice capta a atenção de Samuel Fiske, filho do dono da fábrica. Samuel é um enigma. Frio e impenetrável, tem o condão de contrariar frequentemente a própria família. O seu fascínio por Alice é a derradeira afronta aos pais e à ordem social. Será amor ou mero capricho?
O teste aos seus sentimentos será abrupto. Quando uma jovem muito especial aparece morta, toda a hierarquia de poder é posta em causa. O que se segue é um eco da luta ancestral entre ricos e pobres, poderosos e oprimidos. Apenas os mais determinados conseguirão vingar. Apenas um amor verdadeiro poderá sobreviver.

A tecer dia 14 de Outubro!

A Sair do Forno: "Orgulho e Prazer" de Sylvia Day



Após a morte do pai, Eliza Martin torna-se uma das herdeiras mais desejadas pelos caçadores de fortunas. Todos a elogiam e enganam, mas ela resiste. Até que começa a sofrer uma série de acidentes que ameaçam a sua vida e se vê obrigada a recorrer a uma pessoa que se infiltre entre os seus pretendentes para descobrir quem está por trás da trama. Alguém que não dê nas vistas, que saiba dançar e seja calmo.
O atraente e sedutor detetive Jasper Bond é demasiado grande, demasiado bonito e demasiado perigoso. Quem iria acreditar que uma intelectual como Eliza se deixaria seduzir por um homem de ação? Mas a combinação da teimosia dela e do mistério é irresistível para Jasper.
Deixar a sua cliente satisfeita é uma questão de orgulho. Mostrar-lhe que é o homem de que ela precisa será um prazer…


Dia 28 de Outubro nas livrarias!

A Sair do Forno: "Perigosa" de Madeline Hunter


Tristan, duque de Castleford, acaba de herdar uma pequena casa e, com ela, uma grande surpresa: Daphne Joyes, uma bela mas agressiva inquilina. O irreverente Tristan deixa logo bem claro que tenciona seduzi-la, dar-lhe prazer, e vê-la coberta apenas de diamantes. Mas Daphne conhece bem a escandalosa reputação do duque, e não está disposta a ceder às suas provocações.
  No entanto, ambos têm um inimigo em comum. Um homem cuja malevolência acaba por os ajudar de uma estranha e inesperada forma. Existe, todavia, um entrave: o segredo que Daphne guarda e que a leva a ser uma mulher extremamente cautelosa. Mas embora o seu novo senhorio seja arrogante e se entregue a uma vida de deboches (exceto às terças-feiras!), Daphne dá por si a baixar perigosamente a guarda. Até porque, afinal, os diamantes ficam bem com tudo… e também com nada…

A ter cuidado dia 28 de Outubro

26 de setembro de 2014

Origens: Internacionais [6]

As dez origens internacionais de Setembro são estas!


10 WeeksFriends on a jetty : Foto de stock

Reflection (Reflection, #1)beautiful girl lying in grass resting - stock photo

The Boys of Summer (Summer, #1)A romantic caucasian couple in love on the beach - stock photo

Forever AlteredYoung couple sharing a private moment

The Summer My Life BeganYoung woman riding bicycle on beach, smiling, close-up : Foto de stock

Kiss the Morning StarWoman relaxing in convertible : Foto de stock

Between You & MePortrait of girl in red with heart shaped glasses : Foto de stock

IntentionsLovers : Foto de stock

My Best Friend, MaybeTwo young women leaping across rocks by sea, side view

Don't Call Me BabyWoman near the ocean. Sunset time. : Foto de stock

Doce do momento: "Dolci di love" de Sarah-Kate Lynch

Dolci di Love

Estrela do mundo dos negócios em Manhattan, Lily Turner descobre que Daniel, o seu marido "perfeito", tem outra família ali escondida, nas colinas da Toscania. Depois de lá chegar, o seu drama atrai a atenção da Liga Secreta das Viúvas Cerzideiras, uma espécie de exército invisível que se reúne para criar finais felizes Este complexo enredo cheio de humor desenrola-se na atmosfera estival e sumptuosa da paisagem toscana aromatizada pelos deliciosos cantucci, os Dolci di Love, confecionados segundo uma antiga receita que faz deles uma celebração à vida e à alegria de viver. Uma leitura ideal para o Dia dos Namorados.

Um doce do momento com doce no título tem de ser bom certo? Esperemos que sim! 

Opinião Young-Adult: "Tessa descobre o amor" de Kate Le Vann



O amor adolescente pode ser muito bonito mas também bastante difícil. Dizem que nunca nos esquecemos do nosso primeiro amor e Tessa pode comprovar isso. Aos 16 anos continua sem namorado, insegura mas bastante normal quanto à sua vida amorosa. Ela sabe que um dia irá encontrar alguém. 
Esse alguém aparece quando ela menos espera e quando menos quer acreditar, e é um protesto para salvar uma floresta das mãos maquiavélicas da raça humana, que quer construir um supermercado naquela zona, que Tessa e Wolfie irão conhecer-se.
O quotidiano dos dois, após já estarem juntos é totalmente realista. A relação vai crescendo com todos os seus altos e baixos e a 50 páginas do fim vem o murro no estômago. Eu nem me spoilei, mas já estava mesmo à espera que ia acontecer isto. A autora tenta despistar o leitor, preparando-o para outro tipo de eventos e depois lança a armadilha para surpreender-nos. De certa forma, achei a notícia muito anti-climática, o twist do livro para mim veio tarde demais e abafa (quase) tudo o que se tinha passado nas páginas anteriores. 
A moral que a autora tenta passar é boa mas pessoalmente achei tudo muito delicado, faltava um pouco mais de raiva ao livro. Achei a maneira como a Tessa lidou com o que aconteceu de uma maneira muito débil e pouco revoltada. Dada a sua idade e de como viveu este primeiro amor, esperava um pouco mais de raiva por esta partida que a ida lhe pregou mas a autora não quis ir por esse caminho, o que é uma pena. 

Sinopse
Tessa tem dezasseis anos, é bonita, mas terrivelmente tímida e insegura. A sua melhor amiga Matty é muito mais popular, já para não falar de mais bem sucedida junto dos rapazes. Tessa adora andar pelo parque e leva muitas vezes o cão a passear por lá. Quando uma empresa do ramo imobiliário ameaça destruir o local, Tessa decide organizar uma manifestação contra o fim do parque. É então que conhece Wolfie, a quem já vira na escola, e que é um activista bastante conhecido. Ao descobrirem o muito que têm em comum, apaixonam-se perdidamente um pelo outro. Graças à confiança que Wolfie deposita nela, Tessa torna-se mais segura de si e perde o medo de demonstrar o que realmente sente. Mas quando tudo parecia perfeito, a tragédia acontece...

Tessa in LoveTítulo Original: Tessa in love
Edição: 2008
ISBN: 9789722517225








25 de setembro de 2014

A Sair do Forno: "Surpreende-me" de Megan Maxwell



A autora resolveu escrever uma sequela da série Pede-me o Que Quiseres, pegando em duas personagens secundárias, mas importantes na trilogia para dar vida a mais uma história de amor escaldante e de sexo tórrido!
Björn é um atraente advogado a quem a vida sempre sorriu. É um homem ardente, alérgico ao compromisso e agrada-lhe desfrutar da companhia feminina nos seus jogos sexuais. Melanie é uma mulher de acção. Como piloto do exército americano está acostumada a levar a vida ao limite, no entanto, a sua principal missão é a de lutar como mãe solteira pelo bem-estar da filha.
Quando o destino os põe frente a frente, a tensão entre eles torna-se evidente. O que no começo foi um encontro hostil, pouco a pouco irá converter-se numa atracção irresistível. Conseguirão estes dois titãs entender-se?

Outras obras da autora:

Temos fãs por aqui? Sai dia 8 de Outubro

A Sair do Forno: "Will e Will" de John Green e David Levithan


Evanston não fica muito longe de Naperville nos subúrbios de Chicago, mas os jovens Will Grayson e Will Grayson bem que podiam viver em planetas diferentes. Quando o destino os leva à mesma encruzilhada, os Will Graysons veem as suas vidas a sobreporem-se e a seguirem novas e inesperadas direções. Com um empurrão de amigos novos e velhos - incluindo o enorme e enormemente fabuloso Tiny Cooper, jogador ofensivo na equipa de futebol americano da escola e autor de musicais - Will e Will embarcam nas suas respetivas aventuras românticas e na produção épica do musical mais extraordinário da história.

Sai dia 28 de Outubro

24 de setembro de 2014

Compilações: Edilean #1, #2 e #3 de Jude Deveraux


Segundo o Goodreads, a ordem da saga Edilean começa no Jardim (de Alfazema) num Dia(s) de Ouro e cheio de Perfume (de Paixão).
Posso já dizer que não devem ler nessa ordem. Poderão começar com o Dias de Ouro ou deixá-lo para o fim, o que interessa é que leiam o Jardim de Alfazema e o Perfume de Paixão por esta ordem. Segundo a Titinha ainda há mais um, mas esse ainda não o li por isso não o vou incluir aqui nesta compilação. Sinceramente, nem sei se o vou ler num futuro próximo, visto que, como vão poder ler, esta saga não me cativou minimamente.

O meu preferido foi o Jardim de Alfazema.
Adorei conhecer a história de como Luke conquistou Joce. Achei-os um casal muito querido, cheio de pequenas cenas engraçadas e românticas, que foram pontilhando o romance com estes docinhos.
A relação de Joce com as irmãs foi talvez o ponto mais negativo. Na minha opinião acrestou demasiado drama à história e algumas das vezes centrou-se mais nas irmãs que nela. O facto de até haver referência à história da Disney da Cinderela não melhorou em nada, visto ser tão óbvio.
Óbvia também foi a inclinação de Rams para a Tess, mas mesmo assim foi divertido ver os dois homens a "lutar" por Joce de uma maneira tão familiar e tão inocente, sem qualquer maldade, mesmo quando Luke despejou aquilo em cima de rapariga.
Gostei também dos pequenos momentos com Tess e Sara, mas confesso que não foram marcantes, visto que depois de ler o segundo livro e no terceiro voltar a esta Edilean mais recente me tinha esquecido completamente de Sara.
Ainda não sei bem o que penso de tod a história da personagem de Edilean. Adorei a sua história, mas tenho pena que Jude Deveraux só a tenha inserido tão tarde e que não tenha tido direito a mais capítulos. De qualquer forma foi adorável assistir a toda a animação na casa de Joce e a confiança e intimidade que ela e Luke iam tendo.
Todo o ambiente de Edilean contemporânea faz-nos desejar estar lá mesmo com toda a situação dos segredos, os que se contam e os que se escondem. De qualquer forma todos eles são muito bons!

No Dias de Ouro, os momentos mais divertidos são com os Fantastic Four, como eu os batizei. Grupo este constituido pelo Angus, o nosso herói, Mac, o escocês que precisa de legenda, Naps e TC, o biólogo. Estes dois últimos esntão são um par de gargalhadas ambulhante, se me perdoam o trocadilho e a piada seca.
Penso que não gostei muito deste livro proncipalmente por dois motivos:
1- não estava à espera de um romance de época;
2- pela personagem principal ser exactamente o que representa - uma miúda rica, fútil, mimada, etc. Só adjectivos negativos. E que pouco faz para conquistar o nosso herói.
Os vilões acabaram por ser bastante óbvios tal como as prisioneiras do barco.
A partir do momento em que o casal se separa, os capítulo acabam por ser muito distanciados, ou seja, a autora, a meu ver, deveria ter intercada capítulo sim capítulo não os POV's de Angus e de Edilean para acompanharmos melhor as versões de cada um, a nível espacial e temporal.
Foi, portanto, um segundo volume satisfatório, em que a melhor parte foi o fim!

Perfume de Paixão por sua vez, e a mim, retorna aos dias de hoje. Desta vez conhecemos o irmão de Tess, Mike, que me pareceu um dos personagens mais perfeitos das últimas leituras. De qualquer forma lá lhe encontrei alguns defeitos - demasiado musculado para mim, mas aqui a culpa foi mais da minha imaginação que das descrições da autora; e talvez um pouco convencido?
De qualquer forma fiquei bastante contente com a prestação de Sara, que no primeiro volume e inicio deste me pareceu tão sem sal, apesar de todo o sexo a que protagonizou, e que finalmente se revelou uma mulher capaz de lutar pelo que é seu e pelo seu homem.
Aqui, tal como com Joce e Luke, o amor saboreou-se ao longo do livro e deu para perceber o quanto ele evoluiu. A química é sempre dificil de transmitir, principalmente quando temos um protagonista masculino tão... heróico, acho eu.
Gostei da soma das novas personagens e do desenvolvimento da vida de Joce e Tess, apesar de achar que o facto de Tess ter sido afastada foi prejudicial para a história. Por falar nesta, ao contrário dos outros dois casais, não consigo identificar a química entre Tess e Rams. Ela parece-me demasiado autoritária e não o trata como se tivesse apaixonada por ele, mas como fosse sua patroa... o que para mim não é a mesma coisa.
Gostei de toda a acção final, mas mesmo assim não bateu os flashbacks da avó de Joce.

23 de setembro de 2014

Doce do Momento: "Lago Perdido" de Sarah Addison Allen

A primeira vez que Eby Pim viu Lago Perdido foi num postal. Apenas uma fotografia antiga e algumas palavras num pequeno quadrado de papel pesado, mas quando o viu soube que estava a olhar para o seu futuro.
Isso foi há metade de uma vida. Agora Lago Perdido está prestes a deslizar para o passado de Eby. O seu marido George faleceu há muito tempo. A maior parte da sua exigente família desapareceu. Tudo o que resta é uma velha estância de cabanas outrora encantadoras à beira do lago a sucumbirem ao calor e à humidade do Sul da Georgia, e um grupo de inadaptados fiéis atraídos para Lago Perdido ano após ano pelos seus próprios sonhos e desejos. É bastante, mas não o suficiente para impedir Eby de abrir mão de Lago Perdido e vendê-lo a um empreiteiro.
Este é por isso o seu último verão no lago… até que uma última oportunidade de reencontrar a família lhe bate à porta.

Opinião Histórica: "Meu Único Amor" de Cheryl Holt



Com uma sinopse tão boa e tão prometedora, este romance desiludiu um pouco. Penso que inicio sempre os livros de Cheryl Holt esperando que seja melhor que os anteriores, mas no fim o sentimento é sempre o mesmo - de que podia ser mais que aquilo.

Não acredito que seja apenas da tradução, mas o que peca neste romance são as partes mais lamechas e românticas, em que os diálogos ou até a descrição dos sentimentos das personagens são excessivos e assemelham-se aos usados nas novelas mexicanas. De revirar os olhos, completamente!

Acho mesmo que a história de Maggie é subaproveitada e que a autora perdeu muito ao caracterizar assim o marquês de Belmont.
Este último passou de um cavalheiro e herói, lindo e charmoso, a um cavaleiro teimoso, sem grande personalidade ou convicção nos seus sentimentos. Preferiu seguir o que a sociedade e a mãe ditaram, mesmo não gostando de nenhuma das duas! Achei também que 70% das suas atitudes não eram de homem apaixonado, pelo contrário, tratou Maggie pior que o irmão tratou anne, e mesmo assim esse disse lá umas frases muito mázinhas. 

Adam acabou por ser por isso a maior desilusão, visto que tratar a mulher que ama como uma prostituta... enfim! Onde é que Cheryl Holt tinha a cabeça?

Maggie, nalgumas cenas, também não se comportou melhor. Podia estar apaixonada, mas em vez de revoltar-se só soube fugir (o que para mim não é a mesma coisa). A maior parte das vezes pareceu-me um pouco sem sal e toda aquelas história da mãe e de Anne terem partilhado com ela os segredos sexuais não me convenceu minimamente. A parte erótica deste romance está portanto muito fraca e muitas vezes acabei por preferir ler mais sobre Anne do que sobre Maggie. Pelo menos esta tinha alguma personalidade e muita garra.

Vou continuar então à espera de um romance desta autora em que possa repetir as 4* pelo menos mais uma vez.

Sinopse em Doce do Momento.

Título Original - My Only Love

Edição - Agosto 2014


ISBN - 9789897261381

https://www.goodreads.com/book/show/22811693-meu-nico-amor

Origem: "Meu único amor" de Cheryl Holt


Meu Único Amor

A QE não gosta muito de complicar e ainda bem!

Obrigada Raquel =)