Na Fila

Na Fila... para Setembro

O mês de Agosto já está a terminar e por isso cá estamos nós a enumerar alguns dos livros que selecionámos para o próximo mês - Setembro.

Não sabemos como está a vossa lista de livros por ler ou que querem ler, mas a nossa continua pior que o arco-íris... nunca lhe apanhamos o fim.

Vejamos então a Fila de cada uma e mais uma vez os desafiamos a tentar a adivinhar o que a Mafi escolheu para mim e o que eu escolhi para ela.

Mafi:
Silver Bay - A Baía do DesejoIrresistível (An Unforgettable Lady #2)Uma Vida ao Teu LadoO Olhar do Amor (The Sullivans, #1)


Ne:

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Kim Harrison,

Opinião Sobrenatual: "Antes Bruxa Que Morta" de Kim Harrison


De longe o melhor dos três (até agora) foi prejudicado, mas não o suficiente, pelos constantes erros de edição. Falta de letras, troca de nomes das personagens, etc.
Mas... nada disto prejudica Kim Harrison, porque para mim ela tem um dom. É talvez das histórias mais bem desenvolvidas no campo da ficção e principalmente da temática mágica e vampirica. Ela consegue misturar mil e uma espécies, mil e um problemas, mil e um sentimentos, tudo assim... cheio de "mil e uns".
Rachel Morgan é uma personagem não única mas muito peculiar. Este terceiro livro primou por essas situações em que Rachel se envolve. Não me canso de a imaginar a levar porrada, a sofrer, e depois a vencer todos os obstáculos, mesmo com a pouca sorte que ela tem. Adorei também o seu envolvimento com o Kisten e a desavença com o Jenks (apesar de ser triste claro).
Por falar em Kisten... é curioso como a minha opinião mudou tão drasticamente em relação a ele. Nos dois primeiros volumes torcia bastante pelo Trent, mas neste livro o Kisten foi sem dúvida a estrela masculina que mais brilhou e espero bem que as noticias que as sinopses dos seguintes me dão não sejam em relação a ele.
O demónio também é bastante engraçado, com todas aquelas alterações de humor. Também gostei da introdução da elfa. Creio que enriqueceu ainda mais o rol de personagens e que ela ainda vai contribuir e muito para o decorrer de toda a acção demoníaca e mágica.
Kim Harrison também levanta mais o véu do passado de Rachel e de Trent. Mais um ponto positivo para ela.
Agora só resta esperar pelo que vai acontecer e esperar muitas mais cenas de luta, magia e sedução.

Não há bruxa mais dura, sensual ou louca do que a caçadora de prémios Rachel Morgan, que já arriscou a vida amorosa e a alma para trazer perante a justiça as criaturas que percorrem a noite do crime. Entre missões, ainda tem de se defender das tentações da sua parceira sedenta de sangue, guardar um segredo mortal do companheiro de aventuras e resistir a um novo pretendente vampiro. Rachel também deve tomar uma posição na guerra que irrompe no submundo da cidade, já que ajudou a pôr atrás das grades o vampiro que até aí a controlava... o que implicou fazer um acordo com um
demónio que lhe poderá custar uma eternidade de dor, tormento e humilhação. E agora esse poderoso demónio está pronto para tomar o que lhe é devido.

30263



Título Original - Every Which Way But Dead
Edição - Setembro 2011
ISBN - 9789897100161




0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Agridoce

Agridoce de Agosto

No mês mais quente do ano houve, como habitualmente, leituras que nos agradaram muito e leituras que nos desiludiram. Vamos lá ao melhor e pior que se leu.


Mafi - A última quinzena de Agosto foi excelente em leituras mas como só podia escolher um, aqui fica o "Duas vidas" da Jessica Thompson. A Ne só lhe deu 3 estrelas, mas eu gostei mesmo muito e, portanto, levou as merecidas 5 estrelas e o título de mais doce. 

Ne - Aqui para o meu lado, foi dificil de escolher, pois não dei mais de *** à maior parte dos livros que terminei. De qualquer forma, a lembrança MAIS DOCE vai para o último livrinho de Lisa Kelypas.



Mafi - Nem vos digo o meu sofrimento a ler o último livro da Cecelia Ahern. Quase que estava a cortar os pulsos com uma escova de dentes quando acabei "O Meu encontro com a vida". E já estou a ser muito boazinha em atribuir-lhe o mais amargo do mês.

Ne - Ui! Este é fácil. Foi a maior tortura dos últimos tempos! O Inferno de Gabriel foi a pior coisinha que li desde as Cinquenta Sombras de Grey. O prémio de MAIS AMARGO vai então para o livro de Sylvain Reynard. Sorry Saída de Emergência....

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Pilha Cerebral

Pilha Cerebral: "Desejo, tentação e...pecado III

Ui isto aqui é um poço de pilhas :D

Aqui fica mais uma montanha de livros da Sandra, a quem agradecemos mais uma vez pela participação nesta rubrica. 


0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Diário de uma Maratona

Diário de uma Maratona II: Fim


Vergonhoso!!! Vão já buscar a colher para me cortarem os pulsos porque se não vou buscar a pistola sem balas.

Como repararam, ou não, não houve qualquer actualização após o primeiro post Diário de uma Maratona II: Objectivos porque não havia mesmo nada para dizer.

Dos quatro livros que me propus a ler... desisti dos dois que comecei.

Vamos pôr isto por tópicos:

Equipa:
Lóide

Nº Total Páginas Lidas:
309 - Record Pessoal do nº mais baixo

Nº Total Livros Lidos:

Nº Total Livros Desistidos:

Sorry TEAM

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Kim Harrison,

Opinião Sobrenatural: "Bruxa e Detective" de Kim Harrison


Isto cada vez está melhor e mal posso esperar pelo terceiro e por aí adiante...

Rachel, Jenks e Ivy são a melhor e mais divertida equipa ficcional. A Ivy estraga um bocado a diversão, mas contribui com o perigo e a adrenalina. Toda a sua história está muito misteriosa ainda, o que acaba por diminuir o meu interesse em relação a ela. O que vale é que tenho muitas outras personagens com que me distrair!

A acção, o mistério, a amizade e o amor estão em doses perfeitas para nos fazer continuar a ler e desejar por mais.

Achei que Nick devia ser um pouco mais elaborado, mas como julgo que este romance não vai ter grande Futuro, tal como não teve grande Presente, isso é o menos.

Adorei as visitas de Rachel e Jenks a Trent, todas muito divertidas e cheias de risco, mas principalmente cobertas de todo o azar a que Rachel tem direito.

Vou então atacar o terceiro volume e esperar que seja tão bom ou melhor que este.

Em Hollows os vampiros são apenas o início...

A vida é dura para a jovem Rachel Morgan. Caçadora de prémios por profissão e bruxa por vocação, o seu trabalho é percorrer as ruas perigosas de Hollows atrás de criaturas sobrenaturais que ameacem os habitantes mais inocentes e vulneráveis.
Sensual e independente, a jovem consegue lidar com vampiros vestidos de cabedal e até escapar ao ocasional demónio, mas um assassino em série que dá caça aos mais perigosos mestres da magia negra é, sem dúvida, forçar os limites.
Para derrotar um mal assim tão antigo e implacável não basta uma personalidade forte e uma mão cheia de feitiços. E se falhar, mais do que o seu corpo, Rachel arrisca-se a perder a alma.

11554916



Título Original - The Good, the Bad, and the Undead
Edição - Junho 2011
ISBN - 9789897100116




0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Diário de uma Maratona

Diário de uma maratona III: Objectivos

*um banner tão giro e  tinha logo de me enganar na data* 


Oh yeah! Mafi team Leader is back e estou pronta para a minha sétima vitória! 
Na outra maratona não participei pois tive uma semana mui ocupada mas desta vez estou mais folgada e estou pronta para ler muiiiiiitooo.

Desta vez não há desafios e posso ler o que quiser portanto vamos lá ver o que calhou na rifa desta vez:
CinderO Olhar do Amor (The Sullivans, #1)Uma Vida ao Teu LadoAs Horas Distantes

Por enquanto são só estes mas claro que quero e espero ler muitos mais! 

Desta vez é a Ne que não participa :( portanto vou ter de ler o dobro! 

Se não sabem do que estou a falar espreitem aqui 

1 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Josephine Angelini,

Origens: "Predestinados" de Josephine Angelini

Levante a mão quem gostou deste livro!

\o/

Gosto bastante da origem do Predestinados de Josephine Angelini.



Posts relacionados:

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Blogulosas

Blogulosas II #3: Joana



Aqui ficam as respostas da Joana:
ADPOC: Como gostas que te chamem?
Joana: AnaoJ

ADPOC: Descreve os teus olhos numa só palavra.
Joana: Badalhocos.
*De ler muitas marotices não é?* Onion Head Emoticons 114

ADPOC: Quantos anos tens?
Joana: 500

ADPOC: Quantas cervejas bebeste hoje?
Joana: 1.

ADPOC: Quando pensas em ler poesia como te sentes?
Joana: Enjoada.

ADPOC: Qual o teu género de livro que menos lês?
Joana: Romance Paranormal.
*Já vimos que vampirada não é contigo*

ADPOC: Vais na rua e vês o Acheron, que fazes?
Joana: Sujo os sapatos.*Com o quê?*

ADPOC: Quantas vezes visitaste o Algodão Doce para o Cérebro esta semana?
Joana: 1.
*Está mal!!!* 

ADPOC: Que estás a ler?
Joana: Livro
*Ficámos super curiosas com o título*

ADPOC: Onde costumas comer?
Joana: Sofá
*Apresentamos-te uma solução*


Obrigada pela participação! 

2 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Opinião da Ne,

Opinião Sobrenatural: "Excecionais" de Scott Westerfeld


E pronto, chegámos ao fim de mais uma saga de Scott Westerfeld.
Desta vez o autor decidiu protagonizar as aventuras com Aya Fuse, uma japonesa Imperfeita de 15 anos que tem tanto de corajosa como de ambição. Sempre acompanhada com uma amiga robotizada e sempre com o apoio do irmão Hiro, Ren e Frizz, vai-se ver envolvida em mil uma aventuras, todas elas perigosas, mas que irão contribuir para todo o crescimento da personagem.
Vejo este último volume como uma revisão e um relançamento dos três livros anteriores, pois Aya vai viver a amizade, a confiança e o amor todo de uma vez, enquanto que Tally passou por todas estas fases em muito mais tempo.
Tally não está ausente, tal como Daniel. Ambos, e juntamente com Shay e Fausto e outros, aparecem nos últimos capítulos piorando e tornando toda a missão de Aya muito mais complexa e cheia de adrenalina... e dores!
No geral, penso que gostei mais deste livro, visto que serviu bem como conclusão e teve um final bastante humorístico e com um "ponto final", deixando-nos assim com um final definitivo e não com a promessa de mais.
Apesar de ser diferente e de contribuir com algo para a história, não percebi o porquê do escritor seleccionar toda uma comunidade de personagens japonesas. Penso que esta alteração não foi assim tão significativa, visto que no "tempo" de Tally a tecnologia era tão avançada como nesta geração.
Gostei dos novos conceitos da sociedade de Aya, tal como das descrições, apesar destas muitas vezes serem um pouco confusas e por isso ser difícil imaginar todos os cenários e até acções.
O salvar o mundo e a natureza continuam presentes, o que é das poucas coisas que não evoluiu ao longo dos quatro livros.

Após a era dos Perfeitos, abre-se caminho a um novo mundo, embora não seja necessariamente um mundo melhor. Alguns anos depois de Tally Youngblood ter derrubado o regime, o mundo encontra-se num absoluto renascimento cultural, sem hierarquias nem regras definidas… em que a popularidade dita as regras. Ser famoso implica ter a casa mais sofisticada, a roupa mais luxuosa e inclusive os melhores amigos. Pelo contrário, ser um completo desconhecido faz de ti um alguém invisível, uma pessoa irrelevante, torna-te num excecional.
Aya Fuse não é famosa. Mas aos quinze anos tem a certeza de uma coisa: nada a vai fazer resignar-se ao anonimato, e está disposta a tudo para concretizar os seus sonhos. A sua única hipótese de sair da mediocridade é tornar pública uma história incrível… e perigosa.

493456



Título Original - Extras
Edição - Outubro 2011
ISBN - 9789896680152




0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Ponto da Situação,

Ponto da Situação: "Rendida" de Sylvia Day


Tem descrições pormenorizadas de Nova Iorque e a vida nela.
Tem descrições de homens lindos de morrer.
Tem diálogos adultos.
Parece-me que a personagem principal tem um QI mais ou menos, apesar de ter as hormonas um bocado a mais aos saltos... por isso, até agora parece-me bem.
Só estraga é a escolha de palavras como "tesão", mas tenho que dar o desconto visto que é um romance erótico.

Página em que vou: 40

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Bertrand,

Opinião Histórica: "A Rainha das Duas Sicílias" de Nancy Goldstone


Joana I, rainha de Nápoles, teve uma vida perfeita para um romance histórico. Desde o drama, às traições, aos segredos, às pressões, aos amores, etc. Em modo de exemplos conto que ela teve quatro maridos, muitos abortos, muitas quezílias. Por isso, posso concluir que Nancy Goldstone soube escolher bem a personagem principal, mas.... não aproveitou nada!
Esta obra é semelhante a um trabalho de história sobre a rainha, mas não tem nada a ver com um romance histórico. Aliás, ainda mal me tinha reposto do "documentário" Princesas Incas deparo-me com outro.
O pior de tudo penso que foi a ausência dos diálogos e de descrições. estas últimas, se contarmos, são apresentadas em formas de citações de escritores da época, mas que na minha opinião falham redondamente.
Os diálogos, então, são mesmo inexistentes.
Isto torna tudo muito longo e pesado, em que a história é contada de forma linear e sem qualquer cor ou interesse. A escritora relata e insiste nas datas, o que poderia nos ajudar a seguir o curso da história, mas como ela mistura-as entre elas e com o resto da acção acabamos por ficar baralhados e ter que voltar atrás para perceber onde estamos. A certo ponto acabei por só ler o dia e o mês.
Este ponto é muito negativo, porque tudo é contado na terceira pessoa e há muita alteração e troca de personagens e locais.
Se estão a espera de encontrar algo do género de Philippa Gregory estão muito enganados.
Se estão à procura de fontes para um trabalho escolar sobre o século XV-XVI então este é um livro bom para a bibliografia.
Frases Preferidas:
"Quando existe a menor familiaridade de qualquer espécie com um homem, a desgraça facilmente macula a mais honrada das mulheres." página 134
""Se eu fosse vós, Giotto", comentou num dia de Verão, "parava de pintar, agora que está tanto calor." "E eu também, Senhor", replicou o pintor, "se fosse vós."" página 263
"(...) Dante perguntara uma vez ao pintor, à laia de brincadeira, como "é que os vossos filhos eram tão feios quando as vossas pinturas eram belas". Sem perder tempo a pensar, Giotto respondeu que "pintava à luz do dia, mas procriava na escuridão"". página 263

Em 1348, aos vinte e dois anos, Joana I, rainha de Nápoles, foi apresentada em julgamento ao Papa, acusada do homicídio do primo e marido, o príncipe húngaro André. Defendeu-se em latim e foi absolvida transformando-se então na única mulher monarca do seu tempo a governar em nome próprio. Presidiu durante mais de trinta anos a uma das cortes europeias mais prestigiadas e influentes, até ser ela própria assassinada. Pela primeira vez, Nancy Goldstone conta a história de uma das mais corajosas e influentes mulheres da história, pintando um retrato cativante da realeza medieval em toda a sua esplêndida complexidade. Joana I foi uma rainha medieval obrigada a lidar com intrigas políticas no seio da própria família e do estado em tenra idade. Apesar da sua atenção para com os pormenores históricos, esta biografia lê-se compulsivamente.


6408184




Título Original - The Lady Queen
Edição - Setembro 2011
ISBN -
9789722523431




0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Doce Do Momento,

Doce do Momento: "Rendida" de Sylvia Day

 16090161

Gideon Cross apareceu na minha vida como uma luz na escuridão.
Um homem lindo, fascinante, um pouco louco e muito sedutor.
A atracção que sentia por ele era diferente de tudo o que tinha experimentado na minha vida até então. Eu desejava-o como a uma droga que me enfraquecia dia após dia.
Gideon encontrou-me fragilizada e carente e entrou facilmente na minha vida.
Descobri que também ele tinha os seus próprios demónios. Tornámo-nos o espelho um do outro; éramos o reflexo das nossas mais profundas cicatrizes e... desejos.
Este amor transformou-me, mesmo que ainda hoje continue a rezar para que os pesadelos do passado não voltem para nos atormentar.

Página em que vou: 29

0 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Nora Roberts/J.D. Robb,

Origens: "Um Dia Perfeito" de Nora Roberts


Nem a nossa Norinha escapa e aqui fica a imagem original de "Um dia Perfeito". Gostamos mais do resultado final, as cores ficam mais vivas!



Posts relacionados:

1 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!

Barbara Bretton,

Opinião Sobrenatural: "Sonhos Encantados" de Barbara Bretton


À semelhança dos outros dois volumes este não me conquistou. Mesmo nada.
Ainda não percebi muito bem o que é que a escrita de Barbara Bretton tem que não me agarra nem me incita a continuar a ler ou até a entrar na história. Falta de elementos não é, porque temos magia, que adoro, romance, que adoro ainda mais, aventura, mistério, mundos fantásticos... mas não! Tudo isto está misturado de uma forma que me parece cheia de lacunas.
Toda a leitura foi forçada e monótona, tanto que a certa altura comecei a ler sem absorver nada, não me dando sequer ao trabalho de voltar atrás para reler.
Há personagens novas, há segredos por desvendar, uma vila para recuperar, mas não houve aquele "clique" fantástico que nos faz devorar o livro para saber o que vai acontecer. Pelo contrário...
A capa está linda, muito melhor que as anteriores.
Resumindo e concluindo: não sei se irei ler mais nada desta escritora, primeiro porque não me encantei com a sua história e segundo porque quase metade do livro são "receitas" de crochet. Definitivamente não é o meu tipo!

O que faria se as pessoas que ama, os sítios que conhece, desaparecessem de repente?

Não sei o que acontece convosco, mas eu ando sempre a perder coisas – as chaves, os óculos de sol e os marcadores da camisola que estou a fazer. Mas uma vila inteira? Nunca me aconteceu tal coisa! Precisamente quando estava prestes a construir um lar com a minha alma gémea cem por cento humana, Luke MacKenzie, a fada Isadora, minha inimiga, atacou...Até o Livro dos Feitiços, a minha ligação vital com o mundo da magia, desapareceu em combate, a par dos meus amigos, da minha casa e da minha loja de artigos de tricô. Mas depois a minha amiga Janice aparece com a gata Penny e a minha lã atrás. De repente, percebo que, se quiser salvar a minha casa, teremos de voltar a Salem, onde segredos de família e ódios seculares me empurrarão para o combate da minha vida... Em Sonhos Encantados, Barbara Bretton continua a saga iniciada em Feitiços de Amor e A Magia do Amor.


7923183



Título Original - Spun by Sorcery
Edição - 2011
ISBN - 
9789898228697





2 comentários:

Dar feedback a um post sabe melhor que morangos com natas e topping de chocolate!